quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Do Temor à Fé

Rev. Jocarli A. G. Junior

“Sua filha morreu. Não incomodes mais o Mestre”. Eu não posso imaginar palavras mais aterradoras do que essas! Confesso que o meu maior medo é perder um dos meus filhos. A maioria dos pais provavelmente compartilham desse medo comigo.  [Lucas 8.49-56]

Que pai não se assentou às 3 horas da manhã com uma criança doente, orando para que a febre cessasse? Que pai não ficou desesperado e ansioso ao levar a criança ao pronto socorro doente ou gravemente ferida?

Devido a este forte amor parental, todos os pais podem facilmente se identificar com Jairo. Lucas nos diz que ele tinha uma única filha de 12 anos de idade. Naquela cultura, uma menina de 12 anos era como um botão de rosa prestes a se desabrochar e se transformar em uma bela flor. Mas, o que estava acontecendo era exatamente o contrário, ela estava morrendo.

Jairo, então, busca a Jesus com um profundo senso de urgência. O sofrimento muitas vezes pavimenta o nosso caminho a Deus. Tais situações nunca são divertidas, mas a história de Jairo nos ensina algumas valiosas lições para a vida cristã.

Situações de medo nos ajudam a esclarecer nossas prioridades. 
Como chefe da sinagoga, Jairo era responsável pela manutenção, organização e adoração da sinagoga. Era uma posição de status, prestígio e dinheiro. Certamente, Jairo tinha uma agenda cheia de compromissos. Mas todo o seu sucesso na comunidade de repente empalideceu, quando foi confrontado com a perda de sua única filha.

O sucesso e o status não protegem ninguém da tragédia da morte. O dinheiro pode proporcionar o melhor tratamento médico disponível, mas não pode comprar a vida.

Situações de medo nos despojam de todo o orgulho. 
Diante de sua dramática realidade, Jairo despojou-se de seu status, e prostrou-se aos pés de Jesus, totalmente indefeso. Não era um lugar digno para um líder da sinagoga. Porém, ele sabia que precisava de Jesus. Ele reconheceu que estava diante de alguém maior e mais importante do que ele.

A necessidade não é somente a mãe da invenção, é também a mãe da fé. Nós não confiamos em Deus como deveríamos até que sejamos forçados a confiar Nele. Todavia, o nosso medo pode ser uma grande oportunidade de Deus para que o nome do Senhor seja glorificado em nossa vida.

Se você está enfrentando uma situação amedrontadora hoje, um casamento difícil, um filho rebelde, um problema de saúde, talvez a perda do emprego ou um revés financeiro. Seja qual for a sua situação, pode ser de grande benefício esclarecer suas prioridades, se despojar de todo orgulho e confiar em Jesus para que um milagre em sua vida seja realizado, e assim, o nome do Senhor seja glorificado em sua família.

Não temas, crê somente!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

VOCÊ ESPECIAL

GOOGLE +