Massacre em Suzano: até onde jogos violentos podem influenciar a mente humana?

Semelhança entre assassino de Suzano  (direita) e personagem do jogo Free Fire  (esquerda) é notável. (Foto: Guiame) Autoridades ...

domingo, 20 de janeiro de 2013

SALMO 5 - C. H. Spurgeon

TÍTULO
Ao mestre da música. Para flautas. Salmo davídico. A palavra hebraica para o instrumento é Nehiloth; que se origina de outra palavra que significa "perfurar", "abrir um furo", de onde se veio a entender uma flauta, portanto, é provável que se pretendesse que essa música fosse cantada com o acompanhamento de instrumentos de sopro, como o cornetim, trompa, flauta ou trompete.
No entanto, é apropriado observar que não estamos certos da interpretação desses títulos antigos, porque a Septuaginta o traduz: "Para aquele que obterá uma herança", e Aben Ezra acha que denota alguma melodia antiga e bem conhecida com a qual este salmo deveria ser cantado. Mesmo os maiores estudiosos confessam a dificuldade que existe para se interpretar precisamente o título; mas isso não deve nos preocupar, pois é uma prova de como o Livro é antigo. Através do primeiro, segundo, terceiro e quarto salmos, pode-se notar que o tema é um contraste entre a posição, a personalidade e o futuro dos justos e ímpios. Neste salmo, você nota a mesma coisa. O salmista expõe um contraste entre ele próprio, tornado justo pela graça de Deus, e o ímpio que se opõe a ele. Para a mente piedosa, aqui temos uma visão prévia do Senhor Jesus, de quem se diz que nos dias de sua carne ele fez subir orações e súplicas com forte clamor e lágrimas.

DIVISÃO
O salmo deve ser dividido em duas partes: do primeiro ao sétimo versículo, e depois do oitavo ao décimo segundo. Na primeira parte, Davi implora veemen-temente ao Senhor para que ouça sua oração; na segunda parte, ele passa de novo pelo mesmo caminho.

DICAS PARA O PREGADOR
VERS. 1, 2. Oração em sua forma tripla. "Palavras, meditação, clamor". Mostra como falar não adianta sem coração, mas que anseios fervorosos e desejos silenciosos são aceitos, mesmo quando não expressos.

VERS. 3. A excelência da hora devocional matutina.
VERS. 3. (duas últimas cláusulas).
1. Oração dirigida.
2. Respostas esperadas.

VERS. 4. O ódio de Deus pelo pecado é um exemplo para seu povo.

VERS. 5. "Os arrogantes." Mostre porque os pecadores são com justiça chamados de tolos ou arrogantes.

VERS. 7. "Pelo teu grande amor." Reflita bastante a respeito dos variados aspectos da graça e bondade de Deus.
VERS. 7. A decisão piedosa.
VERS. 7. 
1. Observe a singularidade da decisão.
2. Note bem o objetivo da decisão. Diz respeito ao serviço de Deus no santuário. "Entrarei em tua casa ... com temor me inclinarei para o teu santo templo."
3. A maneira em que ele cumpriria a sua decisão.
(a) Impressionado com um sentimento da bondade divina: "Entrarei em tua casa pelo teu grande amor", 
(b) Cheio de veneração santa: "com temor me inclinarei" (William Jay, 1842).

VERS. 8. A direção de Deus é sempre necessária, especialmente, quando os inimigos estão nos vigiando.

VERS. 10. Visto como ameaça. A frase "Expulsa-os por causa de seus muitos crimes" serve de base para um discurso muito solene.

VERS. 11. 
1. O caráter dos justos: fé e amor.
2. Os privilégios dos justos.
(a) Alegria - grande, pura, satisfatória, triunfante, cantem sempre de alegria (exultem).
(b) Proteção - por poder, providência, anjos, graça.
VERS. 11. Alegria no Senhor tanto um dever como um privilégio.

VERS. 12. (primeira cláusula). A bênção divina sobre os justos. É antiga, eficaz, constante, irreversível, supera a tudo, eterna, infinita.
VERS. 12. (segunda cláusula). A consciência do favor divino é uma defesa para a alma.

FONTE:

Esboços Bíblicos De Salmos

OBS: Este volume de Salmos foi extraído de seis volumes de originais com cerca de 2.500 páginas, abrangendo os salmos.

Recapitula dezenas de idéias para mensagens e estudos sobre os salmos.
Cada salmo é introduzido brevemente, depois Spurgeon apresenta o que ele chama de “dicas para o pregador”, detalhando cada versículo com dicas para mensagens e estudos, tornando-se assim um material extremamente rico e cheio de possibilidades para o seu uso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça comentários produtivos no amor de Cristo com a finalidade de trazer o debate para achar a verdade. Evite palavras de baixo calão, fora do assunto ou meras propagandas de outros blogs ou sites.

Marcadores

REFLEXÕES NOTÍCIAS LIÇÕES BÍBLICAS VIDEOS ESCOLA DOMINICAL DEVOCIONAIS COMENTÁRIOS ESTUDOS SAMUEL VIEIRA VIDA CRISTÃ EVENTOS SERMÕES PASTORAIS SILAS MALAFAIA JOSÉ GONÇALVES 2º TRIMESTRE 2012 HERNANDES DIAS LOPES POLITICA ILUSTRAÇÕES ELINALDO RENOVATO FAMÍLIA SILAS DANIEL 4º TRIMESTRE 2012 ALEXANDRE COELHO ELIENAI CABRAL 1º TRIMESTRE 2013 2º TRIMESTRE 2013 3º TRIMESTRE 2014 EPÍSTOLA DE TIAGO EVANGELHOS 3º TRIMESTRE 2013 DILMA ROUSSEFF MENSAGENS APOLOGÉTICA APOSTOLO CASAMENTO EPÍSTOLAS 2º TRIMESTRE 2014 4º TRIMESTRE 2013 FOTOS 3º TRIMESTRE 2012 FILIPENSES PROFETAS 1º TRIMESTRE 2015 2º TRIMESTRE 2016 4º TRIMESTRE 2014 ADULTOS DANIEL DOUTOR OS DEZ MANDAMENTOS DONS ESPIRITUAIS LUCAS MANDAMENTOS ROMANOS 2º TRIMESTRE 2015 CPAD ESEQUIAS SOARES HOMOSSEXUALIDADE 1º TRIMESTRE 2014 3º TRIMESTRE 2015 AGENDA MARIO SALES ÊXODO ELIEZER DE LIRA E SILVA RENATO BROMOCHENKEL ANTÔNIO GILBERTO 4º TRIMESTRE 2015 CRIME JOVENS MARCOS POLICIA REFORMA SÉRIES CLAUDIONOR DE ANDRADE FÁBULAS VIOLÊNCIA AUGUSTUS NICODEMUS LOPES ECLESIASTES GENESIS SALMOS ADULTÉRIO AÉCIO NEVES CIRO SANCHES ZIBORDI MARINA SILVA NATAL 1º TRIMESTRE 2012 FORNICAÇÃO FÉ E OBRAS HERESIAS LUIS INÍCIO LULA DA SILVA MARCO FELICIANO PROVÉRBIOS REINALDO AZEVEDO ANO NOVO BRASIL DINHEIRO INVESTIGAÇÃO MYLES MUNROE NAMORO PRESBÍTERO PROSPERIDADE SANTIFICAÇÃO SERMÃO DO MONTE 4º TRIMESTRE 2011 COPA DO MUNDO ESCATOLOGIA GEREMIAS DO COUTO GLOBO MULHER NELSON NED NOVELAS PETROBRAS PETROLÃO PORNOGRAFIA SEXO DEPUTADOS DIÁCONO EDUCAÇÃO ENTREVISTA FESTA FILHOS LAVA JATO LIBERALISMO LIDERANÇA MAGNO MALTA. MARIA MARTA MARTINHO LUTERO OBREIROS ORAÇÃO PARÁBOLA PRESIDENTE SABEDORIA 1º TRIMESTRE 2016 1º TRIMESTRE 2018 ADORAÇÃO ATIVISMO ATOR C. H. BROWN CORRUPÇÃO CUBA DENZEL WASHINGTON DIVÓRCIO ELIAS FILMES GRATIDÃO ISRAEL JEAN WYLLYS MARCHA PARA JESUS NORBERT LIERTH OPERAÇÃO PREGADORES PROTESTO REYNALDO ODILO SACERDOTES SAMUEL F.M. COSTA SEXUALIDADE TEOLOGIA TRABALHO 3º TRIMESTRE 2016 4º TRIMESTRE 2008 4º TRIMESTRE 2016 4º TRIMESTRE 2018 ABEL AGIOTAGEM ALEGRIA AMIGOS AMIZADE AMY WINEHOUSE ANCIÃO ARROGÂNCIA BABILÔNIA BIBLIOLOGIA BISPO CAIM CALVÁRIO CHARLES HADDON SPURGEON CHARLES R. SWINDOLL CORDEIRO CRIANÇAS CRISTO CRITICAS CÓDIGO DA VINCI DESIGREJADOS ELIEZER RODRIGUES ENVELHECER EUNÁPOLIS EXPOSITIVO F FARSA FEMINISMO FERNANDO HENRIQUE CARDOSO GOMORRA HERRY POTTER HOMILÉTICA HUMILDADE INIMIGOS INIMIZADE JEJUM JOHN ANKERBERG JOHN WELDON JORDÃO JUSTOS LARRY WILSON LEIS LÍNGUA MAR VERMELHO MARCHISMO MARK BROWN MESTRE MOISÉS MUSICA NAMOROj NETO GUERRIERI OSTENTAÇÃO PASCOA PERDÃO PILATOS PREFEITOS PROVAÇÕES RELIGIÃO SALVAÇÃO SEGURANÇA SELEÇÃO BRASILEIRA SENADOR SODOMA TEMOR TEMPERAMENTOS TENTAÇÃO TESTEMUNHO VINDA DE CRISTO WARREN WIERSBE WILLIAM MACDONALD XUXA ÍMPIOS ÓDIO