sábado, 27 de outubro de 2012

Presidente do SC (Supremo Concílio) reitera posição oficial da IPB sobre núcleo familiar bíblico

Patrocínio/MG, 11 de outubro de 2012.

À Igreja Presbiteriana do Brasil

Assunto: Comunicado (FAZ)

Amados irmãos,

Nesses dias irromperam em nosso meio comentários a respeito da participação e da fala do Rev. Marcos Amaral, Presidente do Sínodo da Guanabara, Rio de Janeiro, no programa de televisão da Rede Globo “Amor & Sexo”.

Comunico à Igreja Presbiteriana do Brasil, e ao público em geral, como Presidente do Supremo Concílio da IPB, que a fala do referido irmão não é a posição oficial da Igreja Presbiteriana do Brasil. Esta, por documentos oficiais, tem deixado bem claro que não aprova e nem aceita, por ser pecado, qualquer prática contrária à formação da família que não esteja em conformidade com a Palavra de Deus. A fala do referido pastor é pessoal, e cabe ao seu Presbitério tratar da questão em conformidade com a Constituição da Igreja Presbiteriana do Brasil.

Na busca da paz da Igreja, comunico que o Presidente do Supremo Concílio responde pela IPB civilmente conforme seus Estatutos. Informo também que a Igreja Presbiteriana do Brasil, através de seu Supremo Concílio, tem tomado posições coerentes e firmes, fundamentadas na Bíblia Sagrada, nesta e em outras matérias.

Do servo,

Rev. Roberto Brasileiro Silva
Presidente do Supremo Concílio
Igreja Presbiteriana do Brasil

http://www.ipb.org.br
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

VOCÊ ESPECIAL

GOOGLE +