quarta-feira, 28 de julho de 2010

FOREVER YOUNG




Estamos no aproximando do início do mês de agosto. Entre tantas datas especiais que nos trazem

uma séria reflexão neste mês, há uma que gostaria de fazer alusão. Na década de 60 aconteceu um festival denominado Woodstock (que na verdade ocorreu em Bethel) e reuniu jovens de todos os cantos do mundo (realizado entre os dias 15 e 18 de agosto de 1969).

Tais jovens desejavam inaugurar um novo tempo, uma nova era. Sexo, drogas e rock in roll - o pano de fundo e tema de toda esta aventura. Na verdade, o que desejavam era eternizar um dos momentos mais belos da existência humana: a juventude. Bob Dylan até compôs uma canção que ensejava esta realidade: Forever Young.

O desejo de prevalecer sobre o tempo é antigo. O tempo passa, mas lutamos contra isso. O tempo é o único recurso que uma vez desperdiçado, não há como recuperá-lo. Ele não retrocede, é implacável e não volta mais... e a juventude não se eternizou. Forever Young passou!

O sábio Salomão, autor de Eclesiastes aborda algumas questões deste tema:

Primeiramente ele afirma que: “Tudo fez Deus formoso no seu devido tempo”! Há tempo para tudo! Há tempo para ser jovem, mas há tempo de crescer, amadurecer e deixar para trás as coisas próprias de menino. Coisas fora de seu tempo nos trazem a sensação de ridículo. Um idoso desejoso de ser jovem para sempre, vestir-se como tal, ter os “papos da tchurma”, carros incrementados, tatuagens e pircens no corpo, etc. Ou mesmo um jovem envelhecido, caquético antes do seu tempo. Deus fez as coisas formosas no seu devido tempo! Aprender a entender o seu tempo de vida e sorvê-lo da melhor maneira possível é privilégio que muita gente não tem.

Uma segunda realidade apresentada por Salomão diz respeito a boa utilização desta vitalidade caracterizada pelo tempo de juventude: “Lembra-te do teu Criador nos dias da tua mocidade, antes que venham os maus dias.” Mudar uma mentalidade vigente em um sistema, sempre foi papel da juventude, que impulsiona a humanidade para novas e outras novas conquistas. Mas Salomão diz que deste tempo Deus te pedirá contas. Mas não só Deus pedirá contas, o seu corpo também, e as coisas que você investiu seu mais sublime tempo de vida.

Este é um tempo especial, não o jogue fora. Aproveite-o intensa e dignamente. A ilusão de Forever Young é bela apenas na canção de Bob Dylan, mas trágica na vida das famílias com dependentes de drogas, filhos perdidos ao sexo libertino, sem sonhos e jogadas ao léu. Para estas famílias a vida pregada por Forever Young tornou-se Forever Hell’s!


Pr Carlos Orlandi
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

NOSSA PAGINA

VOCÊ ESPECIAL

GOOGLE +