Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2010

OS DOIS MOMENTOS PERIGOSOS NA VIDA...

Há dois momentos na vida que são perigosos, principalmente quando não há profundidade de caráter e nem vida espiritual consistente. O primeiro é quando se está no topo da montanha do sucesso; quando tudo o que se faz dá certo, quando as coisas acontecem melhor do que planejamos; quando tudo é motivo para celebração ou quando se alcançou uma posição de relevância e respeitabilidade. Você já ouviu dizer que o "sucesso é um terreno minado?" Vamos usar, como ilustração, a "pirâmide do sucesso". Enquanto você está na parte baixa da pirâmide, o espaço para os seus movimentos é grande. Poucos o conhecem, ninguém presta muita atenção em você e suas ações não representam perigo ou ameaça... Esse é um tempo relativamente tranqüilo. Enquanto o profeta Daniel era apenas mais um escravo na Babilônia, ninguém prestava atenção nele. Porém, na medida em que ele foi "subindo de posto", sendo reconhecido como alguém que estava fazendo toda a diferença no reino de Nabucodono…

O PROPOSITO DE DEUS PARA A FAMILIA

Vida Cristã

"Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam; Se o Senhor não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela" (Salmo 127:1).
Deus nos criou e designou o casamento e a família como a mais fundamental das relações humanas. Em nosso mundo de hoje em dia, vemos famílias atormentadas pelo conflito e arrasadas pela negligência e o abuso. O divórcio tornou-se uma palavra comum, significando miséria e dureza para os múltiplos milhões de suas vítimas. Muitos homens jamais aprenderam a ser esposos e pais devotados. Muitas mulheres estão fugindo de seus papéis dados por Deus. Pais que não têm nenhuma idéia de como preparar seus filhos estão assim perturbados pelo conflito com seus rebentos rebeldes. Outros simplesmente abandonam seu dever, deixando filhos sem qualquer preparação ou provisão.
Para muitas pessoas, hoje em dia, a frase familiar e confortadora "Lar, Doce Lar" não é mais do que uma ilusão vazia. Não há nada doce ou seguro num lar o…

É Loucura...

É Loucura...
Odiar todas as rosas porque uma te espetou...
Entregar todos os seus sonhos porque um deles não se realizou...
Perder a fé em todas as orações porque numa não foste atendido...
Desistir de todos os esforços porque um deles fracassou...

É Loucura condenar todas as amizades porque uma te traiu...
Descrer de todo o amor porque um deles te foi infiel...

É loucura...
Jogar fora todas as chances de ser feliz porque uma tentativa não deu certo...

Há sempre uma outra chance...
Uma outra amizade...
Um outro amor...

É só ser perseverante e procurar ser mais feliz a cada dia.

A CRISE DE VALORES

Diante da realidade de crise em que se vive neste mundo de hoje, é importante que alguns valores sejam redefinidos e firmados. Isto se aplica a nós como pessoas, casais, famílias e em nossa vida comunitária. Proponho três características que devem estar presentes em nós e pelas quais devemos nos empenhar
PRIORIDADES
"Não deixe o que é urgente tomar em sua vida o lugar do que é importante"
Esta frase de Charles Hummel em seu livro "A Tirania do Urgente" pode ser um bom critério para avaliarmos aquilo que estamos fazendo. O Apóstolo Paulo ilustra esta questão de prioridades da seguinte maneira, em I Coríntios 9:26
"Assim corro também eu, não sem meta; assim luto, não como desferindo golpes no ar."
Afim de não ficar "desferindo golpes no ar" podemos colocar quatro prioridades gerais em nossas vidas e lutar por alcança-las:
A. Querer agradar a Deus
Mais importante do que ler a Bíblia e conhecê-la é ter o desejo sincero de agradar a Deus em tudo que fazemos…

O TIÇÃO TIRADO DA FOGUEIRA

"... e vós fostes como um tição arrebatado da fogueira; contudo, não vos convertestes a mim, diz o Senhor" (Amós 4:11). Nestes dias de balanço de minha vida, andei me lembrando do meu sermão de prova para licenciatura, pregado perante o antigo Presbitério de Leste, numa de suas reuniões na Terceira Igreja Presbiteriana Independente de São Paulo. Foi em janeiro de 1965, quando eu estava prestes a completar meus quarenta e três anos. Canhestramente, preguei sobre a experiência de Isaías no templo, quando foi comissionado para profetizar (Is 6:1-8). Aquele "envia-me a mim" não foi por mim cumprido, a não ser por doze anos do meu ministério. Desviei-me para o ensino e a ele me dediquei até hoje. Contudo, é Deus quem julga.
Hoje, lembranças do passado juntam-se comparativamente aos acontecimentos do presente, em que uma espécie de terror cósmico funciona como pano de fundo de fatos políticos e sociais ameaçadores para o futuro do planeta. Falamos em paz e temos guerra, f…

O QUE FAZER QUANDO NÃO SE SABE O QUE FAZER

Imagem
p O rei Josafá está encurralado por adversários medonhos e insolentes. Uma grande multidão, fortemente armada estava pronta para atacar Jerusalém. Não dava tempo para reagir nem Josafá tinha recursos para resistir àquele aparato militar que pretendia varrer Jerusalém do mapa. Ao saber da tragédia, humanamente irremediável, Josafá teve medo e pôs-se a buscar o Senhor, convocando a nação para orar e jejuar. Em sua oração, o rei disse: "Ah! Nosso Deus, acaso, não executarás tu o teu julgamento contra eles? Porque em nós não há força para resistirmos a essa grande multidão que vem contra nós, e não sabemos nós o que fazer; porém os nossos olhos estão postos em ti" (2Cr 20.12). Diante da situação tão desesperadora, Josafá admite sua incapacidade; reconhece que não sabe o que fazer, mas põe os seus olhos em Deus. Desse episódio podemos tirar quatro lições:


1. Quando você não souber o que fazer, busque a Deus em oração e jejum (2Cr20.3) - Há momentos em que os problemas vêm sobre nós…