sábado, 29 de junho de 2013

Lição 06 – A Despensa Vazia - Quando a Despensa Esta Vazia

E Eliseu lhe disse: Que te hei de eu fazer? Declara-me que é o que tens em casa. E ela disse: Tua serva não tem nada em casa, senão uma botija de azeite. (1 Rs 4.2). A falta de haveres no cotidiano é um dos mais graves problemas com o qual o ser humano pode se deparar. Qual pai ou mãe não se sente constrangido com a impossibilidade de dar um alimento para seus filhos, ou mesmo quando se depara com uma situação em que seus esforços parecem não resultar o suprimento necessário das coisas básicas da família? Essas são situações de um mundo real, e que podem ocorrer com qualquer pessoa.

Um Engano Chamado "Teologia Inclusiva" ou "Teologia Gay"

O padrão de Deus para o exercício da sexualidade humana é o relacionamento entre um homem e uma mulher no ambiente do casamento. Nesta área, a Bíblia só deixa duas opções para os cristãos: casamento heterossexual e monogâmico ou uma vida celibatária. À luz das Escrituras, relações sexuais entre pessoas do mesmo sexo são vistas não como opção ou alternativa, mas sim como abominação, pecado e erro, sendo tratada como prática contrária à natureza.

Lição 14 - Os Perigos do Consumismo (Especial)

“Por que gastais o dinheiro naquilo que não é pão? E o produto do vosso trabalho naquilo que não pode satisfazer? Ouvi-me atentamente e comei o que é bom, e a vossa alma se deleite com a gordura ” (Is 55.2). O consumismo tem levado muitos gastar o que não têm e adquirir bens de que não precisam. Um dos problemas mais sérios, que afetam de modo negativo as relações na família é o consumismo.

Lição 13 - Eu e Minha Casa Serviremos ao Senhor

“Porém, se vos parece mal aos vossos olhos servir ao Senhor, escolhei hoje a quem sirva is: se os deuses a quem serviram vossos pais, que estavam dalém do rio, ou os deuses dos amorreus, em cuja terra habitais; porém eu e a minha casa serviremos ao Senhor ’ (Js 24.15). Levar a família a servir ao Senhor, nos dias presentes, é um desafio que só se vence com a graça e o poder de Deus. Hoje, nestes tempos trabalhosos, a que se referiu o apóstolo Paulo, não é fácil ter uma família inteira servindo a Deus.

sexta-feira, 28 de junho de 2013

Lição 05 – As Aflições da Viuvez - O Estado de Viuvez

Um dos temas sociais mais abordados na Bíblia é o cuidado que se deve ter com os órfãos e as viúvas. A razão para isso é que, nos tempos bíblicos, quando uma mulher se tornava viúva, sua condição sócio-econômica caía dramaticamente em razão das limitadas alternativas que a mulher tinha no contexto social de sua época. Por isso, as viúvas daqueles dias eram, em sua maioria, muito pobres. Em compensação, a lei judaica, estabelecida por Deus, trazia normas que objetivavam proteger as viúvas, bem como os órfãos e estrangeiros (Êx 22.20; Dt 14.28; 24.1; 26.12-13; 27.19). Isso demonstra o apreço divino aos menos favorecidos.

quinta-feira, 27 de junho de 2013

Lição 04 – Superando os Traumas da Violência Social - O Conforto na Hora do Luto

A questão do luto é pouco abordada hoje em dia nas igrejas, mas é de grande importância, uma vez que os crentes em Cristo, como qualquer ser humano normal, também vivem momentos de luto, porém muitas vezes lhes falta uma orientação sólida sobre como devem reagir diante dessa situação. Neste capítulo, abordaremos esse importante assunto à luz das Sagradas Escrituras.

quarta-feira, 26 de junho de 2013

Lição 03 – A Morte para o Verdadeiro Cristão

No fim do jogo, o rei e o peão vão para a mesma caixa. (Provérbio italiano)
O ditado acima apresenta uma realidade comum a todos os seres humanos: a morte atinge a todos, independente de posição social. A morte nos relembra nossa própria finitude, mostrando-nos o quanto somos limitados no sentido de manter nossas próprias vidas. Não podemos escapar dela, e, portanto, da mesma forma que a Bíblia fala da morte como um assunto necessário ao nosso conhecimento, podemos discutir também esse assunto que atemoriza as pessoas.

terça-feira, 25 de junho de 2013

Carta de Um Ex-Gay Tentado a Voltar Atrás

[A carta é fictícia bem como as personagens aqui mencionadas].

Meu caro Sandro,

Espero que esta o encontre bem, com muita saúde e alegria em todas as coisas.
Soube pelo seu pastor que você está pensando em desistir da fé e sair da igreja porque, passados já cinco anos que você recebeu Jesus como seu Senhor e Salvador, você continua a sentir desejos homossexuais e atração por homens. Ele me disse também que sua esposa, a Rita, tem sofrido muito com tudo isto, muito embora você tenha sido bastante honesto com ela e não tenha, em nenhum momento, sido infiel no casamento.

Proposta da Presidente Dilma de Convocar nova Constituinte é Inconstitucional

Leiam o que informa O Globo. (…) Outros dois ministros do STF condenaram a ideia de Dilma pelos mesmos motivos. Para eles, não é necessário criar uma nova Constituição para realizar uma reforma política. O ministro aposentado do STF Carlos Velloso compartilha a mesma posição e criticou duramente a presidente.

Lição 02 – A Enfermidade na Vida do Crente

Em uma época em que a Teologia da Prosperidade e sua progenitora, a Confissão Positiva, prosperam no meio evangélico, é comum encontrarmos ainda crentes que se questionam se é realmente possível um cristão genuíno, um homem ou uma mulher de Deus, sofrer enfermidades. Entretanto, as Sagradas Escrituras são claras quanto a isso: Sim, é mais do que possível. É natural.

segunda-feira, 24 de junho de 2013

Lição 01 – No Mundo Tereis Aflições

Tratar do assunto "aflição" é sempre melindroso. Como homens, desejamos não passar por momentos de adversidades, mas ainda que não o desejemos, passamos por elas assim mesmo. As aflições nos incomodam porque, via de regra, roubam nossa estabilidade emocional, tempo e, muitas vezes, a paz com Deus.

quinta-feira, 20 de junho de 2013

A mentira da imprensa sobre a ‘cura gay’; Pr. Silas comenta

A Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara aprovou nesta terça-feira (18) o projeto de lei que determina o fim da proibição, pelo Conselho Federal de Psicologia, de tratamentos que se propõem a tratar a homossexualidade. A sessão foi presidida pelo deputado Marco Feliciano (PSC-SP), depois de várias semanas de adiamento por causa de protestos e manobras parlamentares contra o projeto.

quarta-feira, 19 de junho de 2013

Lição 1: Paulo e a igreja de Filipos.- Nutrindo a Alegria

Filipenses 1 :1 -11 - Que tal vocês virem aqui em casa para “termos um tempo de comunhão? - Marcamos dois gols no jogo e depois tivemos uma ótima comunhão. - A comunhão no retiro foi muito abençoada. As pessoas parecem entender o termo comunhão de várias maneiras diferentes, e, talvez, como acontece com as moedas antigas, ele esteja perdendo seu cunho original. Se não queremos que esse termo bíblico tão maravilhoso saia de circulação, devemos tomar algumas providências para resgatar seu significado verdadeiro.

Lição 1: Paulo e a igreja de Filipos.- Identificação, Saudação e Ação de Graças

Filipenses 1.1-11 - Paulo e Timóteo, servos de Jesus Cristo, a todos os santos em Cristo Jesus que estão em Filipos, com os bispos e diáconos: graça a vós e paz, da parte de Deus, nosso Pai, e da do Senhor Jesus Cristo. Dou graças ao meu Deus todas as vezes que me lembro de vós, fazendo, sempre com alegria, oração por vós em todas as minhas súplicas, pela vossa cooperação no evangelho desde o primeiro dia até agora. Tendo por certo isto mesmo: que aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até ao Dia de Jesus Cristo.

terça-feira, 18 de junho de 2013

Lições Bíblicas: 3º Trimestre de 2013 - Introdução à Carta aos Filipenses

As três mais belas cartas do apóstolo Paulo, dentre as treze, as cartas aos Efésios, aos Filipenses e aos Colossenses se destacam pela lucidez dos ensinamentos doutrinários e pela alegria do Espírito que o fazia superar todas as dificuldades. Acrescente-se a Carta a Filemom às três outras cartas escritas na prisão. Esta carta tinha um caráter bem pessoal com algumas inserções doutrinárias quanto ao trato social com escravos e senhores. Naturalmente, o contexto social e político da época permitia a compra e venda de escravos serviçais. Uma vez que Filemom tornou-se um ardoroso cristão, seu comportamento social mudou no trato com as pessoas. As Cartas são conhecidas como “cartas da prisão” porque foram escritas quando Paulo esteve preso em Roma nos anos 62 e 63 d.C.

Lição 12 - A Família e a Igreja

“Porém, se vos parece mal aos vossos olhos servir ao Senhor, escolhei hoje a quem sirvais...porém eu e a minha casa serviremos ao Senhor” (Js 24.15). A igreja local tem grande valor para a formação espiritual das famílias cristãs. E a única instituição em que o cristão e sua família podem apoiar-se, neste mundo de mudanças e incertezas, sendo abençoado por Deus em todas as áreas da sua vida. Os lares em geral estão sofrendo terríveis ataques das intempéries espirituais que combatem contra a família, e muitos não têm resistido e sucumbido espiritualmente. A escola é uma instituição prejudicada pelas falsas visões de mundo, sendo dominadas pelo materialismo. Só resta a igreja, fundamentada na Palavra de Deus como ponto de apoio espiritual e moral para a família.

segunda-feira, 10 de junho de 2013

Lição 11 - A Família e a Escola Dominical - I

“Ajunta o p ovo, homens, e mulheres, e m eninos, e os teus estrangeiros que estão dentro das tuas portas, para que ouçam, e aprendam, e temam ao Senhor, vosso Deus, e tenham cuidado de fazer todas as palavras desta lei” (Dt 31.12). A Escola Dominical contribui para a formação espiritual, moral e social, em todas as faixas etárias. A Igreja do Senhor Jesus deve dar a maior importância à família. A igreja local é formada por famílias, que se reúnem para adorar a Deus. E essa adoração deve ter o respaldo e a base fundamental na Palavra de Deus. Esta, por sua vez, só pode ser apreendida, através do estudo e do ensino, da doutrina, e do discipulado.

Governos gastam R$ 15,8 mi por jogo da Copa das Confederações

Cada um dos 16 jogos da Copa das Confederações custará em média R$ 15,8 milhões aos cofres públicos nacionais. Esse número foi obtido em levantamento do UOL Esporte que levou em conta despesas apenas para a competição, sem incluir gastos com construção de estádios ou infraestrutura que serão usados na Copa-2014. E o total, na verdade, é maior: não é possível contabilizar custos com operações de segurança e trânsito para partidas ou com a aceleração de obras das arenas para concluí-las para a competição.

sexta-feira, 7 de junho de 2013

Lição 9 - A Família e a Sexualidade

A SEXUALIDADE NA FAMÍLIA - Por: Psic. Carlos Catito Grzybowski 

ENTREVISTA COM O PSIC. CARLOS CATITO GRZYBOWSKI

Click Família - Ainda hoje o tema sexo é tabu nas famílias? Por quê?

Psic. Carlos Catito - Apesar de vivermos em um ambiente de muita liberalidade social no que diz respeito à questão da sexualidade, um elemento essencial não foi desenvolvido no seio familiar que é o DIÁLOGO. Marido e esposa, pais e filhos ainda cultivam muita dificuldade de desenvolver diálogos profundos e maduros. Assim é comum se falar sobre temas profundos de maneira superficial, como no caso do sexo. Podem se contar piadas, fazer gozações com membros da família sobre esse tema, mas um diálogo fecundo que promova a discussão de valores é, na maior parte dos lares, omitido. ClickFamília - De onde se origina o tabu sobre este assunto?

Reinaldo Azevedo diz "Amplos setores da imprensa tentaram cassar dos evangélicos o direito de dizer “não”. Agrediram os fatos, a democracia e os seus leitores"

A grande imprensa brasileira, com as exceções costumeiras, escreveu um capítulo vergonhoso de sua história na quarta-feira. Cerca de 70 mil pessoas — segundo estimativas da Polícia Militar do Distrito Federal (nesta sexta, publicarei um vídeo; aguardem um pouco) — participaram de uma manifestação em Brasília em defesa da liberdade de expressão, da liberdade religiosa, da família tradicional e da vida (leia-se: contra o aborto). Num dia útil, certamente arcando com o custo de faltar ao trabalho — ninguém ali tinha o “ponto” abonado nem estava sendo pago por partido —, milhares de pessoas atenderam à convocação de diversas denominações cristãs para expressar o seu ponto de vista sobre temas que estão em debate na sociedade e que são do interesse dos brasileiros. Não obstante, aquelas 70 mil pessoas foram praticamente ignoradas pelo jornalismo. A IRONIA: UMA DAS PALAVRAS DE ORDEM DA CONCENTRAÇÃO ERA ESTA: CONTRA O CONTROLE DA MÍDIA. 

Imprensa faz papel vergonhoso cerceando a voz dos evangélicos


 
Na última quarta-feira (5) mais de 70 mil pessoas lotaram a Esplanada dos Ministérios, em Brasília, para declarar sua posição em favor da liberdade de expressão, da liberdade religiosa, da família tradicional e da vida. Porém, o evento, coordenado pelo pastor Silas Malafaia e lideranças evangélicas (clique aqui e veja como foi a programação), teve uma cobertura tímida por parte dos veículos de comunicação, que ignoraram ou minimizaram o peso e o valor do protesto.

quinta-feira, 6 de junho de 2013

Pr.Silas Malafaia na Manifestação em Brasilia




Lição 10 - A Necessidade e a Urgência do Culto Doméstico I - O Valor do Culto Doméstico

“Ponde, pois, estas minhas palavras no vosso coração e na vossa alma, e atai-as por sinal na vossa mão, para que estejam por testeiras entre os vossos olhos, e ensinai-as a vossos filhos, falando delas assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e deitando-te, e levantando-te” (Dt 11.18,19). O que está faltando, na maioria dos lares cristãos, é espaço para a família adorar a Deus. Essa adoração se dá através do culto doméstico. Todavia, essa prática tem sido negligenciada. Na maioria dos lares cristãos, não se faz o culto doméstico. Milhões de crentes deixam de ir ao culto nas igrejas para ficar em casa, assistindo a uma programação que nada tem de edificante para as vidas de servos de Deus (1 Co 6.12; 10.23).

terça-feira, 4 de junho de 2013

Reinaldo azevedo foi genial neste texto vejam "Lei Anti-Homofobia: Marta tenta dar truque nos cristãos, mas seu texto é um mimo do pensamento autoritário".

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), disse que vai pôr em votação a versão da senadora — ora ministra da Cultura Caxirola, Marta Suplicy — da PLC 122, apelidada de “Lei Anti-Homofobia”. Renan descobriu os benefícios da “pauta progressista”. Ajudam a dar uma ajeitada em sua biografia. Muito bem.

Marta fez a sua própria versão do texto, mais amena do que aquela que foi discutida na Câmara, o que não quer dizer que seja aceitável. A zerda no Brasil é que ninguém lê nada, nem bula de remédio — dia desses, se não tomo cuidado, teria entrado pelo cano… A esta altura, alguém estaria dizendo: “Ah, ele até que tinha algo de bom… Não muito, mas tinha…”. Pois é. Li e fiz a coisa certa.

Sóstenes Apolos: Deus o chamou para junto de si

Cerimônia de ordenação
do nosso filho André Couto
Pr. Geremias do Couto - Recebi com muito pesar, ontem, a notícia do falecimento do pastor Sóstenes Apolos, presidente da CEADDIF e responsável pelo pastoreio da Assembleia de Deus da L 2, em Brasília, DF, também conhecida como a Igreja do Novo Dia. Conheci-o desde os tempos de São Cristóvão, no Rio de Janeiro, e por diversas vezes participei de eventos ao seu lado, nas mais diferentes regiões do Brasil e até mesmo fora do país, além de programações na igreja que pastoreou.

segunda-feira, 3 de junho de 2013

Reinaldo Azevedo diz "A parada do arco-íris vira chapa-branca e atrai ainda menos público. Faz sentido? Faz! Passeata pró-poder perde o charme da resistência. Ou: Quem beija na boca no Fantástico não é mais “minoria” sociológica"

Pois é… Este ano era para arrebentar. Até ontem, os jornais falavam que eram esperadas 3,5 milhões de pessoas na Parada Gay de São Paulo. Apareceram, segundo os critérios técnicos adotados pelo Datafolha para medir concentração de público, 220 mil — 50 mil a menos do que em 2012. E olhem que se tentou, de todos os modos, usar a figura do pastor Marcos Feliciano (PSC-SP), presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara, como o espantalho que é chamariz. Sabem como é, estava frio, garoando… A cobertura da imprensa, inclusive das TVs, fazia crer que o número aloprado divulgado pela organização do evento estava certo: 5 milhões de pessoas!!! Vale dizer: a turma multiplicou o público presente por quase… 23 vezes. Terá sido só o frio?

Parada gay em SP: 220 mil pessoas; cadê os 3 milhões? Pr. Silas comenta

Segundos os organizadores, a parada gay de São Paulo, deste ano, teria mais de 3 milhões e meio de pessoas. A imprensa em geral, com antecedência, divulgou este número como forma de propaganda e os veículos de imprensa que mais se destacaram nesta propaganda absurda foram: Rede Globo e Rádio CBN, do Sistema Globo de Rádio.

O jornal O Globo neste domingo (02), pela internet, chegou ao absurdo de em poucas horas dar números diferentes para a parada gay. Ás 19h, informou 400 mil pessoas, mais tarde, 600 mil pessoas.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

VOCÊ ESPECIAL

GOOGLE +