sábado, 26 de abril de 2014

Aprendendo a Envelhecer

Em parceria com o Corpo de Psicólogos e Psiquiatras Cristãos (CPPC) e em comemoração aos 100 anos do nascimento de Paul Tournier, Ultimato publica o sexto e último artigo da série em torno da vida e obra deste médico cristão e escritor suíço de reconhecimento mundial. A matéria é produzida pelo CPPC . Qualquer correspondência alusiva à Série Paul Tournier deverá ser dirigida ao CPPC. 

DEBAIXO DO PÉ DE ZIMBRO, QUEM NUNCA ESTEVE LÁ. - Texto: 1 Reis 19. 1-8

INTRODUÇÃO: O profeta Elias depois de ter desafiado e vencido os profetas de Baal, sofre uma frustração imensa por vê que a rainha Jezabel e o Rei Acabe não havia se rendido ao Deus de Israel e nem reconheceria o seu ministério, pelo contrário sofreu uma ameaça de morte. Com isso o profeta Elias sai para o deserto e lá se interioriza em uma terrível depressão debaixo de um pé de zimbro. 

Como reagir quando um amigo se torna inimigo

Temos dois tipos de inimigos: os invisíveis e os visíveis. Os primeiros são as hostes do mal, às quais devemos nos opor (Ef 6.10-18). Os outros são pessoas que nos odeiam ou nos traem por algum motivo. E estas, por mais contraditório que isso possa parecer, devemos amar (Mt 5.44). 

Os dons espirituais à luz das Escrituras (3)

Dons espirituais como manifestações — ao contrário dos dons ministeriais — não são residentes, e sim esporádicos, momentâneos. Eles, que estão à disposição de todos os crentes batizados com o Espírito Santo, podem ser agrupados, para estudo, em três categorias.

Os dons espirituais à luz das Escrituras (2)

Como afirmei no artigo anterior, há diferença entre os dons do Espírito como manifestações esporádicas e os dons ministeriais. Estes não dependem, necessariamente, do batismo com o Espírito. As ministrações momentâneas e sobrenaturais do Espírito para a edificação da igreja só vêm sobre quem já recebeu o revestimento de poder, o batismo com o Espírito (At 2.1-4; 10.44-47; 19.1-6, etc.). 

Os dons espirituais à luz das Escrituras (1)

As próximas quatro lições da revista Lições Bíblicas, da CPAD — adotadas principalmente pelas Assembleias de Deus em suas Escolas Dominicais —, abordarão os dons do Espírito Santo, começando com a lição: O Propósito dos Dons Espirituais. Apresento aqui a primeira parte da minha modesta contribuição sobre o assunto. A segunda parte desta abordagem será publicada ainda no início desta semana.

segunda-feira, 21 de abril de 2014

Lição 6 – O Ministério de Apóstolo

Apóstolo - “E ele mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores” (Ef 4.11).

A partir deste capítulo, estudaremos acerca dos dons ministeriais, que identificam uma diversidade enorme de funções, ofícios e atividades, de homens, chamados por Deus, e designados pela igreja local, para exercerem a operacionalidade de serviços ou ministérios.

domingo, 20 de abril de 2014

Compreendendo o Jejum – por Luciano Subirá

O jejum é a abstinência total ou parcial de alimentos por um período definido e propósito específico. Tem sido praticado pela humanidade em praticamente todas as épocas, nações, culturas e religiões. Pode ser com finalidade espiritual ou até mesmo medicinal, visto que o jejum traz tremendos benefícios físicos com a desintoxicação que produz no corpo. Mas nosso enfoque é o jejum bíblico. Muitos cristãos hoje desconhecem o que a Bíblia diz acerca do jejum. Ou receberam um ensino distorcido ou não receberam ensinamento algum sobre este assunto.

Lição 5 – Dons de Elocução

Dons de Elocução - “Se alguém falar, fale segundo as palavras de Deus; se alguém administrar, administre segundo o poder que Deus dá, para que em tudo Deus seja glorificado por Jesus Cristo, a quem pertence a glória e o poder para todo o sempre” (1 Pe 4.11).

Deus sempre quis comunicar-se com o homem. O relato bíblico sobre a criação do ser humano demonstra, de modo bem evidente, que Deus comunicava-se diretamente com o ser criado. Sem dúvida, ao por o homem no jardim, para deste ser o responsável e guardador, Deus lhe deu as instruções necessárias, fazendo-lhe ouvir sua voz. E o fez, falando diretamente com o ser criado.

sexta-feira, 18 de abril de 2014

Lição 4 – Dons de Poder

Dons de Poder - “A minha palavra e a minha pregação não consistiram em palavras persuasivas de sabedoria humana, mas em demonstração do Espírito e de poder, para que a vossa fé não se apoiasse em sabedoria dos homens, mas no poder de Deus” (1 Co 2.4,5).

Paulo, maior intérprete do evangelho de Jesus Cristo, doutrinando através de sua Carta aos Romanos, declarou: “Porque não me envergonho do evangelho de Cristo, pois é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê, primeiro do judeu e também do grego” (Rm 1.16 — grifo nosso). Na época em que se tornou discípulo de Jesus, após sua dramática conversão, no caminho de Damasco, já havia muitos “evangelhos” estranhos, apócrifos, que pregavam “outro Jesus” (2 Co 11.4).

quinta-feira, 17 de abril de 2014

Atravessando Tempestades

"Assim, tenham ânimo, senhores! Creio em Deus que acontecerá do modo como me foi dito." (Atos 27:25)

Às vezes podemos pensar que, se estamos sob a vontade de Deus, navegaremos sempre por águas tranquilas. Mas muitas vezes é exatamente o oposto. Portas batem na nossa cara, obstáculos aparecem em nossos caminhos e tempestades surgem para nos colocar fora de rumo.

sexta-feira, 11 de abril de 2014

Quando Deus Parece Distante

"João, ao ouvir na prisão o que Cristo estava fazendo, enviou seus discípulos para lhe perguntarem: 'És tu aquele que haveria de vir ou devemos esperar algum outro?'" (Mateus 11:2-3)

- Já aconteceu alguma coisa na sua vida que o tenha levado a perguntar: "Onde está Deus?"
Nada menos do que o maior profeta de todos os tempos, João Batista, enfrentou esta luta.

quinta-feira, 10 de abril de 2014

Proclamando a Cristo

"[...] nós, porém, pregamos a Cristo crucificado [...]" (1 Coríntios 1:23) 

Me espanto hoje em dia com as coisas perversas e horríveis que as pessoas falam e pelas quais algumas estão até dispostas a morrer. Em contrapartida, nós que compartilhamos da mensagem de mudança de vida contida no evangelho, muitas vezes nos escondemos com vergonha ou nos intimidamos diante do que temos a dizer.

terça-feira, 8 de abril de 2014

Lição 3 – Dons de revelação

Dons de Revelação - “Que fareis, pois, irmãos? Quando vos ajuntais, cada um de vós tem salmo, tem doutrina, tem revelação, tem língua, tem interpretação. Faça- se tudo para edificação” (1 Co. 14.26).

Os dons de revelação constituem parte da revelação de Deus, concedida ao homem salvo, para que, por eles, a “multiforme sabedoria” divina seja manifestada no meio da Igreja, e os crentes em Jesus sejam protegidos das sutilezas do Adversário e das maquinações humanas contra a fé cristã.

sexta-feira, 4 de abril de 2014

Verdadeira Conversão

"Eu o livrarei do seu próprio povo e dos gentios, aos quais eu o envio para abrir-lhes os olhos e convertê-los das trevas para a luz, e do poder de Satanás para Deus, a fim de que recebam o perdão dos pecados e herança entre os que são santificados pela fé em mim." (Atos 26:17-18)

Quando o apóstolo Paulo esteve perante o rei Agripa e explicou o que Deus lhe tinha chamado para fazer na proclamação do evangelho, vê-se uma das apresentações mais claras encontradas em toda a Bíblia.

quinta-feira, 3 de abril de 2014

Lidando com o Desânimo

"Por que você está assim tão triste, ó minha alma? Por que está assim tão perturbada dentro de mim? Ponha a sua esperança em Deus! Pois ainda o louvarei; ele é o meu Salvador e o meu Deus." (Salmos 42:11)

Mesmo para aquelas pessoas mais espiritualizadas, não são raros os dias de dúvida.

Moisés, em uma ocasião pelo menos, foi dominado por essas circunstâncias. Depois de ter escutado a queixa constante dos filhos de Israel, ele simplesmente disse ao Senhor: "Estou farto. Apenas me mate. Eu não quero lidar com essa situação nem mais um dia." 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

VOCÊ ESPECIAL

GOOGLE +