sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

O Fim da memória

Este é o título do subversivo livro de Miroslav Volf, celebrado professor em Yale, sobre sua trajetória pessoal e os embates que ele duramente teve que experimentar.

sábado, 11 de fevereiro de 2017

Aquietar e inquietar

A vida exige de nós uma justaposição entre aquietar e inquietar...

Muitas vezes precisamos aquietar o coração, que se torna agitado demais, triste demais, angustiado demais. O medo e a ansiedade podem nos consumir muito mais rápido do que imaginamos. Muitos estão preocupados com a saúde física e o corpo, e certamente precisamos da alimentação adequada e cuidados físicos, contudo o nível de stress e adrenalina podem ser mais danosos que um sanduíche suculento ou vida sedentária que aos poucos e silenciosamente vão nos destruindo de dentro para fora. 

Sobre o amor

Há muita confusão acerca do amor...

Um velho professor italiano afirmava com seu forte sotaque na escolástica aula de Teologia Sistemática: “antigamente se morria de amor, hoje se mata de amor”. Dependendo do tipo de amor, podemos classificá-lo como neurótico, esquizofrenizante, manipulativo, controlador, dominante, submisso, patológico e as variações sobre estes tons podem ser de rosa choque à cinza chumbo.

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Meditação

O homem moderno ocidental perdeu a arte da meditação, esta capacidade de refletir densamente sobre a vida, sobre Deus, sobre uma frase, pensamento, conceito, deixando que a mente aprofunde, os músculos relaxem e o coração descanse.

Pensamentos... quando não estou pensando.

Rubem Alves, filósofo e professor na Unicamp, escreveu um livro com o titulo para lá de exótico: “Pensamentos que Penso Quando Não Estou Pensando”, com suas tiradas geniais, o autor comentou em entrevista sobre o título do livro: “Parece um título doido’'. Sem dúvida, pelo menos instigante é.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

VOCÊ ESPECIAL

GOOGLE +