quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Lição 5 – Não Tomarás o Nome do Senhor Deus em Vão

As informações sobre cada um dos dez mandamentos do Decálogo são fornecidas ao longo do Pentateuco e em muitos casos em toda a Bíblia, e aqui não é diferente. O texto não expressa de maneira explícita, mas deixa claro que diz respeito a tudo o que se refere ao nome de Deus. Há expositor que exagera ao dizer que não é possível saber o que este mandamento quer dizer com as palavras: "Não tomarás o nome do SENHOR, teu Deus, em vão; porque o SENHOR não terá por inocente o que tomar o seu nome em vão" (Êx 20.7; Dt 5.11). O contexto bíblico esclarece o que Deus está nos ensinando e mostra a abrangência do referido mandamento. Fala sobre o uso de modo trivial do nome divino, proibindo o perjúrio e toda a forma de profanação e blasfêmia do nome de Javé.

Lição 4 – Não farás imagens de Esculturas

No preâmbulo do primeiro mandamento Deus se identifica. O segundo mandamento é muito próximo do primeiro, ambos são de ordem espiritual e afirmam a existência de um Deus vivo, o único que deve ser adorado. Aqui Javé proíbe a adoração aos ídolos e o culto a qualquer imagem de escultura ou de pintura como objeto de adoração. É nesta forma de idolatria que o presente capítulo pretende focar.

Mel na caveira de um leão morto

Sansão foi levantado por Deus num tempo de opressão. Seu nascimento foi um milagre. Foi consagrado a Deus como nazireu desde o ventre. Tornou-se um portento. Sua força era colossal. Era um jovem prodígio, um verdadeiro gigante, homem imbatível. Seu único problema é que não conseguia dominar seus impulsos. Um dia viu uma jovem filisteia e disse a seu pai: “Vi uma mulher em Timna, das filhas dos filisteus; tomai-ma, pois por esposa […] porque só desta me agrado” (Jz 14.2,3). Seu pai tentou demovê-lo, mas Sansão não o ouviu.

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Cuidado com o flerte

O olhar lascivo é resultado de um coração impuro, de um desejo proibido, de uma paixão carnal. Cuidado com o olhar impuro, cuidado com o flerte! A palavra de Deus adverte-nos solenemente a esse respeito, quando diz: “O que acena com os olhos traz desgosto, e o insensato de lábios vem a arruinar-se” (Pv 10.10).

O que dirige a sua vida?

Rick Warren, autor do best-seller “Vida com propósito”, com mais de 20 milhões de exemplares vendidos, afirma que existem centenas de circunstâncias, valores e emoções que podem dirigir o ser humano, e as mais comuns são:

BLOGS QUE LEIO