terça-feira, 28 de outubro de 2014

Dilma diz que Jean Wyllys será “representante da juventude brasileira”; Pr. Silas Malafaia reage: “Evangélicos, acordem!”

A presidente Dilma Rousseff (PT) anunciou na última semana que Jean Wyllys (PSOL) será o “representante da juventude brasileira” no seu governo.

O deputado federal e ativista gay, que foi opositor da presidente e teceu diversas críticas a ela por recuar diante dos protestos da bancada evangélica e não acatar parte das exigências da militância homossexual, agora virou seu aliado.

A justificativa usada por Dilma Rousseff para indicar Wyllys para a função foi repetir o discurso dos ativistas gays: “Tenho o compromisso de lutar contra a discriminação da juventude negra neste país, contra os autos de resistência, contra esse morticínio, assim como eu tenho compromisso de lutar contra violência que motiva a mulher, assim como contra a homofobia, temos de criminalizar a homofobia”, disse a presidente, segundo informações do portal Terra.

Durante a reta final dos programas da propaganda eleitoral gratuita, Dilma mostrou imagens de um discurso do ex-presidente Lula, e ela aparece acompanhada de Jean Wyllys e de uma mãe de santo.

O pastor Silas Malafaia comentou o episódio e afirmou que a união política de Dilma e Wyllys é simbólica: “Evangélicos acordem! Dilma escolheu o deputado ativista gay Jean Wyllys para representar a juventude. É o mesmo que luta contra nossos princípios”, criticou o pastor.

No Facebook, Wyllys rebateu as postagens de Malafaia dizendo “aceita que dói menos”. “Bateu o desespero nos fundamentalistas! Depois de terem apostado todas as suas fichas na campanha do Aécio (inclusive alguns que, na eleição anterior, apoiaram a Dilma), as pesquisas estão frustrando suas esperanças de eleger o governo dos seus sonhos, mistura de neoliberalismo radical, conservadorismo extremo e macartismo vintage. E, desesperados, querem um culpado”, escreveu Wyllys, insinuando que tornou-se alvo de ataque porque Dilma poderia vencer as eleições.

Alguns internautas se posicionaram sobre o assunto e criticaram Jean Wyllys: “Sou gay e não concordo com você, aliás, não da nem pra confiar em você pôs você vivia criticando a Dilma e agora está inventando as coisas pra eleger a mesma. Vai ganhar algum cargo de ministro?”, questionou um dos usuários da rede social.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

VOCÊ ESPECIAL

GOOGLE +