Quando a religiosidade toma o lugar da obediência a Deus

Ao longo da história, em vários lugares, em diversas ocasiões, o povo de Deus substituiu a obediência pelos rituais religiosos. Foram zel...

O Fim da memória

Este é o título do subversivo livro de Miroslav Volf, celebrado professor em Yale, sobre sua trajetória pessoal e os embates que ele duramente teve que experimentar.

Volf foi convocado para o serviço militar compulsório do seu país, a Iugoslávia comunista, deixando para trás sua mulher grávida e tendo que abandonar sua tese de doutorado para viver um ano na base militar de Mostar, dividindo um aposento com quarenta soldados e comendo gulache frio com a carne cozida às 5h no café da manhã. O grande desafio dele, contudo, não estaria na escassez e privação, mas nos interrogatórios a que seria submetido.

Ele era casado com uma cidadã americana, que aos olhos de seus comandantes era potencialmente uma espiã da CIA; era filho de um pastor que os comunistas quase haviam eliminado como inimigo depois da segunda guerra mundial; e era teólogo. Por estas razões a polícia secreta suspeitava que ele fosse um insubordinado e por isto o importunava com regularidade e o submetia diariamente a longos interrogatórios.

Um dos seus maiores algozes era o Capitão G., e com o passar dos anos de constantes interrogatórios, Volf passou a desenvolver por ele uma raiva fria, permanente, que nem mesmo a vingança poderia alterar. Mas percebeu, de um modo mais inconsciente que consciente, que se cedesse àquilo que sentia, não estaria respondendo como um ser humano livre, mas reagindo como um animal ferido.

No seu livro ele se propõe a trabalhar “a memória da maldade sofrida por alguém que não deseja nem odiar nem ignorar, mas sim amar o malfeitor”. Para ele, a questão central não era saber se devia lembrar, já que, com certeza se lembraria dos eventos massacrantes a que fora submetido, mas como lembrar corretamente.

Uma de suas teses principais é que o mal precisa ser alimentado para que se perpetue. Quando o mal é praticado, a tendência imediata é reagirmos com mal, e assim a maldade se retroalimenta, já que é reforçada. Desta forma, entramos numa espiral do mal para combater o mal, sem perceber que ele se transforma num ciclo maligno que exigirá doses e reações cada vez maiores. Para o mal acabar, num determinado momento, alguém precisa interromper seu poder e agir com benignidade. Quando se tenta combater o mal como o mal, ele se fortalece e se potencializa.

O mal perde seu poder quando seu poderio bélico deixa de ser empregado, quando se pratica o bem e exerce o perdão. Assim como o maligno é combatido com o Divino, o mal é combatido com o bem.

A Bíblia diz: “Não te deixes vencer do mal, mas vence o mal com o bem”. Jesus é o modelo maior de como o mal pode ser vencido. Ele assumiu o mal em si mesmo, e decidiu não reproduzi-lo ou perpetuá-lo, antes, ao ser crucificado, clama a Deus: “Pai, perdoa-lhes porque não sabem o que fazem”. Ali o mal foi estancado. O mesmo acontece quando o perdão é liberado. Ele desestrutura o mal e não permite que ele seja propagado e difundido. O perdão interrompe o mal, e sem combustível, ele perde sua força e poder destrutivo.

Rev. Samuel Vieira

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Faça comentários produtivos no amor de Cristo com a finalidade de trazer o debate para achar a verdade. Evite palavras de baixo calão, fora do assunto ou meras propagandas de outros blogs ou sites.

Marcadores

1º TRIMESTRE 2012 1º TRIMESTRE 2013 1º TRIMESTRE 2014 1º TRIMESTRE 2015 1º TRIMESTRE 2016 1º TRIMESTRE 2018 2º TRIMESTRE 2012 2º TRIMESTRE 2013 2º TRIMESTRE 2014 2º TRIMESTRE 2015 2º TRIMESTRE 2016 3º TRIMESTRE 2012 3º TRIMESTRE 2013 3º TRIMESTRE 2014 3º TRIMESTRE 2015 3º TRIMESTRE 2016 4º TRIMESTRE 2008 4º TRIMESTRE 2011 4º TRIMESTRE 2012 4º TRIMESTRE 2013 4º TRIMESTRE 2014 4º TRIMESTRE 2015 4º TRIMESTRE 2016 4º TRIMESTRE 2018 ABEL ADORAÇÃO ADULTÉRIO ADULTOS AÉCIO NEVES AGENDA AGIOTAGEM ALEGRIA ALEXANDRE COELHO AMIGOS AMIZADE AMY WINEHOUSE ANCIÃO ANO NOVO ANTÔNIO GILBERTO APOLOGÉTICA APOSTOLO ARROGÂNCIA ATIVISMO ATOR AUGUSTUS NICODEMUS LOPES BABILÔNIA BIBLIOLOGIA BISPO BRASIL C. H. BROWN CAIM CALVÁRIO CASAMENTO CHARLES HADDON SPURGEON CHARLES R. SWINDOLL CIRO SANCHES ZIBORDI CLAUDIONOR DE ANDRADE CÓDIGO DA VINCI COMENTÁRIOS COPA DO MUNDO CORDEIRO CORRUPÇÃO CPAD CRIANÇAS CRIME CRISTO CRITICAS CUBA DANIEL DENZEL WASHINGTON DEPUTADOS DESIGREJADOS DEVOCIONAIS DIÁCONO DILMA ROUSSEFF DINHEIRO DIVÓRCIO DONS ESPIRITUAIS DOUTOR ECLESIASTES EDUCAÇÃO ELIAS ELIENAI CABRAL ELIEZER DE LIRA E SILVA ELIEZER RODRIGUES ELINALDO RENOVATO ENTREVISTA ENVELHECER EPÍSTOLA DE TIAGO EPÍSTOLAS ESCATOLOGIA ESCOLA DOMINICAL ESEQUIAS SOARES ESTUDOS EUNÁPOLIS EVANGELHOS EVENTOS ÊXODO EXPOSITIVO F FÁBULAS FAMÍLIA FARSA FÉ E OBRAS FEMINISMO FERNANDO HENRIQUE CARDOSO FESTA FILHOS FILIPENSES FILMES FORNICAÇÃO FOTOS GENESIS GEREMIAS DO COUTO GLOBO GOMORRA GRATIDÃO HERESIAS HERNANDES DIAS LOPES HERRY POTTER HOMILÉTICA HOMOSSEXUALIDADE HUMILDADE ILUSTRAÇÕES ÍMPIOS INIMIGOS INIMIZADE INVESTIGAÇÃO ISRAEL JEAN WYLLYS JEJUM JOHN ANKERBERG JOHN WELDON JORDÃO JOSÉ GONÇALVES JOVENS JUSTOS LARRY WILSON LAVA JATO LEIS LIBERALISMO LIÇÕES BÍBLICAS LIDERANÇA LÍNGUA LUCAS LUIS INÍCIO LULA DA SILVA MAGNO MALTA. MANDAMENTOS MAR VERMELHO MARCHA PARA JESUS MARCHISMO MARCO FELICIANO MARCOS MARIA MARINA SILVA MARIO SALES MARK BROWN MARTA MARTINHO LUTERO MENSAGENS MESTRE MOISÉS MULHER MUSICA MYLES MUNROE NAMORO NAMOROj NATAL NELSON NED NETO GUERRIERI NORBERT LIERTH NOTÍCIAS NOVELAS OBREIROS ÓDIO OPERAÇÃO ORAÇÃO OS DEZ MANDAMENTOS OSTENTAÇÃO PARÁBOLA PASCOA PASTORAIS PERDÃO PETROBRAS PETROLÃO PILATOS POLICIA POLITICA PORNOGRAFIA PREFEITOS PREGADORES PRESBÍTERO PRESIDENTE PROFETAS PROSPERIDADE PROTESTO PROVAÇÕES PROVÉRBIOS REFLEXÕES REFORMA REINALDO AZEVEDO RELIGIÃO RENATO BROMOCHENKEL REYNALDO ODILO ROMANOS SABEDORIA SACERDOTES SALMOS SALVAÇÃO SAMUEL F.M. COSTA SAMUEL VIEIRA SANTIFICAÇÃO SEGURANÇA SELEÇÃO BRASILEIRA SENADOR SÉRIES SERMÃO DO MONTE SERMÕES SEXO SEXUALIDADE SILAS DANIEL SILAS MALAFAIA SODOMA TEMOR TEMPERAMENTOS TENTAÇÃO TEOLOGIA TESTEMUNHO TRABALHO VIDA CRISTÃ VIDEOS VINDA DE CRISTO VIOLÊNCIA WARREN WIERSBE WILLIAM MACDONALD XUXA