Massacre em Suzano: até onde jogos violentos podem influenciar a mente humana?

Semelhança entre assassino de Suzano  (direita) e personagem do jogo Free Fire  (esquerda) é notável. (Foto: Guiame) Autoridades ...

sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

5 razões pra você não perde o “culto da virada”.

Em tempos de secularização generalizada vale a pena demonstrar a unidade do povo de Deus. Nesta época, em várias igrejas evangélicas existe o costume anual da realização de um culto singular. É o chamado “culto da virada”. Normalmente, este culto ocorre num tempo coerente antes e após a virada do dia 31 de dezembro para o dia 1º de janeiro.
A imagem pode conter: textoAs lideranças destas igrejas se dividem em relação à realização deste culto. Alguns líderes não o fazem por achar que estão copiando rituais do mundo ou pelo fato de residir no coração da igreja apenas a motivação de que Deus abençoe o ano vindouro. Além disso, fazem valer a ideia de que muitos cristãos vão a estes cultos na esperança de que sua mentalidade mude como num passe de mágica, em detrimento do estilo de vida pecaminoso adotado rotineiramente durante o ano que se passou.

Outros não fazem o culto por razões de comodidade, bem como para evitar algum tipo de desavença ou desconforto entre as famílias que acabam se dividindo nestes momentos, uma vez que nem todos da casa são cristãos e participantes da mesma fé. O alto grau de secularização e, consequentemente, os desdobramentos relativistas na práxis cristã de fiéis do mundo todo faz que este momento seja priorizado, muito mais para fins hedonistas do que propriamente para a glória de Deus.

Outros ainda, mais radicais e desavisados, dizem que não existe referência a tal culto na Bíblia. Interessante, pois, não há menção nas Escrituras Sagradas acerca da “ceia de natal”, no entanto, a mesma é realizada em muitas igrejas evangélicas. Dois pesos, duas medidas.

Diante dos argumentos contrários apresentados, listo, pelo menos, cinco razões para que seja feito o culto da virada no momento da transição do “ano velho para o ano novo”. Eis as razões:

1) Iniciar o ano reafirmando em comunhão (entre irmãos) e para o mundo, a fé em Nosso Senhor Jesus Cristo.

Dificilmente alguma família cristã, com receio de que seja gerado algum desconforto entre seus familiares e convidados, fará uma pausa para agradecer a Deus conjuntamente e ofertar o ano vindouro a Ele. Não somos deste mundo, portanto, estamos numa passagem breve por ele. Esta passagem possui um significado, o de glorificarmos a Deus com a nossa vida e a expressão da nossa fé. Estar na igreja com os irmãos neste momento de vital importância para o mundo, mostra que a nossa preocupação está na reafirmação da nossa fé, e isso ocorre em comunhão com alegria e esperança do retorno do Nosso Senhor Jesus para buscar a sua Igreja.

2) Demonstrar gratidão pela vida e provisão dadas por Deus no ano que se passou.

O propósito de todo culto, independente da época do ano é entregar nossa oferta a Deus. Esta oferta toma um significado todo especial, uma vez que um ciclo se finda e com isso o crente tem a oportunidade de expressar em comunhão a sua gratidão por tudo àquilo que Deus fez no ano que se passou. Tornar a nossa gratidão pública e compartilhá-la com nossos irmãos nos primeiros minutos do ano ajuda-nos a compreender que o amor de Deus é a única causa de não sermos consumidos.

3) Expressar a Jesus Cristo que Ele é prioridade sobre a nossa vida e ano vindouro.

Enquanto o mundo celebra inúmeras divindades em seus “ritos de passagem”, a fim de fazerem as suas petições e votos, o povo do Deus verdadeiro volta-se para dizer, de forma pública e conjunta, que Jesus Cristo é a real prioridade em suas vidas no ano que se inicia. Longe de ser um ato fanático ou de religiosidade, isso nos ajuda a demonstrar que primeiramente estamos buscando o Reino de Deus e a sua justiça, já que nos primeiros momentos do ano estamos passando prostrados aos seus pés.

4) Refletir sobre os erros cometidos e firmar novas condutas com o Senhor.

Obviamente não há lugar certo para deixarmos nossas falhas ou más condutas de lado e procurarmos andar em santidade. Isso deve ser feito em todo e qualquer lugar. Também não podemos andar o ano todo “aprontando todas” e depois se confessar sem verdadeiro arrependimento, apenas porque é um culto de virada de ano. Não obstante, este culto é uma excelente oportunidade para que o pastor reafirme a visão da igreja (agente do Reino de Deus), para que seja ministrada uma palavra de metanoia que ajude o crente a focar na esperança de uma caminhada mais intensa, mais próxima e fiel ao nosso Senhor Jesus Cristo.

5) Rogar a benção de Deus para o novo ano.

Sim, é isso mesmo! Ou será que somos hipócritas o bastante para não desejar que Deus nos abençoe no ano que se inicia? Como dito no inicio, religiões de todo o mundo celebram suas divindades pagãs e nós que servimos ao Deus vivo e verdadeiro, fonte de toda graça e benção à humanidade, não podemos fazê-lo adequadamente? É certo que a igreja não é o lugar apenas para realizar tal ação. O pedido não pode estar em nossa lista de prioridades ao participarmos deste culto. Entretanto, uma vez que todos estão juntos para celebrar o nascimento humano do Filho de Deus, faz-se natural e adequado que estejamos entregando a Deus o ano que se inicia para que Ele nos ilumine, nos abençoe e esteja conosco nos diversos infortúnios que possamos ser acometidos neste novo ano.

Que 2017 seja um ano repleto de bençãos na vida de todos para a glória de Deus.

Jocinei Godoy Apologista cristão por vocação. Formado em Teologia pelo Seminário Teológico Batista Independente de Campinas-SP; estudante de Filosofia na PUC-Campinas-SP; e Sócio da Evolução Consultoria. Marido da linda Edilaine, e pai da Giovanna e do Vinícius.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça comentários produtivos no amor de Cristo com a finalidade de trazer o debate para achar a verdade. Evite palavras de baixo calão, fora do assunto ou meras propagandas de outros blogs ou sites.

Marcadores

REFLEXÕES NOTÍCIAS LIÇÕES BÍBLICAS VIDEOS ESCOLA DOMINICAL DEVOCIONAIS COMENTÁRIOS ESTUDOS SAMUEL VIEIRA VIDA CRISTÃ EVENTOS SERMÕES PASTORAIS SILAS MALAFAIA JOSÉ GONÇALVES 2º TRIMESTRE 2012 HERNANDES DIAS LOPES POLITICA ILUSTRAÇÕES ELINALDO RENOVATO FAMÍLIA SILAS DANIEL 4º TRIMESTRE 2012 ALEXANDRE COELHO ELIENAI CABRAL 1º TRIMESTRE 2013 2º TRIMESTRE 2013 3º TRIMESTRE 2014 EPÍSTOLA DE TIAGO EVANGELHOS 3º TRIMESTRE 2013 DILMA ROUSSEFF MENSAGENS APOLOGÉTICA APOSTOLO CASAMENTO EPÍSTOLAS 2º TRIMESTRE 2014 4º TRIMESTRE 2013 FOTOS 3º TRIMESTRE 2012 FILIPENSES PROFETAS 1º TRIMESTRE 2015 2º TRIMESTRE 2016 4º TRIMESTRE 2014 ADULTOS DANIEL DOUTOR OS DEZ MANDAMENTOS DONS ESPIRITUAIS LUCAS MANDAMENTOS ROMANOS 2º TRIMESTRE 2015 CPAD ESEQUIAS SOARES HOMOSSEXUALIDADE 1º TRIMESTRE 2014 3º TRIMESTRE 2015 AGENDA MARIO SALES ÊXODO ELIEZER DE LIRA E SILVA RENATO BROMOCHENKEL ANTÔNIO GILBERTO 4º TRIMESTRE 2015 CRIME JOVENS MARCOS POLICIA REFORMA SÉRIES CLAUDIONOR DE ANDRADE FÁBULAS VIOLÊNCIA AUGUSTUS NICODEMUS LOPES ECLESIASTES GENESIS SALMOS ADULTÉRIO AÉCIO NEVES CIRO SANCHES ZIBORDI MARINA SILVA NATAL 1º TRIMESTRE 2012 FORNICAÇÃO FÉ E OBRAS HERESIAS LUIS INÍCIO LULA DA SILVA MARCO FELICIANO PROVÉRBIOS REINALDO AZEVEDO ANO NOVO BRASIL DINHEIRO INVESTIGAÇÃO MYLES MUNROE NAMORO PRESBÍTERO PROSPERIDADE SANTIFICAÇÃO SERMÃO DO MONTE 4º TRIMESTRE 2011 COPA DO MUNDO ESCATOLOGIA GEREMIAS DO COUTO GLOBO MULHER NELSON NED NOVELAS PETROBRAS PETROLÃO PORNOGRAFIA SEXO DEPUTADOS DIÁCONO EDUCAÇÃO ENTREVISTA FESTA FILHOS LAVA JATO LIBERALISMO LIDERANÇA MAGNO MALTA. MARIA MARTA MARTINHO LUTERO OBREIROS ORAÇÃO PARÁBOLA PRESIDENTE SABEDORIA 1º TRIMESTRE 2016 1º TRIMESTRE 2018 ADORAÇÃO ATIVISMO ATOR C. H. BROWN CORRUPÇÃO CUBA DENZEL WASHINGTON DIVÓRCIO ELIAS FILMES GRATIDÃO ISRAEL JEAN WYLLYS MARCHA PARA JESUS NORBERT LIERTH OPERAÇÃO PREGADORES PROTESTO REYNALDO ODILO SACERDOTES SAMUEL F.M. COSTA SEXUALIDADE TEOLOGIA TRABALHO 3º TRIMESTRE 2016 4º TRIMESTRE 2008 4º TRIMESTRE 2016 4º TRIMESTRE 2018 ABEL AGIOTAGEM ALEGRIA AMIGOS AMIZADE AMY WINEHOUSE ANCIÃO ARROGÂNCIA BABILÔNIA BIBLIOLOGIA BISPO CAIM CALVÁRIO CHARLES HADDON SPURGEON CHARLES R. SWINDOLL CORDEIRO CRIANÇAS CRISTO CRITICAS CÓDIGO DA VINCI DESIGREJADOS ELIEZER RODRIGUES ENVELHECER EUNÁPOLIS EXPOSITIVO F FARSA FEMINISMO FERNANDO HENRIQUE CARDOSO GOMORRA HERRY POTTER HOMILÉTICA HUMILDADE INIMIGOS INIMIZADE JEJUM JOHN ANKERBERG JOHN WELDON JORDÃO JUSTOS LARRY WILSON LEIS LÍNGUA MAR VERMELHO MARCHISMO MARK BROWN MESTRE MOISÉS MUSICA NAMOROj NETO GUERRIERI OSTENTAÇÃO PASCOA PERDÃO PILATOS PREFEITOS PROVAÇÕES RELIGIÃO SALVAÇÃO SEGURANÇA SELEÇÃO BRASILEIRA SENADOR SODOMA TEMOR TEMPERAMENTOS TENTAÇÃO TESTEMUNHO VINDA DE CRISTO WARREN WIERSBE WILLIAM MACDONALD XUXA ÍMPIOS ÓDIO