quinta-feira, 10 de abril de 2014

Proclamando a Cristo

"[...] nós, porém, pregamos a Cristo crucificado [...]" (1 Coríntios 1:23) 

Me espanto hoje em dia com as coisas perversas e horríveis que as pessoas falam e pelas quais algumas estão até dispostas a morrer. Em contrapartida, nós que compartilhamos da mensagem de mudança de vida contida no evangelho, muitas vezes nos escondemos com vergonha ou nos intimidamos diante do que temos a dizer.

É hora de nos levantarmos e sermos percebidos também. Jesus disse: "Porque, se alguém se envergonhar de mim e das minhas palavras nesta geração adúltera e pecadora, o Filho do homem se envergonhará dele quando vier na glória de seu Pai com os santos anjos." (Marcos 8:38).

No primeiro século, o pensamento de Jesus morrendo na cruz era escândalo para os judeus. Para os gregos, que se orgulhavam de suas realizações culturais e intelectuais, isso não fazia sentido.

Mas o apóstolo Paulo disse: "Nós, porém, pregamos a Cristo crucificado, o qual, de fato, é escândalo para os judeus e loucura para os gentios, mas para os que foram chamados, tanto judeus como gregos, Cristo é o poder de Deus e a sabedoria de Deus." (1 Coríntios 1:23-24).

Você tem vergonha da mensagem simples do evangelho?
Eu torço para que você não se envergonhe do evangelho de Cristo, porque a justiça de Deus se revela nele. (Romanos 1:16-17).

Temos o nosso próprio senso de justiça e o nosso próprio senso do que é certo e errado. Mas a justiça de Deus é muito diferente da nossa. É só na cruz que as justas exigências da lei e de Deus são satisfeitas. É impossível cumpri-las sem a cruz.

Por isso, é por meio do evangelho que a justiça de Deus é revelada.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

VOCÊ ESPECIAL

GOOGLE +