quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Terceira Via na CGADB!

Prezados,

Paz do Senhor!

Já estão postas duas candidaturas ao comando das Assembléias de Deus no Brasil. Sabemos quem são. Embora o processo de eleição, propriamente dito, não tenha sido deflagrado, as gestões bilaterais são evidentes. Há os que ficam alijados do processo, apenas para que no desfecho final votem em uma das candidaturas. Seu número é imenso, sua força, ignorada. Dizemos que existem milhares de ministros aptos a votar, como podem sobrar somente dois candidatos? Isso se não levarmos em conta os alegados 25 milhões de assembleianos. Por outro lado, ventos de mudança sopram fortemente, devemos aproveitá-los para fazer navegar nossas naus, do contrário, perdemos a oportunidade e vamos ficar na calmaria por mais alguns anos. Nós podemos fazer diferente!-
Objetivos

Romper a polarização entre duas candidaturas. Entendemos que a liderança evangélica assembleiana no Brasil é muito rica e diversificada em pessoas e propostas, para se resumir a duas únicas vertentes. Não obstante reconheçamos avanços nas propostas apresentadas por ambos, entendemos que, passadas as eleições, tudo se resume a mais do mesmo. A Terceira Via propõe mudança verdadeira, com oração e ação! Claro que tais mudanças ensejam tempo, não há utopias a serem defendidas. Entretanto, é preciso ao menos propor uma nova linha de atuação, quebrando paradigmas nocivos arraigados em nossa liderança, que são perpetuados como se mudar não fosse possível. Ou repetimos o mesmo ciclo da política partidária tradicional, ou iniciamos agora algo para nos orgulharmos nos próximos anos;
Criar um ambiente propício à atração de propostas e ações de maneira ética e compromissada institucionalmente. Não há rosto definido até o momento, apesar das iniciativas aqui e acolá. Oportunamente, teremos pessoas a serem escolhidas para os cargos inerentes à estrutura da CGADB. Por enquanto, o foco do movimento é a instituição assembleiana, que precisa ser fortalecida contra interesses pessoais de qualquer origem. Assumimos o compromisso de colocar a CGADB acima de qualquer nome! 

Focar os desafios de um novo tempo, desenhado nas últimas décadas. Perdemos representatividade nos últimos anos, apesar de nosso peso numérico. É uma constatação corriqueira. O único flanco que poderia nos orgulhar no momento é a representatividade política partidária, em termos de quantidade ao menos. Dados os sucessivos escândalos envolvendo alguns parlamentares e eleitos evangélicos, o clamor contra a corrupção nas ruas e que muitos destes políticos eleitos são oriundos de verdadeiros currais eleitorais, tal orgulho facilmente se transmuta em vergonha. Por outro lado, sucessivos escândalos internos na CGADB nos nivelam com as instituições mundanas. Queremos resgatar o papel de sal e luz em meios aos desafios que nos cercam!

Promover o debate sobre a conveniência e a viabilidade de uma Terceira Via. Hoje já sabemos quem serão os dois únicos candidatos na próxima eleição!? É inadmissível que tenhamos de nos contentar à apenas duas opções num País de dimensões continentais como o nosso. Temos, além disso, inúmeras manifestações dentro da AD que ficam mimetizadas nos embates Sul-Sudeste, precisamos de representatividade verdadeira. Hoje embotada pela falta de divisão de poder.
-
Iniciativas

Criação de um espaço virtual. Que vai funcionar como o catalisador de ações para dar vez e voz aos que acreditam em nossa proposta, mas também ouvir o contraditório. Não somos déspotas, somos pessoas cientes do valor democrático de nossas opções. Outrossim, não são bem vindas críticas infundadas, denúncias vazias, ilações contra quaisquer pessoas. O que queremos está exposto de modo claro. Igrejas menores que a nossa fazem eleições éticas há 100 anos!
Em dezembro, lançaremos uma rodada de jejum e oração, aonde os leitores poderão assumir o compromisso de participar escolhendo um dia. Você escolhe um dia, preenche um formulário e nós o lembraremos. Poste sua experiência, interaja com outros que neste mesmo dia estarão orando. Creia que a sua oração será ouvida e as mudanças ocorrerão;
Haverá um mural de propostas. As exequíveis, mais amplas e mais votadas, nesta ordem, serão endossadas no programa da futura Terceira Via. Queremos fazer com você. Seja conciso, inteligente e direto. Exponha-nos por que sua proposta é boa e por que as pessoas devem apóia-la. Você, teólogo, pensador, pesquisador assembleiano, pare um pouco de divagar e teorizar, venha expor de modo prático mudanças que são necessárias. Vamos fazer juntos um planejamento de longo prazo, institucional, exequível e realista;

Espaço ministerial feminino. Frequentemente, as mulheres apenas acompanham as iniciativas. A elas é reservado o trabalho duro nas congregações, auxiliando ministros e obreiros em geral. Entretanto, o que é decidido na CGADB reflete diretamente no dia-a-dia de nossas irmãs. Queremos saber o que elas desejam. Não se abstenha, minha prezada irmã, de nos expor suas aspirações no modo específico das mulheres. Vamos registrá-las e nos comprometemos a colocá-las em prática, para o bem da Obra do Senhor;

Espaço jovem. Precisamos ouvir os jovens. Os futuros líderes precisam participar agora com sugestões criativas. Moça ou rapaz, nos envie sugestões de como a Convenção Geral pode mudar para melhor, através da Terceira Via. Tuite nossas propostas e divulgue nossa página.
-
Convite

Falamos sempre em mudança, inovação, melhoria e coisas afins. Porém, todas elas necessitam de um passo prático. Agora é o momento decisivo para fazermos escolhas, agindo para que a vontade de Deus se cumpra. Façamos a nossa parte. Junte-se a nós! Se você tem um blog crie um post remetendo para este, se não tem envie para sua lista de e-mails! Todos podemos fazer alguma coisa!

Amém!?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

NOSSA PAGINA

VOCÊ ESPECIAL

GOOGLE +