sexta-feira, 29 de junho de 2012

Lição 01 – No Mundo Tereis Aflições - 3

Subsídio preparado pela equipe de educação da CPAD

SOFRER FAZ ALGUM SENTIDO?

Por Charles Colson e Nancy Pearcey

[...] Se Deus sabia de antemão que faríamos tal bagunça com as coisas, diz o cético, por que deixou que isso acontecesse? Por que nos criou com a capacidade de pecar? Pergunta justa. Mas pense com cuidado sobre o que isso significa.

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Violência


Tipos de Violência


Lição 01 – No Mundo Tereis Aflições - 2

LUTO E ALEGRIA NA VIDA DOS DISCÍPULOS – João 16.16-33
– Um pouco, e não mais me vereis; outra vez um pouco, e ver-me-eis.
17 – Então, alguns dos seus discípulos disseram uns aos outros: Que vem a ser isto que nos diz: Um pouco, e não mais me vereis, e outra vez um pouco, e ver-me-eis; e: Vou para o Pai?
– Diziam, pois: Que vem a ser esse – um pouco? Não compreendemos o que quer dizer.
19 – Percebendo Jesus que desejavam interrogá-lo, perguntou-lhes: Indagais entre vós a respeito disto que vos disse: Um pouco, e não me vereis, e outra vez um pouco, e ver-me-eis?

quarta-feira, 27 de junho de 2012

‘Enterro’ de Silvio Santos pode levar ‘Pânico’ à Justiça; veja o vídeo

Depois de ser impedido de imitar o empresário Silvio Santos, por uma liminar obtida na Justiça pelo dono do SBT, o humorista Wellington Muniz, o Ceará do programa Pânico na Band, pode ter de pagar uma multa ao empresário. Isso porque, neste domingo (24), o Pânico exibiu imagens do “enterro” do personagem Silvio Santos.

domingo, 24 de junho de 2012

MAS UM BATISMO NA AD - EUNAPOLIS

No último domingo, dia 24 de junho de 2012, foi realizado pela Igreja Evangélica Assembleia de Deus de Eunápolis, liderada pelo Pastor Antônio Cintra , Presidente Geral, o primeiro batismo do ano de 2012, foi uma colheita grande onde desceram as águas batismais 72 pessoas, alguns novos crentes, outros filhos de crentes, de diversas idades, adolescentes, jovens, senhoras e senhores passaram pelo tanque batismal.

O resultado do batismo comprova a dedicação e empenho pelo trabalho que é uma grande demonstração de luta e dedicação ao evangelismo.

sábado, 23 de junho de 2012

O QUE VOCÊ ESTA QUERENDO?

Homem e mulher se comportam de forma diferente quanto ao sexo. O homem dá carinho para receber sexo; a mulher dá sexo para receber carinho.

Isso não é uma questão de troca, mas de comportamento. Homem e mulher se complementam não só sexualmente, mas em muitas áreas da vida.

Quando se afirma que o homem da carinho para receber sexo, isso não quer dizer que o homem só é capaz de ser afetivo para conseguir o que deseja – o sexo. Mas que o sexo é a expressão primaria de afetividade do homem. A máxima expressão de amor masculino é a forma sexual.

SEXO ANAL

Na anatomia humana, o anus e o reto, são partes do aparelho intestinal para eliminar as fezes; e esses compartimentos biológicos e o material fecal que ali está, é muito rico em bactérias. 

Algumas dessas bactérias possuem flagelos, que são caudas que usam para nadar em meio aos líquidos e superfícies de mucosas. Essas bactérias não causam infecções no intestino, pelo contrário, auxiliam no processo de decomposição do quimo (massa de alimento vindo do estômago). 

O Cristão pode fazer sexo anal, oral, várias posições? Tirando Dúvidas!

Quando a questão é Casamento ou Relacionamento Cristão, nada é fácil, por que estamos falando de duas pessoas que espiritualmente são 2, com pensamentos e atitudes diferentes.

Estive lendo muito sobre o assunto e pensei em escrever, mas encontrei as respostas, que estariam na ponta da minha língua e deixo-vos abaixo, com prazer.

SEXO ANAL E SEXO ORAL É PECADO? O QUE DIZ A BIBLIA?… AS DÚVIDAS QUE TODOS TÊM.

As perguntas que geralmente eu recebo de 99% dos cristãos que atendo on-line e off-line são:

Sexo anal é pecado?

Autor: Weliton Mota

Bem gostaria de posicionar-me em um assunto que tem sido bastante discutido nesses últinos dias no meio evangélico, e que bom que assim tem sido, pois alguns anos atrás era um tabu tocar no tema "SEXO" nas igrejas.Porém temos que tomar muito cuidado para que não haja exacerbação e cair na libertinagem querendo assim sair de um outro extremo chamado de legalismo, não quero aqui ser dono da verdade, não é isso que proponho, mas tentar ajudar a alguns sanar a inquietação no que concerne ao assunto.

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Existe ex-gay? Conheça histórias de homens que largaram o homossexualismo

Enquanto muitos acreditam que não há como deixar de ser gay, testemunhos mostram o contrário. 

A homossexualidade tem dividido opiniões e gerado muita polêmica entre religiosos, principalmente quando o assunto é deixar de ser homossexual. Existe ex-gay?

O pastor Silas Malafaia, que é formado em psicologia, e a psicóloga cristã Marisa Lobo já foram acusados por ativistas da causa gay por afirmarem que sim, é possível reverter um homossexual em heterossexual.

Direito à vida: Brasil cede a pressão do Vaticano e muda texto final da Rio+20

O Brasil cedeu à pressão do Vaticano e tirou do novo projeto de texto final da Rio+20, apresentado na manhã desta terça-feira (19), a expressão “direitos reprodutivos”, que designa a autonomia da mulher para decidir quando ter filhos.

Segundo Beatriz Galli, da ONG feminista Ipas, a exclusão do termo rompe uma promessa feita na noite desta segunda-feira (18) pela diplomacia brasileira, que tinha afirmado que mantê-lo era um compromisso com a Secretaria das Mulheres da Presidência.

Garoto de 11 anos é ordenado pastor; veja o vídeo de sua pregação

Ezekiel Stoddard, um menino de apenas 11 anos, chamou a atenção dos fiéis ao ser ordenado pastor nos Estados Unidos. Mesmo com a pouca idade, o menino se destaca ao pregar para adolescentes em uma reunião jovem na região sudeste da capital americana, Washington. O assunto escolhido pelo pastorzinho foi o medo.

quinta-feira, 21 de junho de 2012

A INTERNET: OPORTUNIDADE OU AMEAÇA?


Em 1994, os primeiros servidores da Internet, uma rede internacional de computadores, começaram a operar no Brasil. Em 1999, mais de cinco milhões de brasileiros usaram a Internet no dia-a-dia. Até o ano 2003, calcula-se que mais de 20 milhões de brasileiros serão usuários dessa rede (Época, 20/12/99, páginas 98-99). A Internet representa a maior revolução em comunicação pessoal desde a televisão. Já influencia quase todos os aspectos das nossas vidas. De educação a esportes, de negócios a namoro, e de lazer a louvor, a Internet se tornou uma parte importante da vida de milhões de pessoas.

sábado, 16 de junho de 2012

Lição 01 – No Mundo Tereis Aflições 1

TEXTO ÁUREO
Tenho-vos dito isso, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo; eu venci o mundo." (Jo 16.33).

VERDADE PRÁTICA
Mesmo sofrendo as consequências da queda, sabemos que Deus está no controle de todas as coisas.

HINOS SUGERIDOS 203, 228, 302

O CRISTÃO E A INTERNET

A Internet foi criada em 1969, com o nome de Arpanet, interligava apenas quatro computadores de universidades nos Estados Unidos, e durante muito tempo ficou restrita à área acadêmica. No Brasil, a Internet chegou por volta de 1988, para auxiliar nas pesquisas universitárias, e sua operação estava subordinada ao Ministério da Ciência e Tecnologia. Mas foi somente a partir de 1995, que a Embratel, por meio de uma autorização do Ministério das Telecomunicações, disponibilizou seu acesso para o uso comercial. (Fonte: Editora Érica).

Lição 13 – A Formosa Jerusalém - 1


Capítulo XXI

 1. “E VI um novo céu, e uma nova terra. Porque já o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe”.
 I. “...um novo céu, e uma nova terra”. no principio, portanto, Deus criou os céus e a terra. no texto original hebraico a palavra para céus é (“shamayim”). A terminação “im” indica o plural. Isso pretende mostrar que há mais do que somente um céu.
1. Na Bíblia distingue-se pelo menos três céus; o céu inferior (auronos), o céu intermediário (mesoranios) e o superior (eporanios).

Lição 13 – A Formosa Jerusalém - 1


Ap-21.1

e) A nova criação (Ap 21.1-8)

A criação de um novo céu e de uma nova terra (1) ensina-se em #Is 65.17;#Is 66.22, e implica-se em #Sl 102.25-26; cfr. #Mt 5.18#Mc 13.31#Lc 16.17#2Pe 3.12. Encontra menção freqüente nos apocaliptistas que, contudo levam ao extremo um pensamento indubitavelmente latente nesta doutrina, que a atual criação (ou pelo menos a sua atual forma) é suficiente ser a cena do reino de Deus aperfeiçoado e eterno. (Para uma afirmação excelente deste ponto de vista, ver 2 Baruque 44.8-12; 73.1-74.3). A afirmação que o mar já não existe tem em vista a corrente personificação do mar como a quinta essência do mal; seja o que for mais que se significa aqui, portanto, o sentimento principal é a exclusão do mal da nova ordem de vida. 

Lição 12 – O Juízo Final - 5

Capítulo XX

 1. “E VI descer do céu um anjo, que tinha a chave do abismo, e uma grande cadeia na sua mão”.
 I. “...um anjo, que tinha a chave do abismo”. O Arcanjo Miguel deve está em foco nesta passagem. Ele é o anjo guerreiro, citado sempre em conexão com a guerra (Dn 10.21; 12.1; Jd v.9; Ap 12.9). Mas dessa vez sua tarefa é infinitamente maior. Ele deve amarrar ao próprio Satanás. Naturalmente não poderia fazer isso, exceto pela autoridade e poder de Deus. De acordo com Ap 1.18, é Cristo o possuidor das chaves: da morte e hades, a dimensão dos mortos. Portanto, nesta passagem, o uso dessas chaves é concedido ao elevado poder angelical por delegação divina.

Lição 12 – O Juízo Final - 4

APOCALIPSE 20:1-15
TEMA: O MILÊNIO E O JUÍZO FINAL
INTRODUÇÃO
1. Este é o capítulo mais polêmico do livro de Apocalipse. Não há consenso entre os crentes sobre sua interpretação. Os premilenistas crêem que o milênio relatado no capítulo sucede cronologicamente à segunda vinda de Cristo, descrita no capítulo 19. Os amilenistas crêem que o capítulo 20 é o início de outra seção paralela e não sucessão cronológica do capítulo 19.
2. Apocalipse 19:19-21 nos leva ao final da história, ao dia do juízo. Apocalipse 20 retorna ao começo da dispensação atual.

Lição 12 – O Juízo Final - 3

X. O REINO CONSUMADO Ap 20.1-22.5

Agora que os juízos de Deus, descritos sob a figura de selos, taças e trombetas, têm sido completados (#Ap 15.1) e a cidade anticristã, o imperador e o falso profeta, têm sido destruídos (17-19), e Deus tem começado o seu reino (#Ap 19.6), e têm vindo as bodas do Cordeiro (#Ap 19.7), nós esperamos que afinal será manifesto o reino anunciado e esperado há tanto tempo. Não é enganada a nossa expectação: o estabelecimento e a natureza deste reino formam o tema dos últimos capítulos deste livro.

Lição 12 – O Juízo Final - 2

CAPÍTULO 20  Livro do Apocalipse de John Wesley

2. E ele prendeu o dragão – Com quem, indubitavelmente, seus anjos eram agora lançados no abismo sem fim, assim como finalmente "no fogo eterno". (Mateus 25:41) "Então dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos".

E o amarrou por mil anos – Que esses mil anos não precedem, ou correm paralelos com os tempos da besta, mas seguem totalmente com ela, pode manifestadamente aparecer:

Lição 12 – O Juízo Final - 1

Apocalipse 19:11—21:8  Sétima Cena: O Drama por Trás da História: Sete Visões da última realidade 

O Milênio 

Chegamos, nesta cena, a uma das partes mais difíceis ou, de qualquer maneira, a uma das mais discutidas partes do livro. Veja o que o co­mentarista tem a dizer acerca de Apocalipse 20, e você terá uma óti­ma idéia de como ele interpreta o resto do livro. O milênio, os "mil anos", é palpável em cada versículo de 20:2 até 20:7; porém o seu lu­gar no esquema geral da história cristã é muito menos óbvio. Os in­térpretes geralmente se dividem em três blocos quanto a esta questão.

terça-feira, 12 de junho de 2012

A casa caiu: a mentira gay desmascarada; Pr. Silas Malafaia comenta



Há muito tempo que os ativistas gays vêm mentindo quanto ao número de pessoas participantes das Paradas Gays. Sempre com números fantasiosos e utópicos, as organizações destas manifestações homossexuais sustentam que levam às ruas 3 ou 4 milhões de pessoas, quando na verdade nunca conseguiram superar a marca de 500 mil manifestantes.

A Parada Gay, realizada neste domingo (10) na Avenida Paulista, em São Paulo, foi absolutamente desmascarada pelo Instituto Datafolha, que inaugurou o método de medição de público com caráter científico e registrou 270 mil pessoas presentes no evento, menos de 7% do público estimado pelos líderes da Parada.

Cadê os 4 milhões da parada gay de São Paulo?

De acordo com o Datafolha, a parada gay de São Paulo, ocorrida ontem, teve 270 mil pessoas. A Associação da Parada do Orgulho GLBT de São Paulo, inconformada com esse resultado, disse que esse número é “impossível”. Contudo, o jornal Folha de S. Paulo, dono do Datafolha, nunca antes foi acusado de mentiroso por gayzistas e esquerdistas.

Meu blog e outros meios de comunicação sérios já vinham apontando, desde 2007, que atribuir milhões de participantes à parada gay de São Paulo era um inchamento impraticável. Esse inchamento está finalmente sendo reconhecido por antigos aliados esquerdistas do supremacismo gay. A mídia brasileira atribuiu o baixo número de participantes da parada gay deste ano à diminuição de financiamento. Sem dinheiro de patrocinadores e do governo, a farra murcha.

domingo, 10 de junho de 2012

A Cruz do Passado, e a Cruz do Presente

Sermão Devocional sobre: "A Cruz do Passado, e a Cruz do Presente" 

Silenciosamente e sem que se apercebesse, uma nova cruz apareceu nesses tempos modernos tomando conta dos círculos evangélicos. É muito parecida com a velha cruz, mas só na aparência, porque é diferente: A semelhança é superficial, e a diferença fundamental. Dessa nova cruz apareceu uma nova filosofia de vida cristã e a partir dessa nova filosofia surgiu uma nova técnica evangélica, um novo tipo de culto e de pregações. Esse novo evangelismo usa a mesma linguagem que o antigo, mas seu conteúdo já não é o mesmo e suas ênfases não são iguais ao velho evangelho.

sexta-feira, 8 de junho de 2012

Afinal, o que está errado com a teologia da prosperidade?

Apesar de até o presente só ter melhorado a vida dos seus pregadores e fracassado em fazer o mesmo com a vida dos seus seguidores, a teologia da prosperidade continua a influenciar as igrejas evangélicas no Brasil. Uma das razões pela qual os evangélicos têm dificuldade em perceber o que está errado com a teologia da prosperidade é que ela é diferente das heresias clássicas, aquelas defendidas pelos mórmons e "testemunhas de Jeová" sobre a pessoa de Cristo, por exemplo. A teologia da prosperidade é um tipo diferente de erro teológico. Ela não nega diretamente nenhuma das verdades fundamentais do Cristianismo. A questão é de ênfase. O problema não é o que a teologia da prosperidade diz, e sim o que ela não diz.

quinta-feira, 7 de junho de 2012

Colégio Adventista esclarece suposto caso de homofobia divulgado no Fantástico


A assessoria de imprensa do Instituto Adventista Brasil Central (IABC) publicou uma nota de esclarecimento mostrando a versão do colégio sobre a matéria divulgada no Fantástico, neste domingo (04), sobre uma jovem que foi expulsa da instituição por manter relações homossexuais com uma colega de turma.

Rede Globo coloca colégio adventista na mira da Gaystapo


Em obediência às suas normas, Globo “expulsa” homossexual do canibal, mas não aceita que colégio expulse aluna que praticou lesbianismo


Julio Severo

O Instituto Adventista Brasil Central (IABC), que entrou na mira da mídia depois que o Fantástico abraçou a causa de uma ex-aluna expulsa por violar repetidamente suas normas de conduta sexual, divulgou uma nota de esclarecimento. A ex-aluna, Arianne Pacheco Rodrigues, de 19 anos, agora acusa o colégio de “homofobia” — palavra-mágica para transformá-la em heroína nos meios de comunicação.

PT e o Governo querem impedir a pregação do evangelho no Rádio e TV


O governo federal prepara um pacote de medidas relacionadas à legislação de rádio e TV. De acordo com o portal da Folha de S.Paulo, que afirma ter tido acesso à última versão da minuta do decreto, o pacote foi batizado de “novo marco regulatório da radiodifusão”, tendo como principal polêmica a proibição expressa do aluguel de canais e de horários da programação de rádio e TV.
As igrejas evangélicas se beneficiam da atual legislação de telecomunicações, que assegura a liberdade de expressão e não proíbe o aluguel de horários nas grades de programação das emissoras de TV.
Leia na íntegra o manifesto enviado pelo Pastor Silas Malafaia aos principais meios de comunicação

NA VEJA 1 — Silas Malafaia: “O Brasil não é homofóbico; homofobia é uma doença”

Leia trecho da entrevista que o pastor Silas Malafaia concede a Pedro Dias Leite, nas “Páginas Amarelas” da VEJA desta semana. A íntegra está na edição impressa da revista.

*
Com trinta anos de programas de televisão e vice-presidente do Conselho Interdenominacional de Ministros Evangélicos do Brasil (Cimeb), entidade que congrega cerca de 8 500 pastores de quase todas as denominações evangélicas, o pastor Silas Mala-faia, 53 anos, é um dos mais respeitados televangelistas brasileiros. Sua pregação condena o aborto, o uso de drogas e o que enxerga como aumento dos privilégios dos homossexuais. Malafaia ensina que Deus ajuda as pessoas a progredir, mas desde que elas façam sua parte: “Quem ganha 1.000 reais não pode querer gastar 1.100. Não adianta depois esperar que Deus tire o nome do sujeito do cadastro de maus pagadores”.

Sensacional: Pr. Silas Malafaia é entrevistado pela revista VEJA

A mais conceituada revista jornalística do Brasil sem dúvida é a “VEJA”. Nesta semana (a partir de sábado 02/06/2012 nas bancas) o Pr. Silas Malafaia é o entrevistado das páginas amarelas, depois da capa é o setor mais importante da revista. O título da entrevista é “O Brasil não é homofóbico“. São 4 páginas interessantíssimas. Uma “palhinha” de uma das respostas do pastor ao jornalista:

ENSINANDO A PALAVRA DO PÚLPITO A FUNÇÃO PEDAGÓGICA DA PREGAÇÃO


Jerry Stanley Key


INTRODUÇÃO

A pregação está no coração do Cristianismo e está no centro de toda a sua evangelização, doutrina e vida espiritual. Durante séculos a pregação tem sido reconhecida como uma força poderosa na formação das pessoas e até da própria cultura humana - Toda a pregação deve ser caracterizada por um fone elemento didático. Ela deve ensinar e levar os ouvintes ao conhecimento e compreensão da Palavra de Deus e de suas verdades. Ao mesmo tempo ela deve ir ao encontro das necessidades básicas dos seres humanos neste final de Século XX. Então, deve haver relevância nos sermões, mas sem comprometer ou diluir as doutrinas bíblicas. A pregação pode e deve ter o propósito certo, deve ser profética, pessoal, poderosa, e persuasiva. Enfim, o púlpito exerce uma função pedagógica e deixa a sua marca para o Mestre na vida dos ouvintes.

Lição 11 – O Evangelho do Reino no Império do Mal - 6


8. A Terceira Visão: O Cordeiro e seus Seguidores (14:1-5)
Olhei, e eis o Cordeiro em pé sobre o monte sião, e com ele cento e quarenta e quatro mil tendo nas frontes escrito o seu nome e o nome do seu Pai. 2Ouvi uma voz do céu como voz de muitas águas, como voz de grande trovão; também a voz que ouvi era como de harpistas quando tangem as suas harpas. 3Entoavam novo cântico diante do trono, diante dos quatro seres viventes, e dos anciãos. E ninguém pô­de aprender o cântico, senão os cento e quarenta e quatro mil que fo­ram comprados da terra. 4São estes os que não se macularam com mulheres, porque são castos. São eles os seguidores do Cordeiro por onde quer que vá. São os que foram redimidos dentre os homens, primícias para Deus e para o Cordeiro; 5e não se achou mentira na sua boca; não têm mácula.

Lição 11 – O Evangelho do Reino no Império do Mal - 5


CAPÍTULO 14  Livro do Apocalipse de John Wesley

1. E vi sobre o Monte Sião – Sião celestial.

Cento e quarenta e quarto mil – Quer aqueles de toda a humanidade que tinham sido os mais eminentes santos, ou os mais santos das doze tribos de Israel, as mesmas que foram mencionadas em (capítulo 7:4) "E ouvi o número dos assinalados, e eram cento e quarenta e quatro mil assinalados, de todas as tribos dos filhos de Israel"; e, talvez, também (capítulo 16:2) "E foi o primeiro, e derramou a sua taça sobre a terra, e fez-se uma chaga má e maligna nos homens que tinham o sinal da besta e que adoravam a sua imagem".  

Lição 11 – O Evangelho do Reino no Império do Mal - 4


c) Os 144.000 no monte Sião (Ap 14.1-5)

A finalidade desta e das visões que se seguem neste capítulo, é fortalecer os cristãos para as tribulações implicadas no relato que se segue do reinado do anticristo. A identidade dos 144.000 parece ser determinada por #Ap 7.1-8 e #Ap 5.9-10. João mal representaria dois grupos diferentes por tal número tão extraordinário e obviamente simbólico, especialmente quando ele acrescenta que ambas as companhias têm a marca de Deus nas suas testas (#Ap 7.3-4; #Ap 14.1). A multidão se define como aqueles que foram comprados da terra (3), um eco da descrição de Igreja em #Ap 5.9.

Lição 11 – O Evangelho do Reino no Império do Mal - 3

APOCALIPSE 14:1-20
TEMA: A GLORIFICAÇÃO DOS SALVOS E A CONDENAÇÃO DOS ÍMPIOS
INTRODUÇÃO
1. O Capítulo 14 encerra a quarta seção paralela do livro de Apocalipse. Já vimos sobre os sete candeeiros, os sete selos, as sete trombetas e agora estamos vendo sobre o quarteto do mal que se levanta contra Cristo e sua igreja.
2. Cada seção cobre todo o período que vai da primeira à segunda vinda de Cristo. Assim, vemos repetidamente a cena da segunda vinda de Cristo e do juízo final.
3. Neste capítulo, veremos mais uma vez a cena dos remidos na glória e a condenação dos ímpios no juízo final.
4. Há aqui várias cenas que descobrem o tempo do fim:

domingo, 3 de junho de 2012

Lição 11 – O Evangelho do Reino no Império do Mal - 2

CAPÍTULO 14

Versículos 1-5 Os fiéis a Cristo celebram os louvores de Deus 
Versículos 6-13 Três anjos: um que proclama o evangelho eterno; outro, a queda de Babilônia, e o terceiro, a temível ira de Deus sobre os adoradores da besta - A bênção dos que morreram no Senhor
Versículos 14-16 Uma visão de Cristo com uma foice afiada, e de uma colheita madura
Versículos 17-20 O símbolo de uma colheita totalmente madura, trilhada na prensa de vinho da ira de Deus

Lição 11 – O Evangelho do Reino no Império do Mal - 1

Capítulo XIV

 1. “E OLHEI, e eis que estava o cordeiro sobre o monte de Sião, e com ele centro e quarenta e quatro mil, que em suas testas tinham escrito o nome dele e o de seu Pai”.
 I. “...o Cordeiro sobre o monte de Sião”. “Sião” é mencionado somente uma vez no Apocalipse e é um termo extremamente interessante. Como certo escritor expressou: “Das 110 vezes que Sião é mencionado, 90 são em termos do grande amor e afeição do Senhor por ele, de modo que o lugar tem grande significação.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

VOCÊ ESPECIAL

GOOGLE +