quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Sobre o Amanhã

Num sábado à tarde, minha esposa e estávamos livres e resolvemos pegar o carro e sair sem destino certo. Este é um programa que gostamos de fazer. Colocamos uma boa música, andamos por estradas e caminhos que eventualmente não fazem parte dos nossos roteiros habituais, encontramos um bom local para um lanche, e naquele sábado queríamos pegar a estrada em direção à Nerópolis, sem muita agenda, despreocupadamente. 

No caminho nos deparamos com um congestionamento desproposital, e na medida em que nos aproximamos do local, ficamos horrorizados com a cena de uma pessoa vitimada pelo trânsito. Nossas emoções ficaram visivelmente perturbadas, afinal a concretude da dor e da tragédia estava diante de nós. A vida é o maior dom de Deus e agora estávamos frente a frente com a morte.
Nossas mentes começaram a especular sobre a família, história, sonhos, aspirações e planos daquela pessoa... O tranqüilo sábado fora interrompido para questões filosóficas e espirituais. O que parecia um momento de lazer e despreocupação é agora tomado pela dor e calamidade.

As palavras de provérbios vieram à mente: “Não te glories do dia de amanhã, porque não sabes o que trará à luz” (Pv 27.1). O apóstolo Tiago afirma: “Atendei, agora, vós que dizeis: Hoje ou amanhã, iremos para a cidade tal, e lá passaremos um ano, e negociaremos, e teremos lucros. Vós não sabeis o que sucederá amanhã. Que é a vossa vida? Sois apenas, como neblina que aparece por instante e logo se dissipa” (Tg 4.13,14).

Pense sobre estas palavras: Vós não sabeis o que sucederá amanhã. O homem tem feito conquistas impressionantes – Dividir o átomo, construir máquinas fantásticas, transplantar órgãos, criar programas de computador, explorar o universo, mas ele não consegue antecipar o amanhã. Ele não sabe o que o virá. O amanhã continua sendo um grande desafio e mistério.

O amanhã pode trazer grandes surpresas. Portas inesperadas se abrindo, grandes oportunidades chegando, um bebê nascendo, uma promoção aguardada, um bom negócio, o encontro com alguém que pode mudar sua vida, ou um diagnóstico inesperado, enfermidades e tragédias. Você se recorda da avalanche sobre Jó? Estamos preparados?

Naturalmente não! Todos estes elementos inesperados nos surpreendem. Ninguém está suficientemente preparado para estas coisas boas ou ruins. Não é sem razão que muitos vivem absolutamente absorvidos pelo amanhã, desenvolvendo fobias e ansiedade, dominados pela preocupação, que nada mais é que uma pré-ocupação, isto é, um sofrimento antes da hora.

Quando o medo sobre o futuro começa a tomar conta de meu coração, gosto de lembrar de um princípio: “Eu não sei o que me aguarda no futuro, mas seiquem me aguarda no futuro”. É bom saber que não estou nas mãos de um universo cego, nem de forças despropositais do acaso e das coincidências, mas de um Deus amoroso e sábio, que tem todas as coisas debaixo do seu controle.

Rev. Samuel Vieira
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

VOCÊ ESPECIAL

GOOGLE +