segunda-feira, 9 de abril de 2018

Consolo que Consola

Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai das misericórdias e Deus de toda a consolação, que nos consola em toda a nossa tribulação, para que também possamos consolar os que estiverem em alguma tribulação, pela consolação com que nós mesmos somos consolados por Deus. 2 Coríntios 1.3-4

O Deus de toda a graça, que os chamou para a sua glória eterna em Cristo Jesus, depois de terem sofrido durante pouco de tempo, os restaurará, os confirmará, lhes dará forças e os porá sobre firmes alicerces (1 Pe 5.10).

Resultado de imagem para Consolo que consolaAcredito que todos nós temos muitas experiências do consolo divino. Momentos difíceis que somos presenteados com a graça, o alívio, a paz do consolo de Deus. Até mesmo quando o motivo de nossa aflição está relacionado às nossas decisões erradas, podemos ver o consolo da misericórdia e amor de Deus presente. Como disse Deus, por intermédio do profeta Isaías: “Eu vi os seus caminhos, mas vou curá-lo; eu o guiarei e tornarei a dar-lhe consolo” (Is 57.18). O simples fato de olharmos para as promessas de Deus já nos dá alívio em meio ao turbilhão da dor. “Este é o meu consolo no meu sofrimento: A tua promessa dá-me vida” (Sl 119.50). 

Geralmente, a forma que Deus usa para nos consolar é através das pessoas que estão próximas de nós. Só o fato de saber que não estamos sofrendo sozinhos já é um consolo. E poder recorrer a ajuda de quem já passou pelo mesmo problema que enfrentamos é uma atitude sábia (1Pe 5.9).

Isso é muito bom. E tudo que é bom deve ser compartilhado. Como disse Paulo, Deus nos consola para que possamos também consolar os outros. Existe um propósito mais amplo no conforto divino em nossa vida. O Rev. Aldei Soares Vieira disse muito bem: “Todas as vezes que Deus permite que passemos por momentos difíceis, seja por perseguições ou privações e até mesmo enfermidades, Ele nos oferece o consolo de muitas formas. Contudo, ao recebermos da parte Dele o consolo, automaticamente tornamo-nos responsáveis em oferecê-lo da mesma forma àqueles que também estão passando por momentos semelhantes ao que passamos. Por isso somos conclamados a consolar os que passam por tribulações com o mesmo consolo que recebemos em nossas tribulações”. Compartilhe seu consolo. Aproximando-se, aconselhando e ajudando os que sofrem.

Sejamos parceiros no sofrimento e no livramento.

Hebert dos Santos Gonçalves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

NOSSA PAGINA

VOCÊ ESPECIAL

GOOGLE +