ACONSELHAMENTO PASTORAL OU ACONSELHAMENTO PSICOLÓGICO?

1. QUESTÃO PRELIMINAR Esta é a primeira questão que desejo considerar: o que estudaremos será aconselhamento pastoral ou aconselhamento...

quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Por que devemos nos importar com a igreja local?

Um jovem casal se muda para Edinburgh e pesquisa ao redor para encontrar uma igreja que se adéque às suas necessidades e atenda às suas exigências em termos de culto e de outras pessoas da sua idade. Ambos amam ao Senhor e querem servi-lo em tempo integral no exterior de alguma forma, mas a maioria das outras igrejas com as quais se envolveram não parecem tão interessadas em sua visão.
Eles, na verdade, nunca foram tão envolvidos em uma igreja local, eles não veem qualquer benefício em ser um membro e sentem que, como instituição, a igreja está ultrapassada e sem conexão com o mundo real. Eles estão pensando em ir para o exterior por conta própria e não conseguem ver porque teriam de ser membros de igreja para serem capazes de fazer grandes coisas para Deus. Eles apareceram na Niddrie nas últimas duas semanas e compartilharam algumas dessas coisas com você.

Eu me pergunto que conselho nós daríamos a eles se eles viessem a nós em busca de aconselhamento

Muitas pessoas hoje veem a igreja como esse jovem casal. Eles a veem como ultrapassada e sem conexão com o mundo. Veem os sistemas e estruturas mais como obstáculos do que auxílios para o que eles sentem que Deus quer que eles façam com as suas vidas. Eles não vêem a membresia de uma igreja local como algum benefício real qualquer. Há várias atitudes dos membros de igreja: Indiferença (não se incomodam), ignorância (não sabem), indecisos (não conseguem se decidir) e independentes (nós faremos o que quisermos). Há cada vez mais desses últimos tipos – Cavaleiros Solitários Cristãos – que não se importam com o que a Bíblia ensina. Eles não querem pessoas se intrometendo, dizendo como eles devem viver suas vidas. Querem vir à igreja receber o que quiserem dela e ir embora quando estiverem cheios.


Isso deixa o pastor dos dias modernos com muitos problemas. O não menos importante dentre eles é o problema de que muitas pessoas se encontram em pecado grave ou se sentem isoladas o fazem porque não entenderam que a intenção de Deus para a igreja local é que seja central para a vida de todos os crentes.

Onde está a membresia de igreja na Bíblia?

O Fato é que não há textos específicos sobre membros de igreja nas escrituras. No entanto, há muita evidência implícita na Bíblia para apoiar o conceito de membresia de igreja.

Liderança da igreja

1Timóteo. 3.1-13 e Tito 1.5-9 estabelecem as qualificações para os líderes da igreja. Não só isso, masHebreus 13.17 é muito explícito quando ordena os crentes a se submeterem aos líderes. Esta estrutura só funciona quando há uma estrutura implementada. Se não há membresia, então não há ninguém para os líderes liderarem. Nossa responsabilidade de se submeter aos nossos líderes é absurda se não há um grupo anexado a eles de alguma forma.

Disciplina eclesiástica

1Coríntios 5.9ss muito claramente afirma que era para a congregação “expulsar” da sua comunhão um homem envolvido em pecado sexual. Cristo, do mesmo modo, ordenou algo semelhante em Mateus 18.15-17. A escritura faz isso para que possamos manter uma clara distinção entre o povo de Deus, a igreja e o mundo ao redor. Se não há nenhuma maneira visível e prática para determinar quem pertence à igreja e quem pertence ao mundo, então expulsar alguém da comunhão não tem significado real.

Nós vemos em Atos 2.37-47 que há um registro numérico daqueles que professaram a Cristo e foram cheios do Espírito Santo (v. 41) e uma notificação de que a igreja estava acompanhando o crescimento (v.47).

Em Atos 6.1-6, nós vemos eleições acontecendo a fim de tratar um problema e uma acusação específicos.

Em Romanos 16.1-16, nós vemos o que parece ser uma percepção de quem é um membro de igreja.

Em 1Timóteo 5.3-16, nós vemos um ensino claro sobre como lidar com as viúvas na igreja, e nos versos 9-13 nós lemos isso:

Não seja inscrita senão viúva que conte ao menos sessenta anos de idade, tenha sido esposa de um só marido, seja recomendada pelo testemunho de boas obras, tenha criado filhos, exercitado hospitalidade, lavado os pés aos santos, socorrido a atribulados, se viveu na prática zelosa de toda boa obra. Mas rejeita viúvas mais novas, porque, quando se tornam levianas contra Cristo, querem casar-se, tornando-se condenáveis por anularem o seu primeiro compromisso. Além do mais, aprendem também a viver ociosas, andando de casa em casa; e não somente ociosas, mas ainda tagarelas e intrigantes, falando o que não devem.

Nesse texto, nós vemos critérios para quem se qualificava ou não para o programa de Éfeso de assistência a viúva. A igreja local em Éfeso é organizada e eles estão elaborando um plano. Assim, parece haver evidência de uma membresia de igreja comprometida em um nível local.

O que significa ser um membro da igreja comprometido de uma congregação local?

• Ameis uns aos outros

João 13.34-35. Essa tem que ser a marca principal de um membro de igreja comprometido. A igreja local é o único lugar onde podemos mostrar amor comprometido uns aos outros. É na igreja local que o nosso amor uns para com os outros se torna aparente ao mundo.

• Encorajeis uns aos outros

Hebreus 10.24-25. Uma membresia de igreja fiel está associada a estimularmos uns aos outros. Isso certamente significa que estamos em uma frequência regular. Quais as outras vantagens de uma frequência regular?

• Um pacificador

Romanos 14.19; Tiago 3.18. Isso nos descreve como membros? Como isso seria na prática?

• Edifica os outros

Efésios 4.11-16. É por isso que os membros se reúnem. Para desenvolver uns aos outros e edificar uns aos outros. Como podemos fazer isso melhor na NCC?

• Suporta uns aos outros

Todos os crentes são caracterizados pela longanimidade e paciência, frequentemente em face de decepções, frustrações, perdas, ataques, difamações e ofensas (Mateus 18.21-22; Romanos 15.1). Ao levarmos as cargas uns dos outros, nós cumprimos a lei de Cristo (Gálatas. 6.2). Como podemos fazer isso melhor na NCC de forma prática?

• Apoia a obra do ministério

Romanos 12.6-8. Todos os nossos esforços e talentos deveriam ser empregados, à medida que procuramos servir, dentro da nossa igreja local. Há algum ministério da igreja que poderíamos apoiar melhor?

O problema para muitos de nós é que não damos valor à igreja local. Não damos valor à comunhão. Escute esta citação:

“É pela graça de Deus que uma congregação é autorizada a se reunir visivelmente neste mundo para compartilhar a palavra e o sacramento de Deus. Nem todos os cristãos recebem essa benção. Os aprisionados, doentes, os solitários dispersos, os pregadores do evangelho em terras pagãs estão sozinhos. Eles sabem que a comunhão visível é uma benção. Portanto, permita àquele que até agora tem tido o privilégio de viver em vida comum cristã com outros cristãos, louvar a graça de Deus do fundo do seu coração. Permita-o agradecer a Deus de joelhos e declarar: é graça, nada mais que graça sermos autorizados a viver em comunidade com irmãos cristãos.” (Boenhoffer)

Por: Mez McConnell. © 2016 20Schemes. Original: Why Should We Care About The Local Church?

Tradução: Eulina e Juan Siqueira. Revisão: Yago Martins. © 2016 Ministério Fiel. Todos os direitos reservados. Website: MinisterioFiel.com.br. Original: Por que devemos nos importar com a igreja local?

Permissões: Você está autorizado e incentivado a reproduzir e distribuir este material em qualquer formato, desde que informe o autor, seu ministério e o tradutor, não altere o conteúdo original e não o utilize para fins comerciais.

É pastor sênior da Niddrie Community Church, Edimburgo, Escócia. É fundador do 20schemes, um ministério voltado para plantação de igrejas nos lugares mais difíceis da Escócia. Desde 1999, McConnell tem se envolvido com o ministério pastoral, tanto em plantação quanto revitalização.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça comentários produtivos no amor de Cristo com a finalidade de trazer o debate para achar a verdade. Evite palavras de baixo calão, fora do assunto ou meras propagandas de outros blogs ou sites.

Marcadores

REFLEXÕES NOTÍCIAS LIÇÕES BÍBLICAS VIDEOS ESCOLA DOMINICAL DEVOCIONAIS COMENTÁRIOS ESTUDOS SAMUEL VIEIRA VIDA CRISTÃ EVENTOS SERMÕES PASTORAIS SILAS MALAFAIA JOSÉ GONÇALVES 2º TRIMESTRE 2012 HERNANDES DIAS LOPES POLITICA ILUSTRAÇÕES ELINALDO RENOVATO FAMÍLIA SILAS DANIEL 4º TRIMESTRE 2012 ALEXANDRE COELHO ELIENAI CABRAL 1º TRIMESTRE 2013 2º TRIMESTRE 2013 3º TRIMESTRE 2014 EPÍSTOLA DE TIAGO EVANGELHOS 3º TRIMESTRE 2013 DILMA ROUSSEFF MENSAGENS APOLOGÉTICA APOSTOLO CASAMENTO EPÍSTOLAS 2º TRIMESTRE 2014 4º TRIMESTRE 2013 FOTOS 3º TRIMESTRE 2012 FILIPENSES PROFETAS 1º TRIMESTRE 2015 2º TRIMESTRE 2016 4º TRIMESTRE 2014 ADULTOS DANIEL DOUTOR OS DEZ MANDAMENTOS DONS ESPIRITUAIS LUCAS MANDAMENTOS ROMANOS 2º TRIMESTRE 2015 CPAD ESEQUIAS SOARES HOMOSSEXUALIDADE 1º TRIMESTRE 2014 3º TRIMESTRE 2015 AGENDA MARIO SALES ÊXODO ELIEZER DE LIRA E SILVA RENATO BROMOCHENKEL ANTÔNIO GILBERTO 4º TRIMESTRE 2015 CRIME JOVENS MARCOS POLICIA REFORMA SÉRIES CLAUDIONOR DE ANDRADE FÁBULAS VIOLÊNCIA AUGUSTUS NICODEMUS LOPES ECLESIASTES GENESIS SALMOS ADULTÉRIO AÉCIO NEVES CIRO SANCHES ZIBORDI MARINA SILVA NATAL 1º TRIMESTRE 2012 FORNICAÇÃO FÉ E OBRAS HERESIAS LUIS INÍCIO LULA DA SILVA MARCO FELICIANO PROVÉRBIOS REINALDO AZEVEDO ANO NOVO BRASIL DINHEIRO INVESTIGAÇÃO MYLES MUNROE NAMORO PRESBÍTERO PROSPERIDADE SANTIFICAÇÃO SERMÃO DO MONTE 4º TRIMESTRE 2011 COPA DO MUNDO ESCATOLOGIA GEREMIAS DO COUTO GLOBO MULHER NELSON NED NOVELAS PETROBRAS PETROLÃO PORNOGRAFIA SEXO DEPUTADOS DIÁCONO EDUCAÇÃO ENTREVISTA FESTA FILHOS LAVA JATO LIBERALISMO LIDERANÇA MAGNO MALTA. MARIA MARTA MARTINHO LUTERO OBREIROS ORAÇÃO PARÁBOLA PRESIDENTE SABEDORIA 1º TRIMESTRE 2016 1º TRIMESTRE 2018 ADORAÇÃO ATIVISMO ATOR C. H. BROWN CORRUPÇÃO CUBA DENZEL WASHINGTON DIVÓRCIO ELIAS FILMES GRATIDÃO ISRAEL JEAN WYLLYS MARCHA PARA JESUS NORBERT LIERTH OPERAÇÃO PREGADORES PROTESTO REYNALDO ODILO SACERDOTES SAMUEL F.M. COSTA SEXUALIDADE TEOLOGIA TRABALHO 3º TRIMESTRE 2016 4º TRIMESTRE 2008 4º TRIMESTRE 2016 4º TRIMESTRE 2018 ABEL AGIOTAGEM ALEGRIA AMIGOS AMIZADE AMY WINEHOUSE ANCIÃO ARROGÂNCIA BABILÔNIA BIBLIOLOGIA BISPO CAIM CALVÁRIO CHARLES HADDON SPURGEON CHARLES R. SWINDOLL CORDEIRO CRIANÇAS CRISTO CRITICAS CÓDIGO DA VINCI DESIGREJADOS ELIEZER RODRIGUES ENVELHECER EUNÁPOLIS EXPOSITIVO F FARSA FEMINISMO FERNANDO HENRIQUE CARDOSO GOMORRA HERRY POTTER HOMILÉTICA HUMILDADE INIMIGOS INIMIZADE JEJUM JOHN ANKERBERG JOHN WELDON JORDÃO JUSTOS LARRY WILSON LEIS LÍNGUA MAR VERMELHO MARCHISMO MARK BROWN MESTRE MOISÉS MUSICA NAMOROj NETO GUERRIERI OSTENTAÇÃO PASCOA PERDÃO PILATOS PREFEITOS PROVAÇÕES RELIGIÃO SALVAÇÃO SEGURANÇA SELEÇÃO BRASILEIRA SENADOR SODOMA TEMOR TEMPERAMENTOS TENTAÇÃO TESTEMUNHO VINDA DE CRISTO WARREN WIERSBE WILLIAM MACDONALD XUXA ÍMPIOS ÓDIO