terça-feira, 30 de dezembro de 2014

Qual a Magia da Virada de Ano?

Como eu gosto de escrever com base em textos bíblicos estou meio que sem inspiração para escrever sobre o ano novo. Onde nas Escrituras eu poderia encontrar uma passagem, uma narrativa, um salmo ou qualquer outra referência que me desse o apoio para escrever que a passagem de um ano para o outro representa um novo começo, uma vida nova, a hora de tomar resoluções, uma espécie de momento mágico de virada onde as coisas que deram errado em 2014 ficaram para trás e tudo se faz novo em 2015?

domingo, 28 de dezembro de 2014

Lição 1 – Deus dá a sua Lei ao Povo de Israel

Introdução. A obra Os Dez Mandamentos - Valores Divinos para uma Sociedade em Constante Mudança é um comentário exegético e explicativo apresentado de forma prática para facilitar a compreensão dessa parte da lei de Moisés. A lei foi dada a Israel como legislação para o povo antes de conquistar a terra de Canaã.

quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

Não havia lugar para Jesus

Maria estava grávida pelo Espírito Santo e prestes a dar à luz a seu filho primogênito. Ele deveria receber o nome de Jesus, pois salvaria o seu povo de seus pecados. José, cumprindo ordem do imperador, precisa sair da Galiléia, rumo à Judeia para alistar.

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Os Dez Mandamentos - 2º Mandamento por C. H. Brown

O SEGUNDO MANDAMENTO - Voltando agora a Êxodo 20, lemos o segundo mandamento: "Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na Terra, nem nas águas debaixo da Terra.

Os Dez Mandamentos - 1º Mandamento por C. H. Brown

INTRODUÇÃO - Tenho o propósito de considerar aqui o assunto dos dez mandamentos e sua aplicação moral para o cristão. Mas antes vamos ler algumas passagens das Escrituras:

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

CPAD lança novo currículo para Escola Dominical

As Revistas Lições Bíblicas ganharam mais dinamismo e qualidade As comemorações para o aniversário da CPAD, que vai completar 75 anos em 2015, já começaram. Na primeira segunda-feira do mês de dezembro será lançado o novo currículo para a Escola Dominical que será utilizado no primeiro trimestre de 2015. A cerimônia será realizada na sede da AD Belenzinho, em São Paulo. A novidade promete surpreender até mesmo quem ainda não conhece o projeto. Antes, o currículo que era dividido em dois segmentos: Infanto - juvenil e Adultos, agora ganha mais um material exclusivo para o público Jovem (18 a 25 anos).

domingo, 14 de dezembro de 2014

Lição 13: O Tempo da Profecia de Daniel

Prezado professor, a décima terceira lição marca o final de mais um trimestre. E neste caso, o final de mais um ano. Época de avaliarmos o nosso ano educativo como educadores cristãos. Como se deu o ensino? Os objetivos propostos foram alcançados? 

Lição 12: Um Tipo do Futuro Anticristo

Neste capítulo trataremos de um personagem que se destaca dentro da profecia de Daniel e envolve fatos que já aconteceram e se cumpriram historicamente. O cumprimento dessas profecias fortalece a confiança e a credibilidade das visões e revelações de Daniel. Porém, o personagem que aparece é um dos últimos reis do Império Grego, chamado Antíoco Epifânio IV, da família dos ptolomeus, o qual será destacado pela crueldade e pelo desprezo às coisas sagradas. Ele aparece mais no final do capítulo 11.

terça-feira, 9 de dezembro de 2014

666 motivos para não comemorar o Natal

Nessa época do ano surgem muitos “entendidos” apresentando várias razões para não celebrarmos o Natal...

Propina ou extorsão?

Há algo que chama a atenção nas prisões realizadas nos últimos dias. Refiro-me à questão do assalto aos cofres da Petrobrás, e, por extensão, ao seu e ao meu bolso – como pagadores de impostos. É o grande número de dirigentes de empresas que foram levados pela polícia Federal (20), contra APENAS UM executivo da petrolífera!

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Golpe: clonagem de cartões de chip fez quadrilha movimentar milhões

Existem quase 194 milhões de cartões de crédito e débito no Brasil. E o Brasil é pioneiro no uso do chip, uma tecnologia considerada supersegura. Só que bandidos conseguiram quebrar essa barreira de segurança e estava clonando cartões com chip, o que nunca tinha acontecido.

Lição 11: O Homem Vestido de Linho

“E levantei os meus olhos, e olhei, e vi um homem vestido de linho, e os seus lombos, cingidos com ouro fino de Ufaz” (Dn 10.5) Dn 10.1-21 O título desse capítulo desperta curiosidade porque apresenta uma figura que revela alguém singular, diferente de todas as figuras de linguagem que ilustra o próprio Deus e, que, de forma teofânica, indica a Pessoa de Jesus Cristo.

Lições Bíblicas do 1º Trimestre de 2015 "A Lei de Deus – Valores Imutáveis Para Uma Sociedade Em Constante Mudança".

Nova Lição Bíblica da CPAD – Jovens e Adultos, 1º Trimestre de 2015

"A Lei de Deus Valores Imutáveis Para Uma Sociedade Em Constante Mudança".

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Lição 10: As Setenta Semanas

“As revelações de Deus são dadas apenas a quem reconhece a soberania de Deus e a Ele se submete em oração” Dn 9.1-27 O capítulo 9 é, indiscutivelmente, a profecia mais importante do livro de Daniel. Neste capítulo a profecia ganha um sentido histórico especial e ao mesmo tempo escatológico, tanto em relação a Israel, quanto em relação ao mundo.

Escândalo da Petrobras: ‘Se um abrir a boca, abre todo mundo’, diz procurador

A jornal, o procurador Rodrigo Janot afirma que delações funcionam como rastilho de pólvora – e que nenhum empresário vai querer ficar com a maior pena para si

Lição 9: O Prenúncio do Tempo do Fim

“O tempo do fim não o fim do mundo, mas é o tempo de tratamento de Deus com o povo de Israel, que serve de sinal da vinda de Cristo”.. Dn 8.1-27 Se fizermos uma digressão ao conteúdo dos capítulos 2 ao 7, Daniel apresenta a história e profecia relacionadas diretamente com as nações gentílicas. Nos capítulos 3 e 6 a história ganha um sentido especial porque fala da vitória do remanescente judeu contra as influências pagãs.

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Íntegra da entrevista do delegado Igor Romário de Paula - Assista o Vídeo

O delegado da Polícia Federal Igor Romário de Paula disse nesta sexta-feira, em entrevista coletiva, que as investigações da Operação Lava Jato provam o envolvimento de nove empreiteiras em crimes. Segue o vídeo com a íntegra da entrevista.

Segundo assessoria de imprensa, filha do Dr. Myles Munroe não estava no voo

Informação de que Charisa estava no voo chegou a ser divulgada por agências internacionais, porém foi corrigida pela equipe de comunicação do Ministério de Munroe

Nesta quarta-feira, a equipe de assessoria de imprensa da organização Myles Munroe International

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Pessimismo

Um interessante texto cujo título é “Não deixe que lhe tirem até seu cachorro quente”, foi publicado em 24 de Fevereiro de 1958, em um anúncio da Quaker State Metais Co., e no Brasil foi divulgado pela agência ELLCE, em Novembro de 1990. Ele dizia o seguinte:

Curso de Noivos na AD - Eunápolis - BA.


Passou Das Medidas: Governo Fora Da Lei Quer Que Congresso O Autorize A Jogar No Lixo A Constituição

Meus caros, o assunto é meio chato, com aquela numerália toda, mas é importante. Vou falar aqui de um governo fora da lei. As gestões de Miriam Belchior e Guido Mantega à frente, respectivamente, dos ministérios do Planeamento e da Fazenda foram tão ruinosas para o país que mereciam, sim, ser coroadas com a patuscada desta terça-feira.

Atos Simbólicos do Espirito?

Não faz muito tempo Ana Paula Valadão provocou uma polêmica no meio evangélico ao se colocar de quatro no palco, durante um show em Anápolis, e começar a andar tentando imitar um leão. Enquanto isto, os membros da banda faziam gestos de “leão” ou de olhos fechados e mãos erguidas “abençoavam” a plateia, que gritava em delírio.

Sobre o Amanhã

Num sábado à tarde, minha esposa e estávamos livres e resolvemos pegar o carro e sair sem destino certo. Este é um programa que gostamos de fazer. Colocamos uma boa música, andamos por estradas e caminhos que eventualmente não fazem parte dos nossos roteiros habituais, encontramos um bom local para um lanche, e naquele sábado queríamos pegar a estrada em direção à Nerópolis, sem muita agenda, despreocupadamente. 

terça-feira, 11 de novembro de 2014

Pornografia Reversa

Atualmente existem milhões de pessoas viciadas em pornografia. Ofaturamento desta indústria chega a bilhões de dólares. Um dos problemas da pornografia é que ela vicia, causa dependência, e como uma droga, vai exigindo doses cada vez mais fortes. Muitas pessoas se encontram hoje dependentes, com dificuldade para crescer em maturidade ou mesmo sair de casa, por causa desta viciante droga. Com o advento da internet, o problema se agravou: basta um click despretensioso ou intencional no computador do escritório ou em casa para acessar sites cada vez mais ousados, isto sem falar da deep web, que usa aplicativos mais sofisticados e que são ainda mais bizarros. 

segunda-feira, 10 de novembro de 2014

Pimeiro Ministro ficou chocado com morte do "Grande das Bahamas" Myles Munroe

#O primeiro-ministro Perry Christie noite passada disse que ficou "chocado" e "triste" com a morte trágica do Dr. Myles Munroe e outras pessoas que estavam a bordo de seu avião malfadado.

#Seus comentários foram feitos em uma conferência de imprensa improvisada no Gabinete do Primeiro-Ministro. Líder Nacional da Livre Circulação Dr. Hubert Minnis e Democrático Líder da Aliança Nacional Branville McCartney também expressou condolências sobre a tragédia na noite passada em declarações separadas.

Dr. Myles Munroe: Professor, Escritor, Inspiração

#Dr. Myles Munroe é sobrevivido por seus dois filhos, seu filho Myles "Chairo" Jr Munroe e sua filha, Charisa Munroe.

#Nascido e criado em New Providence, em 1954, ele se formou em artes plásticas, educação e teologia a partir Oral Robert Universidade em 1978, um mestrado em administração pela Universidade de Tulsa, em 1980, e foi premiado com inúmeros doutoramentos honoris causa.

Enlutados do Dr. Myles Munroe se reúnem na Sede Ministérios da Fé de Bahamas.

#choros chorosos se reuniram na ministérios da fé Bahamas ontem à noite logo depois que soube que o Dr. Myles Munroe morreu em um acidente de avião em Grand Bahama com outras oito pessoas ontem.

Senador Magno Malta diz que Aécio Neves não perdeu eleição, mas recebeu LIVRAMENTO de Deus.

Após o discurso de Aécio Neves (PSDB-MG) que marcou seu retorno ao Senado após a campanha eleitoral, o destaque do dia foi o senador Magno Malta (PR-ES). Mesmo sendo de um partido que fez parte da coligação de Dilma Rousseff, Malta detonou o governo do PT e disse não se constranger em declarar seu voto em Aécio. Para ele, foi bom o tucano ter perdido, para ser poupado da crise que assola o país.

Morre Em Acidente Aéreo o Dr. Myles Munroe e a Esposa Ruth e o Pr. Silas Malafaia Lamentou Em Seu perfil do Twitter,

O mundialmente conhecido escritor e líder do Ministério da Fé de Bahamas, Myles Munroe, e sua esposa Ruth morreram em acidente aéreo na tarde deste domingo nas Grand Bahamas. VEJA AS FOTOS E VÍDEO NA POSTAGEM 

No acidente morreram também a filha do casal, Charis Munroe (O casal tinha mais um filho, Myles Jr.) e mais seis pessoas. Segundo relatos, o avião particular do pastor se chocou com um grande guindaste de carga em um estaleiro das Bahamas e se despedaçou no pátio em frente. O Lear Jet 36 executivo fazia um curto trajeto entre dois aeroportos locais.

domingo, 2 de novembro de 2014

Show de Thalles Roberto encerra Marcha para Jesus 2014 em Eunápolis

Milhares de fiéis participam da Marcha para Jesus em Eunápolis

PROTESTO EM SP – Como a imprensa ridiculariza e distorce um protesto simplesmente por não concordar com ele. Em horas assim, a isenção e a objetividade que se danem!

Nesta tarde, houve dois protestos em São Paulo. Um deles reuniu, segundo a PM, pelo menos 2.500 pessoas na Avenida Paulista — e não mil, como está no UOL. A outra, uns 200, no Largo da Batata. Ambas foram convocadas pelo Facebook. O primeiro cobra uma auditoria na eleição presidencial de 2014 e pede o impeachment de Dilma; a segunda, pela enésima vez, culpa o governador Geraldo Alckmin pela crise hídrica em São Paulo. Não funcionou no primeiro turno, não funcionou no segundo turno, tenta-se agora o terceiro turno. Não está funcionando de novo… Mas sigamos.

Lição 8: Os Impérios Mundiais e o Reino do Messias

Impérios Mundiais e o Reino do Messias - Dn 7.1-28 Os estudiosos do livro de Daniel dividem o livro em duas partes, histórica e profética. Os capítulos 1 a 6 o identificam como históricos, mesmo contendo uma parte profética no capítulo 2. Os capítulos 7 a 12 são tratados como sendo proféticos. É interessante notar que os acontecimentos dos capítulos 7 e 8 antecedem os descritos nos capítulos 5 e 6. Se no capítulo 6, Daniel já passava dos 80 anos de idade, no capítulo 7, ele tinha aproximadamente uns 70 anos. Quando Daniel organizou o seu livro tratando das interpretações dos sonhos nos capítulos 2 e 6 e as visões que ele recebeu de Deus as separou da parte histórica.

Lição 7: Integridade em Tempos de Crise

Integridade em Tempos de Crise “A sinceridade dos íntegros os guiará, mas a perversidade dos aleivosos os destruirá” (Pv 11.3) A integridade envolve toda a pessoa: coração, mente e vontade. Dn 6.1-28

O relato do capítulo 6 de Daniel é uma história que obedece a organização cronológica na cabeça do escritor, por isso, os fatos dessa história acontecem dentro do segundo império depois da Babilônia, de Nabucodonosor. Assume o reino o novo império, com dois aliados da Média e da Pérsia e passou identificado como o reino medo-persa, inicialmente, com Dario,

Lição 6: A Queda do Império Babilônico

A Queda do Império Babilônico - O desenfreio da vida termina em tragédia quando não reconhecemos a glória de Deus. Dn 5.1-31

Indiscutivelmente, Nabucodonosor foi o mais importante dos reis da Babilônia. Seus feitos arquitetônicos construindo cidades e palácios e sua ousadia política, além de demonstrar uma inteligência espetacular apresentam a sua história.

Lição 5: Deus Abomina a Soberba

Deus Abomina a Soberba - A soberba é um dos pecados do espirito humano que afeta diretamente a soberania de Deus. Dn 4.1-37

Aproximadamente 25 anos depois da sua ascensão e volta ao trono da Babilônia, Nabucodonosor teve mais um sonho perturbador que requereu a presença dos sábios do Palácio para o interpretarem. Sete anos se passaram desde o stado de loucura do rei, quando Deus o restaurou ao trono da Babilônia. Na sua volta ao Trono, ele dá um testemunho pessoal da experiência com o Deus de Daniel e reconhece a soberania desse Deus dos exilados e cativos de judá. 

sábado, 1 de novembro de 2014

Cinco Solas da Reforma Protestante

Os reformadores lutaram contra o sistema católico em vista à Sagrada Escritura. A igreja católica crê que a Escritura é a Palavra de Deus, mas ela também acredita que as decisões nos concílios e o papado falam oficialmente em matéria de fé e moral. Ou seja, a Escritura não é a voz definitiva para a igreja católica, mas a tradição e o Papa têm a mesma autoridade. 

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Os Solas da Reforma - Cinco Ideias que Reformaram o Mundo

A Reforma Protestante do Século XVI foi uma volta à doutrina dos apóstolos. Essa doutrina pode ser sintetizada em cinco "solas":

Martinho Lutero, 497 anos da reforma protestante

A Reforma Protestante foi um movimento que visou trazer a igreja à pureza original do cristianismo segundo o Novo Testamento. Depois do Pentecostes, a Reforma do século XVI foi o maior movimento espiritual ocorrido dentro da Igreja. Representou uma volta à Bíblia, ao ensino dos apóstolos e, por isso, a rejeição total a qualquer doutrina sem base nas Escrituras.

Reforma Protestante, uma volta às escrituras

A Reforma religiosa do século dezesseis, foi deflagrada quando o monge agostiniano, Martinho Lutero, fixou nas portas da igreja de Wittenberg, na Alemanha, as noventa e cinco teses contra as indulgências e os desmandos do papado. A Reforma não foi uma inovação na igreja, mas uma volta à doutrina dos apóstolos. Não foi um desvio de rota, mas uma volta às Escrituras. A Reforma colocou a igreja de volta nos trilhos da verdade. Quais foram as grandes ênfases da Reforma?

O Legado da Reforma Protestante

INTRODUÇÃO - Não há como negar a influência da reforma em nosso século. Qualquer livro de história que aborde o tema: idade média, tem obrigatoriamente a necessidade de discorrer sobre um dos principais marcos dessa época que veio a ser conhecido como “A Reforma Protestante”, liderada pelo monge agostiniano Martinho Lutero. Todavia, apesar de tão velho (quase 500 anos) ainda é um tema vivo em debate hoje em dia.

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

Brasil Mais cada vez mais pert Uma "Ditadura socialista" vai virar

Atenção, Atenção, PT Cristão é zombando dois pastores que não denunciam a marxista-leninista tentativa de implementar petismo Uma na "Ditadura socialista" não o Brasil e América Latina nos dá molda Venezuela: Você vai se surpreender! Leia ou documento oficial em espanhol, que o presidente Maduro enviou à ou "presidente" Dilma Rousseff à reeleição SUA APOS logotipo. Parabéns! 

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Campanha Do Ódio, Da Violência E Da Mentira Obtém A Maioria Nas Urnas: Dilma Se Reelege Com Quase 52% Dos Votos. À Sua Frente, Uma Economia Estagnada E O Fantasma Do Impeachment. Pode Contar Com A Gente (Re)Governanta: Para Vigiá-La - Reinaldo Azevedo

Dilma Rousseff, do PT, que vai fazer 67 anos no dia 14 de dezembro próximo, reelegeu-se presidente da República. Com a apuração concluída, ela conquistou 51,64% dos votos, contra 48,36% de seu oponente, Aécio Neves, do PSDB. Em números absolutos: 54.501.118 contra 51.041.155, uma diferença de 3.459.963. Dilma conquista o segundo mandato de forma legítima, segundo as regras do jogo, mas é importante destacar um aspecto importante. 

terça-feira, 28 de outubro de 2014

Minas falta ao encontro marcado e dá ao PT a quarta vitória consecutiva no país - Reinaldo Azevedo

Minas não compareceu ao encontro marcado. A Minas que muitos imaginavam existir — e que só estaria à espera de um filho da terra para ungi-lo à Presidência da República, quem diria?, era São Paulo. Nas terras paulistas, sim, a vitória do PSDB foi acachapante: 64,31% contra 35,69%, com uma diferença de 6.807.906 votos. 

Polêmica: Cantores Evangélicos revoltados com Dilma e Jean Wyllys

Vários Cantores evangélicos se manifestaram nesta sexta (24) em relação a um fato envolvendo a presidente Dilma e o deputado Jean Wyllys. Entenda:

A candidata pelo Partido dos Trabalhadores Dilma Roussef escolheu o ex-BBB e deputado-federal Jean Wyllys para representar a juventude brasileira. O ex-Big Brother participou de um evento de Dilma em São Paulo, foi um dos poucos a discursar e a missão é conseguir votos da juventude.

Dilma diz que Jean Wyllys será “representante da juventude brasileira”; Pr. Silas Malafaia reage: “Evangélicos, acordem!”

A presidente Dilma Rousseff (PT) anunciou na última semana que Jean Wyllys (PSOL) será o “representante da juventude brasileira” no seu governo.

O deputado federal e ativista gay, que foi opositor da presidente e teceu diversas críticas a ela por recuar diante dos protestos da bancada evangélica e não acatar parte das exigências da militância homossexual, agora virou seu aliado.

Dilma Rousseff Começou a Mostra Seu Poder de Vingança, Nomeou Jean Wyllys Para representar a juventude brasileira Ou Mera Coincidência?

Como Jean Wyllys pode representar a juventude brasileira? Jamais devemos deixar de defender os valores morais em nossa sociedade A presidente do Brasil nomeou Jean Wyllys, ex-bbb e deputado federal pelo Rio de Janeiro, como representante da juventude brasileira. 

terça-feira, 21 de outubro de 2014

O Sonho da Mulher de Pilatos

Sermão pregado na manhã de domingo, 26 de fevereiro de 1882. Por Charles Haddon Spurgeon. No Tabernáculo Metropolitano, Newington, Londres.

“E, estando ele assentado no tribunal, sua mulher mandou-lhe dizer: Não entres na questão desse justo, porque num sonho muito sofri por causa dele.” Mateus 27:19

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

A Angústia da Liberdade

Os judeus ortodoxos possuem um estilo de vida muito simples e ao mesmo tempo complexo demais para o sistema e pensamento ocidental. Apesar de serem muito divididos em disputas e divergências internas, desde cedo os meninos e meninas são separados nas escolas, recebendo educação diferenciada.

Sociedade de Ostentação

Dezesseis jovens de classe média em Brasília foram presos numa operação policial deflagrada no dia 29 de Setembro, e o que chamou a atenção foi o fato que eles roubavam com o propósito de ostentar, não queriam “ficar ricos”, mas gastar, demonstrar luxo e riqueza, ter diversões caras.

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Mas, afinal de contas, quem criou o Bolsa Família? - Reinaldo Azevedo Comenta

Resposta: foi FHC! Afirmar que foi Lula é fraudar a história Olhem aqui: já tratei deste assunto dezenas de vezes neste blog. Quem criou o Bolsa Família foi FHC, não Lula. “Mas o programa tinha esse nome, Reinaldo?” Não! Quem lhe deu esse apelido foi, sim, o chefão petista. Mas uma coisa não passa a ser outra porque alguém lhe mudou o nome. Como diria Julieta, a adolescente maluquete de Shakespeare, a rosa continuaria a cheirar bem se tivesse outro nome, não é mesmo? Dilma precisa ler Shakespeare. Dilma precisa ler.

Brasil socialista ou Brasil democrático?

A "presidenta" do Brasil fez um discurso confuso ontem, à noite, em Brasília-DF. Mas isso não me impressiona mais; já estou acostumado. O que mais me chamou a atenção foi a reação da plateia, cem por cento petista. Logo após a presidente-candidata ter dito que Evo Morales foi reeleito presidente da Bolívia, o público começou a gritar: "Te cuida, te cuida, te cuida, imperialista! A América Latina vai ser toda socialista!" Bem, o Brasil é uma nação democrática, em que há espaço para o debate, não é mesmo?

Casamento Gay e a Revolução Sexual dos Judeus

A Folha de São Paulo de 06.10.2014 informa, em grande manchete, que a “Suprema Corte dos EUA abre caminha para casamento Gay em Cinco Estados”. No texto da notícia, a notícia de que apelos advindos de Virginia, Okhlahoma, Utah, Wiscosin e Indiana, para que suas leis fossem mantidas, contra decisões de tribunais federais, foram rejeitados pela corte maior daquele país. 

terça-feira, 14 de outubro de 2014

Marina Silva declara 'VOTAREI EM AÉCIO NEVES E O APOIAREI'

Leia abaixo o pronunciamento feito por Marina Silva na manhã deste domingo (12), em São Paulo. “Votarei em Aécio e o apoiarei, votando nesses compromissos, dando um crédito de confiança à sinceridade de propósitos do candidato e de seu partido e, principalmente, entregando à sociedade brasileira a tarefa de exigir que sejam cumpridos”, afirmou.

Conheça os compromissos assumidos por Aécio Neves e o apoio de Marina Silva

Leia abaixo documento “Juntos pela Democracia, pela Inclusão Social e pelo Desenvolvimento Sustentável”, lançado neste sábado (11) pelo candidato Aécio Neves (PSDB) com compromissos para o segundo turno da eleição presidencial. E recebe a declaração de Marina Silva declara 'VOTAREI EM AÉCIO NEVES E O APOIAREI'

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Lição 4: A Providência Divina na Fidelidade Humana

A Providência Divina na Fidelidade Humana - A Soberania de Deus se revela na sua capacidade de prover todas as coisas que não podemos por nós mesmos. Dn 3 Neste capítulo percebe-se a obsessão do rei Nabucodonosor pelo poder quando ele se engrandece e se endeusa perante os súditos do seu império. Supõe-se que a história desse capítulo ocorreu quase ao final do seu reinado (Jr 32.1; 52.29).

Lição 3: Daniel Interpreta o Sonho de Nabucodonosor (Parte II)

Daniel Interpreta o Sonho de Nabucodonosor - Dn 2.31-49 No capítulo anterior (2.1-34) Deus entra na história dos reinos mundiais e interfere, especialmente, no Império Babilónico sob o cetro do presunçoso rei Nabucodonosor. O Deus de Israel pune os reinos de Judá e de Israel pela prevaricação dos seus reis, especialmente, o rei Jeoaquim do reino de Judá, entre 606 e 605 a.C. e permite a invasão babilónica em Jerusalém, levando cativos alguns príncipes, entre os quais Daniel, Ananias, Misael e Azarias.

quinta-feira, 2 de outubro de 2014

CONVITE: Culto de Ação de Graças Pelo Aniversario do Pastor Antônio Cintra no Dia 11 de Outubro 2014 - # COMPARTILHE

A 1ª Igreja Evangélica Assembleia de Deus de Eunápolis - BA.

Temos a imensa honra de convidar a todos, bem como sua digníssima Família para o Culto de Ação de Graças pela passagem de mais um Aniversário do nosso Pastor Presidente

Antônio Carlos Miranda Cintra

A realizar-se no dia onze de outubro de dois mil e quatoze, às dezenove horas, no Templo Sede, situado à Av. Santos Dumont, 120 Centro Eunapolis - BA.

“A Vidaé a celebração de cada dia como um dia especial”


quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Lições Bíblicas do 4º Trimestre de 2008 "O Deus do Livro e o Livro de Deus".

A cada trimestre, um reforço espiritual para aqueles que desejam edificar suas vidas na Palavra de Deus. No 4º trimestre de 2008, estaremos estudando o tema O Deus do Livro e o Livro de Deus 64 páginas / Formato: 13,8 x 21cm / Trimestral Comentarista: Pastor Elinaldo Renovato de Lima

Lição 3: O Deus que Intervém na História (Parte I)

Deus intervém na história para que os seus servos não sejam humilhados e para a glorificação do seu nome. O capítulo dois do livro de Daniel se constitui da revelação do plano divino para com o povo judeu e os povos gentios, para os quais Deus revela a sua soberania sobre os governos mundiais e o estabelecimento do reino messiânico. Deus intervém na história para fazer valer seus desígnios na vida da humanidade.

terça-feira, 30 de setembro de 2014

Quem e Maria Osmarina Silva Vaz de Lima?

Maria Osmarina Silva Vaz de Lima, nascida em 1958 no seringal do Bagaço, a 70 km de Rio Branco, Acre; filha de retirantes nordestinos pobres, ex –doméstica, ex-seringueira, semianalfabeta até os 16 anos; formada em história, militante sindical, aliada de Chico Mendes; vereadora, deputada estadual, senadora da república, ambientalista reconhecida internacionalmente, conhecida como Marina Silva, é destaque em toda imprensa nacional como a maior “novidade” das eleições de 2014.

Apontar O Dedo É Fácil, Difícil É Estender A Mão.

O mundo está cheio de pessoas dispostas a apontar os erros dos outros. Parece que esse tipo de gente passa 24h por dia buscando alguma falha para poder lançar seu veneno mortífero.
Esse tipo de gente não se preocupa com os sentimentos, família e profissão de ninguém. Tudo que querem é uma oportunidade de delatar o pecado dos outros, como se fossem juízes, cheios de autoridade para julgar quem quer que seja.

Eu Voto e Apoio Marina Silva 40 "Não Vamos Desistir do Brasil"


segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Lição 2: A Firmeza do Caráter Moral e Espiritual de Daniel

Ter firmeza de caráter implica a disposição interior para se manter fiel aos princípios que regem a nossa vida cristã. Este primeiro capítulo apresenta os personagens que são os pro- fe tagonistas de episódios relatados nos capítulos seguintes. Eles ^revelam a capacidade de serem fieis a Deus mesmo quando as circunstâncias se mostram adversas. E a história de quatro jovens que não se corromperam, nem antes nem depois de se tornarem exilados numa outra terra e sob o domínio de um rei pagão.

Lição 1: Daniel, Nosso “Contemporâneo”

A história de Daniel é uma história de fidelidade a Deus, de integridade moral e de confiança no projeto divino. Daniel é um personagem do Antigo Testamento que os estu- ' diosos o identificam, antes de tudo, como um estadista na corte de impérios pagãos da Babilônia e da Pérsia. Na sua história de judeu criado e formado no palácio do reino de Judá, Daniel não exercia nenhuma atividade religiosa, pois não era da família sacerdotal, nem era um profeta. Entretanto, sua fidelidade a Deus e o seu temor demonstrado, deu-lhe o privilégio de ser alguém que Deus revelaria coisas profundas acerca do futuro do seu povo exilado na Babilônia.

domingo, 28 de setembro de 2014

Porque Marina Silva?

[Pronunciamento no Encontro de Lideranças Evangélicas com Marina Silva] O povo brasileiro já percebeu: não é hora de virar as páginas, é hora de mudar de livro.

O que me traz a esse lugar e a essa hora é a convicção de que a imagem usada por Caio Fernando Abreu veste perfeitamente o atual momento do Brasil, e encontra em Marina Silva aquela que melhor conseguiu captar a voz das ruas, e está em sintonia com o desejo de mudança que mora no peito dos brasileiros.

sábado, 27 de setembro de 2014

Pr. Silas faz alerta importantíssimo aos evangélicos; assista ao programa desta sábado 27/09/2014


Marina Silva: 'Eu quero ganhar ganhando'

Na última quinta-feira, a candidata do PSB à Presidência fez a VEJA seu balanço de uma campanha que ela diz ser dominada pelo "marketing selvagem" Há pouco mais de um mês, a trágica morte do ex-governador Eduardo Campos em um acidente aéreo mudou o curso da campanha presidencial e fez com que as eleições de 2014 se tornassem as mais imprevisíveis desde a redemocratização do país.

quarta-feira, 17 de setembro de 2014

A eficácia da oração - Referência: Tiago 5.13-20

INTRODUÇÃO - 1. Sete vezes neste parágrafo Tiago menciona oração. Um cristão maduro é aquele que tem uma vida plena de oração diante das lutas da vida. Em vez de ficar amargurado, desanimado, reclamando, ele coloca a sua causa diante de Deus e Deus responde ao seu clamor.

2. Tiago é uma carta prática e por isso ele começa e termina esta carta com oração. Desperdiçamos tempo e energia quando tentamos viver a vida sem oração.

O poder triunfante da paciência - Referência: Tiago 5.7-12

INTRODUÇÃO - 1. Tiago começa a sua carta com uma chamada à perseverança sob as provações (1:2-4) e termina a carta exortando os crentes a serem pacientes atá à vinda do Senhor (5:7-8). As provas e não experiências místicas são o caminho da santificação e do aperfeiçoamento (1:4).

2. Em (1:12) a recompensa é a coroa da vida e (5:7-8) a recompensa é a vinda de Cristo (5:7-8). No cameço o caminho da perfeição é a oração (1:5) e no final da carta, ele volta ao mesmo tópico (5:13-18). No começo oramos por nós, no fim oramos pelos outros.

Qual é o valor que o dinheiro ocupa na sua vida? - Referência: Tiago 5.1-6

INTRODUÇÃO - 1. O dinheiro hoje domina as casas de leis, os palácios dos governos e as cortes do judiciário. O dinheiro é o maior deus deste mundo. Por eles as pessoas roubam, mentem, corrompem, casam-se, divorciam-se, matam e morrem.

2. O dinheiro é mais do que uma moeda, ele é um espírito, um deus, ele é Mammom. Ninguém pode servir a Deus e ao dinheiro. Ele é o mais poderoso dono de escravos do mundo.

Como conhecer a vontade de Deus para o futuro - Referência: Tiago 4.13-17

INTRODUÇÃO - 1. Tiago começou o capítulo 4 falando sobre uma guerra contra o próximo, contra nós mesmos e contra Deus. Ele disse que as guerras entre as pessoas são um desdobramento das tensões que temos dentro de nós mesmos.

2. Ele disse que nessa luta contra Deus enfrentamos a sedução do mundo (v. 4), as paixões da carne (v. 5-6) e as ciladas do diabo (v. 7).

terça-feira, 16 de setembro de 2014

A Triste Relação Entre O Facebook E O Circo De Horrores Do Império Romano

Na semana que passou em assisti nas redes sociais alguns videos que me deixaram estarrecido. Assisti um rapaz matando um jovem por asfixia, outro dando uma surra de pau num homem que acredito também veio a falecer, meninas dançando funk com todo tipo de erotismo, um adolescente afrontando a polícia com arma em punho e muito mais.

Introdução ao Estudo de Daniel - Lições Bíblicas do 4º Trimestre de 2014

"Integridade Moral e Espiritual - O Legado do Livro de Daniel para a Igreja Hoje". Prefácio - Daniel é um exemplo para nós, cristãos do século XXL ; Como jovem, mesmo em um país distante, não se esqueceu dos princípios que nortearam seu crescimento e sua fé no Deus de Israel. Por mais que tenha sido visto como um jovem aparentemente antissocial, a ponto de não comer das iguarias da mesa do rei com os demais jovens convidados, Daniel mostrou que vale a pena ser íntegro em tudo, desde a fé até a forma de comer. Como homem público, Daniel não se furtou de fazer o que era certo e buscar a justiça. Passou por diversos reis e foi um exemplo para eles.

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

Lição 13 – A Atualidade dos Últimos Conselhos de Tiago

A atualidade dos últimos conselhos de Tiago - Alexandre Coelho - Chegamos à parte final dos conselhos de Tiago. Seu estilo direto e prático nos obriga a meditar sobre a forma como temos nos conduzido na esfera cristã, tanto dentro da igreja quanto fora dela. Neste capítulo, Tiago deixa seus últimos conselhos para a Igreja, encerrando assim um ciclo de pequenos sermões práticos.

Lição 12 – Os Pecados de Omissão e de Opressão

Os pecados de omissão e opressão - Como destacamos no capítulo 10 deste livro, o apóstolo Tiago chama a atenção de seus leitores, mais especificamente na abertura do capítulo 4, para as consequências trágicas da omissão dos homens mais abastados em cuidar “dos órfãos e das viúvas” (Tg 1.27) assim como dos membros indigentes da sua comunidade (Tg 2.15,16). Tal atitude, frisa o apóstolo, estava levando a mortes desnecessárias entre os mais necessitados, de maneira que Tiago sugere que esses homens ricos que pecavam por omissão, que pecavam por não atenderem aos mais carentes, eram, indiretamente, assassinos (Tg 4.3; 5.6).

terça-feira, 9 de setembro de 2014

O Pregador Entre o Picadeiro e o Altar

"RESPEITÁVEL PÚBLICO: COM VOCÊS... OOO PREGADOOOORR!!" (LEIAM ESSE ARTIGO DO PR. JESIEL FEITAS. VALE A PENA!!!).

É quase isto! Anuncia-se o pregador e então aparece atrás do púlpito alguém vestido num terno colorido, sapatos multicores, gravata linguiça ou gravata multicores com pedrarias a gosto, calças apertadas (cores a gosto - vermelho, verde, azul, roxo, preto, branco, amarelo), e outros adereços esquisitos.

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Webmilitantes do petismo atacam a Rede Globo

Bastou o Jornal Nacional “apertar” um pouquinho a presidenta, na qualidade de candidata à reeleição — antes que digam que estou falando mal das “autoridades constituídas” —, para os webmilitantes do petismo dizerem que Dilma foi “agredida” e “desrespeitada” pela Rede Globo. Ora, esse telejornal está fazendo “linha dura” com todos os presidenciáveis. E, na verdade, é o povo brasileiro que, há doze anos, vem sendo agredido e desrespeitado pela corrupção e pela impunidade nunca vistas antes na história desse país, bem como pela precariedade da saúde pública e pela maquiagem dos números da economia.

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Lição 11 – O Julgamento e a Soberania Pertencem a Deus

O julgamento e a soberania pertencem a Deus - Alexandre Coelho - Neste capítulo, abordaremos duas questões principais: o perigo de se fazer julgamentos indevidos contra pessoas e a capacidade de reconhecer os atos de Deus em nossos planos. Ambas as questões fazem parte do nosso dia a dia. Quem nunca emitiu um juízo de valor sobre uma atitude ou sobre a vida de outra pessoa? E quem nunca fez planos pessoais sem se lembrar de Deus? É sobre isso que discorreremos aqui.

Lição 10 – O Perigo da Busca pela Autorrealização Humana

O perigo da busca pela autorrealização humana - Silas Daniel - Ao falar, no final do capítulo 3, sobre a sabedoria que vem do Alto, o apóstolo contrasta-a com a falsa sabedoria, a sabedoria terrena, que se baseia na “amarga inveja” e no “sentimento faccioso” (Tg 3.14,16). Prosseguindo, então, nesse raciocínio, Tiago começa o capítulo 4 falando sobre a origem das disputas e dos conflitos entre as pessoas, e dos males do orgulho humano. E o apóstolo já vai direto ao assunto no primeiro verso do capítulo, ao encetá-lo com a pergunta: “Donde vêm as guerras e pelejas entre vós?” (v.la).

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Lições Bíblicas do 4º Trimestre de 2014 "Integridade Moral e Espiritual - O Legado do Livro de Daniel para a Igreja Hoje".

Quem assina esse relevante assunto é o pastor Elienai Cabral, conhecido pregador, escritor e conferencista em Escolas Bíblicas por todo o nosso país. Integridade moral e espiritual - O Legado do Livro de Daniel para a Igreja Hoje. Este é o tema escolhido para ser abordado no quarto trimestre de 2014 pela revista de escola dominical (CPAD), com comentários de Elienai Cabral.

quinta-feira, 7 de agosto de 2014

Quando Deus responde não - Referência: Tiago 4.2b-3

INTRODUÇÃO - Hoje quero pregar sobre a consolação do NÃO de Deus, quando sua resposta negativa às nossas orações é uma bênção, quando o NÃO de Deus é o nosso livramento e quando a sua resposta contrária à nossa vontade é o maior gesto da sua misericórdia por nós.

Como acabar com as guerras - Referência: Tiago 4.1-12

INTRODUÇÃO - 1. As guerras são uma realidade da vida a despeito dos acordos de paz. Há não apenas guerras entre as nações. Há também guerras nas denominações, guerras dentro das famílias e guerras dentro do nosso próprio coração.

2. Tiago diz que o nosso verdadeiro problema não está fora de nós, mas dentro de nós (v. 1; Mt 15:19-20).

Qual é a sua sabedoria: terrena ou celestial? - Referência: Tiago 3.13-18

INTRODUÇÃO - 1. Tiago falou nos versos 1 a 12 sobre o poder da língua: ela tem o poder de dirigir (freio e leme), o poder de destruir (fagulha, fogo e veneno) e o poder de deleitar (fonte e fruto). Agora, Tiago fala sobre sobre a sabedoria para lidar com as circunstâncias e com as pessoas. O rei Salomão pediu sabedoria para Deus. Tiago diz que podemos pedir sabedoria para Deus.

Lição 13 – A Atualidade dos Últimos Conselhos de Tiago

Lição 12 – Os Pecados de Omissão e de Opressão

Lição 9 – A Verdadeira Sabedoria se Manifesta na Prática

A verdadeira sabedoria se manifesta na prática - Alexandre Coelho - Tiago aborda em sua carta diversos assuntos, e entre eles, a sabedoria tem um espaço de destaque. Desta vez, o apóstolo qualifica as características da sabedoria, além da maneira como devemos demonstrá-la.

Lição 8 – O Cuidado com a Língua

O cuidado com a língua - Silas Daniel - Após estabelecer no capítulo 2, ao tratar sobre a relação entre fé e obras, as bases teológicas de suas recomendações éticas, Tiago passa agora, a partir do capítulo 3, para os assuntos de natureza mais prática, que faziam parte do dia a dia dos seus leitores. Como frisa o pastor e teólogo norte- -americano Timothy B. Cargal,

Lição 7 – A Fé se Manifesta em Obras

A fé se manifesta em obras - Alexandre Coelho - Introdução - Neste capítulo, veremos a importância de manifestar nossa fé por meio de nossas obras. Veremos quais exemplos Tiago mostra de fé e obras sendo utilizadas para que o povo de Deus tenha modelos práticos a seguir, e a partir dessa nova visão de vida, ser um canal de bençáos.

sábado, 26 de julho de 2014

Pr. Silas Malafaia denuncia perseguição religiosa e política do Governo; assista ao vídeo!

Assista ao vídeo abaixo e deixe o seu comentário no A Tribuna Gospel


Lição 6 – A Verdadeira Fé não Faz Acepção de Pessoas

A verdadeira fé cristã não faz acepção de pessoas - Silas Daniel - Um dos pecados mais comuns, até mesmo entre alguns ditos cristãos, tem sido a acepção de pessoas, isto é, a discriminação de uma pessoa por causa da sua condição financeira, da sua posição social ou da sua aparência. A acepção de pessoas trata-se de uma atitude absolutamente anticristã, como veremos com detalhes neste capítulo. Tiago 2.1- 13 enfatiza que nenhum cristão pode-se dizer verdadeiramente um cristão se vive favorecendo ou desprezando as pessoas devido à condição social delas.

domingo, 20 de julho de 2014

Lição 5 – O Cuidado ao Falar e a Religião Pura

O cuidado ao falar e a religião pura - Alexandre Coelho - Introdução
I. PRONTO PARA OUVIR E TARDIO PARA FALAR
Certa vez, Zenon, um pensador clássico, disse que temos dois ouvidos e uma boca por um simples motivo: para que possamos ouvir mais e falar menos. Por mais que essa ideia, para algumas pessoas seja engraçada, traz uma realidade importante para a nossa vida: Precisamos aprender a controlar melhor o nosso tempo gasto com essas duas atitudes inerentes da nossa natureza: ouvir a falar.

A fé verdadeira e a fé falsa - Referência: Tiago 2.1-26

INTRODUÇÃO
1. Tiago capítulo 2 é um dos textos mais importantes da Bíblia. Muitos estudiosos da Bíblia não conseguiram entendê-lo. Lutero pensou que Tiago estivesse contradizendo Paulo (Rm 3:28 – Tg 2:24; Rm 4:2-3 – Tg 2:21). Logo, Lutero chamou Tiago de carta de palha.
2. Mas será que Tiago está contrazendo Paulo? Absolutamente não. Paulo falou que a causa da salvação é a justificação pela fé somente. Tiago diz que a evidência da salvação são as obras da fé. Paulo olha para a causa fala da fé. Tiago olha para a consequência e fala das obras. Paulo deixa isso claro em Efésios 2:8-10.

Como saber que a minha religião é verdadeira - Referência: Tiago 1.19-27

INTRODUÇÃO
1. A ênfase neste parágrafo é sobre o auto-engano (1:22,26). Se um crente é enganado porque o diabo o engana é uma coisa, mas se ele peca porque engana-se a si mesmo, é uma coisa muito mais séria.
2. Muitas pessoas estão pensando que estão salvas e ainda não estão (Mt 7:22-23).
3. Muitas pessoas pensam que são espirituais e não são (Ap 3:17).
4. A verdadeira religião está centrada na Palavra de Deus. Quais são as evidências de um crente verdadeiro?

sábado, 19 de julho de 2014

Lição 4 – Gerados pela Palavra da Verdade

Gerados pela Palavra da Verdade - Silas Daniel - A Epístola de Tiago apresenta, ainda nos primeiros versículos do seu primeiro capítulo, outros importantes temas. Um deles consiste em um esclarecimento sobre a forma como o cristão deve encarar a pobreza e a riqueza. Essas condições sociais são enfatizadas pelo apóstolo como circunstâncias transitórias da vida, como situações passageiras, porquanto terrenas, e também como conjunturas em meio às quais o cristão deve aprender a estar sempre satisfeito (Tg 1.9-11).

O cristão, a política e a corrida eleitoral

Após tratar da questão igreja e política do ponto de vista teológico, ainda que de forma superficial, repito mais uma vez, minha intenção nesta última postagem é apresentar alguns critérios a serem levados em conta pelos cristãos que se sentem vocacionados para a vida pública. Embora os princípios bíblicos valham para todas as funções, quero ater-me apenas às de cunho eletivo, isto é, àquelas que dependem do voto, pois este tem sido o ponto de tensão a cada período eleitoral.

Política é "coisa" de crente?

Pensei que em três postagens daria conta de tratar do tema sobre igreja e política, mesmo de forma superficial. Mas percebi que, além desta, só terei como concluir o assunto numa quarta postagem, que já está programada para quarta-feira. Conto com a sua paciência por ter de esticar um pouco mais a conversa.

Faço coro com os que definem os papéis da igreja e da política como distintos. Aquela, enquanto instituição divina, proclama os valores eternos do Reino de Deus e as boas novas do Evangelho. Não se pode misturar as sintonias.

Política: um assunto altamente espiritual e bíblico

Nesta segunda postagem procurarei mostrar as bases bíblicas pelas quais a igreja não pode furtar-se de tratar da política, não em sentido partidário, mas como instrumento que não se dissocia da vida comunitária e pessoal e que tem os seus fundamentos no próprio Deus, desde que olhada em seu significado básico como a arte de governar. É óbvio que a abordagem, aqui, não será aprofundada até para não tornar a leitura cansativa. O propósito e mostrar da forma mais simples possível que certa aversão existente ao tema é mais fruto da forma como o homem lida com a política, a partir de sua natureza caída, pecaminosa, do que da própria política em si.

Por que se resiste a tratar de política na igreja?

Início hoje uma série de três postagens sobre o cristão e a política. Ainda temos certa resistência de tratar de política como um tema bíblico, que não pode ser relegado como algo de somenos importância ou sem qualquer conexão com a nossa vida cristã. Há razões para tal comportamento. Elas estão arraigadas em nosso meio ao longo da história evangélica em nosso país. Quem se atreve a falar de política ainda corre o risco de ser estigmatizado como desviado, como alguém que perdeu a fé, que está com as duas pernas no fogo do inferno. Pelo menos foi o que ouvi há poucos dias de alguém nas redes virtuais.

segunda-feira, 14 de julho de 2014

Cinco Qualidades de Um Lápis.

O menino olhava a avó escrevendo uma carta. A certa altura, perguntou: – Você está escrevendo uma história que aconteceu conosco? E por acaso, é uma história sobre mim? A avó parou a carta, sorriu, e comentou com o neto:- Estou escrevendo sobre você, é verdade.

Como viver a vida com sabedoria - Referência: Tiago 1.5-18

INTRODUÇÃO
1. Tiago escreve esta carta para ajudar os crentes dispersos a vencerem as provações a que estavam expostos, buscando ao mesmo tempo, o alvo da maturidade cristã.
2. Ele ensinou nos versos 2-4 que as provas são compatíveis com a fé cristã, são variadas, passageiras e pedagógicas.
3. Agora, Tiago vai nos mostrar como viver com sabedoria neste mundo, no meio dessas provas.

Lição 3 – A Importância da Sabedoria Humilde

A Importância da Sabedoria Humilde - Alexandre Coelho - A palavra “sabedoria” tem uma importância especial para o cristão. Como servos de Deus, somos chamados por Ele para uma vida que espelhe decisões e práticas advindas de uma sabedoria espelhada na sabedoria divina.

I. A NECESSIDADE DE SE PEDIR SABEDORIA A DEUS

quinta-feira, 10 de julho de 2014

Brasil, Alemanha, derrota, copa, política, eleições, alhos e bugalhos...

Vamos por partes: 1. Assisti, torci, chorei e sorri. Sim, ainda que os esportes sejam parte da vida social, futebol parte da cultura, um dos símbolos do Brasil, essa é a típica tragédia para rir de você mesmo, fazer piada, ter respeito pelos que jogaram e pronto. Derrotado, ri da própria tragédia. Não culpo ninguém gente, é futebol e 99,9999999% da população não depende do futebol para viver (ainda que alguns façam do futebol questão de vida e morte e até se matem).

quarta-feira, 9 de julho de 2014

Vexame do Mineirão supera 1950 e é a maior derrota da história

Nem o mais otimista dos torcedores alemães esperava um triunfo tão expressivo sobre o Brasil, na tarde desta terça-feira, em partida válida pelas semifinais da Copa do Mundo. O placar de 7 a 1 aplicado pelos comandados de Joachim Low, no Estádio Mineirão, em Belo Horizonte-MG, superou a maior derrota sofrida na história canarinha.

Desastre histórico 8 – Princípio de tumulto em várias capitais depois de derrota

Na Folha: - A cidade de São Paulo registrou uma série de ataques a ônibus na noite desta terça-feira (8) após a derrota do Brasil na semifinal da Copa do Mundo. Também foi registrado ao menos uma tentativa de saque a uma loja de eletroeletrônicos e um incêndio em um pátio de coletivos desativados.

segunda-feira, 7 de julho de 2014

Como transformar provações em triunfos - Referência: Tiago 1.1-4

INTRODUÇÃO
1. Começar o estudo de um livro da Bíblia é como fazer uma viagem. Você deve decidir antes para onde você vai e o que espera ver.
2. Tiago é uma carta prática. Ele é mais pregador que escritor. É como se ele nos agarrasse pela lapela, nos fitasse nos olhos e falasse conosco algo urgente.
3. O tema central de Tiago é: o Nascimento (1:13-19a), o Crescimento (1:19b-25) e a Maturidade (1:26-5:6) do cristão.

Lição 2 – O Propósito da Tentação

O propósito da tentação - Silas Daniel - Por estar escrevendo “às doze tribos que andam dispersas” (Tg 1.1), isto é, provavelmente aos cristãos judeus que se encontravam espalhados entre as nações devido à primeira onda de perseguição ao Cristianismo no início da Igreja Primitiva (At 8.1; 11.19), o primeiro assunto que o bispo de Jerusalém trata em sua epístola é justamente a provação.

quarta-feira, 2 de julho de 2014

Lições Bíblicas: 3º Trimestre de 2014 "Fé e Obras - Ensinos de Tiago para uma Vida Cristã Autêntica".

Já estão impressas pela Casa Publicadora da Assembleia de Deus (CPAD) as revistas que servirão de base para o terceiro trimestre de 2014 da Escola Bíblica Dominical com o tema: "Fé e Obras - Ensinos de Tiago para uma Vida Cristã Autêntica", para a faixa etária Jovens e Adultos.

terça-feira, 17 de junho de 2014

Abílio Santana Protesta e Tira a Camisa da Seleção



Lição 1 – Tiago — Fé que se Mostra pelas Obras

Alexandre Coelho - Introdução - A Carta de Tiago é a primeira do grupo de epistolas consideradas como escritos gerais. Tais epístolas recebem essa designação por não serem endereçadas especificamente a qualquer grupo que possa ser identificado de imediato. Outra denominação dada a este grupo de escritos é “escritos católicos”, por serem cartas gerais. Essa designação nada tem a ver com o nome da Igreja Católica Apostólica Romana.

segunda-feira, 16 de junho de 2014

Introdução ao 3º Trimestre 2014 "Fé e Obras - Ensinos de Tiago para uma Vida Cristã Autêntica".

Prefácio - A Epístola de Tiago é um dos mais antigos escritos do Novo Testamento e um dos mais importantes textos bíblicos sobre a verdadeira vida de piedade. Simplesmente, nenhum outro texto do Novo Testamento é mais direto e enfático sobre a relação entre a fé e as obras na vida do verdadeiro cristão.

quarta-feira, 11 de junho de 2014

Golpe baixo: Dilma editou decreto antidemocrático mirando as eleições

Desde a sua fundação, em 1980, o PT se apoia nos chamados “movimentos sociais” para avançar. Ao chegar à presidência com Lula, em 2002, o partido não descuidou da relação com grupos de sem-terra, indígenas ou estudantes com os quais já tinha laços. Eles tiveram financiamento e interlocução privilegiada com o governo. Do lado petista, nada mudou na passagem da administração Lula para a administração Dilma Rousseff. Chefe de gabinete do ex-presidente e atual ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência, Gilberto Carvalho continua sendo o czar dos movimentos sociais no Planalto. O dinheiro continua a fluir. Ainda assim, o controle que o PT detém sobre essas organizações se esgarçou nos últimos tempos, ao passo que novos grupos de esquerda – como mostraram as manifestações de junho de 2013 – já não se alinham de maneira imediata à legenda.

Contra a democracia: Dilma aprova decreto que transforma o Brasil em Cuba; entenda

O decreto bolivariano número 8.243/2014, assinado à surdina pela presidente Dilma Rousseff na semana passada, não caiu bem no Congresso Nacional. Nesta terça-feira (3), nove partidos resolveram se unir para tentar impedir o avanço da medida destinada a aparelhar órgãos públicos e entidades da administração federal direta e indireta com integrantes de “movimentos sociais”, conhecida massa de manobra do PT.

terça-feira, 10 de junho de 2014

As qualificações de um presbítero – Parte 2

Tendo tratado no domingo anterior da primeira parte, quando abordamos as qualificações para aqueles que aspiram o presbiterato, focando as áreas familiar, financeira e os relacionamentos interpessoais, hoje continuaremos, falando sobre a reputação pessoal, o domínio próprio, a maturidade espiritual e sua habilidade para o ensino.

As qualificações de um presbítero – Parte 1

Das quinze qualificações exigidas para um homem ocupar presbiterato da igreja, apenas uma tem a ver com a habilidade de ensino. Os requisitos para se ocupar uma posição de liderança na igreja exigem excelência moral mais que intelectual. As qualificações estão relacionadas com a personalidade, o caráter e o temperamento da pessoa (1Tm 3.2-7). São uma espécie de catálogo de virtudes em contraposição ao catálogo de vícios descritos em 2Timóteo 3.2-5. Destacaremos algumas áreas importantes que devem ser observadas, quando da escolha da liderança espiritual da igreja.

Uma palavra aos Presbíteros

O apóstolo Paulo estava se despedindo dos presbíteros de Éfeso. Já estava embarcando para Cesaréia no porto de Mileto. Ali se reúne com esses líderes da igreja de Éfeso, capital da Ásia Menor, onde passara três anos. Num discurso regado de profunda emoção, o apóstolo dá seu testemunho e reafirma os compromissos que assumira em seu ministério: compromisso com Deus (At 20.19), com ele mesmo (At 20.18,28a), com a Palavra (At 20.20-27), com a igreja (At 20.28-31), com a integridade financeira (At 20.32-35) e com a afetividade (At 20.36-38). Nos versículos 28 a 31 o apóstolo tem uma exortação dirigida especialmente aos presbíteros. Essa palavra é atual e oportuna:

O presbítero e o diácono: homens de valor

Esta igreja está se preparando para eleger presbíteros e diáconos. Esta escolha precisa ser feita com oração e sob a dependência do Espírito Santo. A Palavra de Deus estabelece critérios claros acerca do perfil daqueles que exercem liderança na igreja. O apóstolo Paulo escrevendo a Timóteo (1Tm 3.1-13) oferece algumas orientações oportunas sobre o perfil do presbítero e o diácono. À luz deste texto, vamos observar algumas verdades importantes.

Qualificações bíblicas do diácono

(1Tm 3.8-13) Depois de elencar as virtudes que devem ornar a vida do presbítero, o apóstolo Paulo passa a falar dos atributos do diácono (1Tm 3.8-13). Muitas das qualificações do diácono são as mesmas do presbítero. O diácono, diákonos, é o servo que coopera com aqueles que se dedicam à oração e ao ministério da palavra. Os primeiros diáconos foram nomeados assistentes dos apóstolos. Há dois ministérios na igreja: a diaconia das mesas (At 6.2,3) e a diaconia da palavra (At 6.4); a ação social e a pregação do evangelho. 

Lição 13 – A multiforme sabedoria de Deus

A Multiforme Sabedoria De DEUS “Para que, agora, pela igreja, a multiforme sabedoria de Deus seja conhecida dos principados e potestades nos céus” (Ef 3.10). Após o estudo sobre os dons de Deus, podemos constatar que sua sabedoria transcende a tudo o que se pode entender com a limitada percepção do homem. Enquanto a sabedoria humana é compartimentada ou segmentada em áreas do conhecimento, a sabedoria de Deus é multiforme. Ele a manifestou desde a criação, quando sua mente divina imaginou trazer à realidade as coisas criadas, incluindo o universo imenso, formado de planetas e estrelas, bem como o homem e os seres vivos da natureza, numa demonstração de planejamento perfeito, jamais alcançado pela mente humana.

Lição 12 – O Diaconato

O DIÁCONO “Porque os que servirem bem como diáconos adquirirão para si uma boa posição e muita confiança na fé que há em Cristo Jesus” (1 Tm 3■ 13). Em seus ensinos, Jesus não especificou como seria a organização da Igreja, nos diversos lugares por onde seu evangelho haveria de promover a conversão de muitas pessoas pelo poder do Espírito Santo. Ele garantiu que haveria de edificar a sua Igreja e “as portas do inferno não prevaleceriam contra ela” (Mt 16.18). E a Igreja cresceu e se expandiu pelo mundo todo. E seu crescimento demandou o estabelecimento de medidas e providências jamais experimentadas por qualquer organização humana.

Lição 11 – O Presbítero, Bispo ou Ancião

A Igreja deixou de ser localizada apenas em Jerusalém, passando pela Judeia e Samaria, e começou a se deslocar para “os confins da terra” (At 1.8). As “igrejas de Deus” sofriam a perseguição e se espalhavam por vários lugares (1 Ts 2.14). A conversão do fariseu Saulo, no caminho de Damasco, fez dele um dos maiores evangelistas de todos os tempos. Em suas viagens missionárias, muitas igrejas foram abertas, inclusive na Europa. Em consequência, as igrejas necessitavam de líderes, que orientassem os crentes acerca do evangelho, da organização, do desenvolvimento e da maneira de viver dos novos grupos de cristãos.

segunda-feira, 9 de junho de 2014

Ator Denzel Washington surpreende com lição sobre vida de oração

Na época em que estrelou o longa “O Livro de Eli”, o ator Denzel Washington passou a falar mais abertamente sobre sua fé. Ele já interpretou vários papéis de destaque e ganhou dois Oscar, pelos filmes “Tempo de Glória” e “Dia de Treinamento”.

segunda-feira, 2 de junho de 2014

Lição 10 – O Ministério de Mestre ou Doutor

O doutor ou Mestre “E a uns pôs Deus na igreja, primeiramente, apóstolos, em segundo lugar, profetas, em terceiro, doutores, depois, milagres, depois, dons de curar, socorros, governos, variedades de línguas” (1 Co 12.28).

terça-feira, 20 de maio de 2014

Riqueza Debaixo Dos Pés

Em seu livro “O Mito da Grama Mais Verde” (JUERP), Allan Peterson cita um fato apropriado a esta coluna. Havia um homem, de origem persa, que se chamava Ali Hafed. Ele possuía uma fazenda com pomar, campos de cereais e hortas. Fizera muitos investimentos, estava rico e contente. Um dia, recebeu a visita de um velho sacerdote budista. Eles se assentaram perto do fogo, e o sacerdote contou-lhe em detalhes a história da criação do mundo e, concluiu, dizendo que os diamantes eram as pedras preciosas mais raras e valiosas que haviam sido criadas, "gotas congeladas de luz solar". Se Hafed tivesse diamantes, seria o mais rico da terra, poderia obter o que quisesse para si e para a sua família.

sexta-feira, 16 de maio de 2014

Mentalidade Tablóide

"Recomendo-lhes, irmãos, que tomem cuidado com aqueles que causam divisões e colocam obstáculos ao ensino que vocês têm recebido. Afastem-se deles." (Romanos 16:17)

Parece que vivemos num mundo alucinado por fofocas e escândalos na mídia. É a mentalidade tablóide. Nossa sociedade nunca esteve tão obcecada por rumores, fofocas e insinuações como agora. Ligamos a TV e vemos programas de todos os tipos que buscam expor a vida privada de outros.

quarta-feira, 14 de maio de 2014

Provem e Vejam

"Provem, e vejam como o Senhor é bom. Como é feliz o homem que nele se refugia!" (Salmos 34:8)

Precisamos lembrar que a vontade de Deus é boa e agradável. Pode até não parecer assim em determinados momentos, mas é. Seu plano para cada um de nós é bom. No entanto, ele geralmente não nos dá os detalhes do plano. Normalmente, Deus revela-nos a Sua vontade em pequenas porções. Ele vê o panorama geral, enquanto nós vemos apenas um pouco de cada vez.

terça-feira, 13 de maio de 2014

Lição 9 – O Ministério de Pastor

O PASTOR “Eu sou o bom Pastor; o bom Pastor dá a sua vida pelas ovelhas ” (Jo 10.11).

De todos os dons ministeriais, certamente o dom de pastor é o mais difícil de ser exercitado. Ao mesmo tempo, é o mais desejado por aqueles que almejam exercer o ministério, na Igreja do Senhor Jesus. Em todos os tempos, a função pastoral foi complexa e alvo das forças contrárias ao rebanho espiritual, constituído dos salvos por Cristo. Sem dúvida alguma, nos dias presentes, em pleno século XXI, ser pastor não é missão fácil, não obstante os recursos existentes, em termos humanos, técnicos e financeiros.

Lição 8 – O Ministério de Evangelista

EVANGELISTA “Mas tu sê sóbrio em tudo, sofre as aflições, faze a obra de um evangelista, cumpre o teu ministério” (2 Tm 4.5).

Neste capítulo, analisaremos a missão do evangelista, um dom ministerial ao lado de outros da maior importância, como o de pastor, apóstolo, profeta ou doutor. A Bíblia fala muito pouco sobre esse dom. Se compulsamos uma concordância bíblica, só encontramos três referências a esse termo (At 21.8; Ef 4.11; 2 Tm 4.5). Nem por isso, o papel do evangelista pode ser considerado de somenos importância, no contexto dos ofícios ministeriais, que devem contribuir para o crescimento e para a edificação da Igreja do Senhor Jesus Cristo.

Lição 7 – O Ministério de Profeta

O PROFETA “E a uns pôs Deus na igreja, primeiramente, apóstolos, em segundo lugar, profetas, em terceiro, doutores, depois, milagres, depois, dons de curar, socorros, governos, variedades de línguas” (1 Co 12.28).

quinta-feira, 8 de maio de 2014

Onde Você Estiver Agora

"Então Elias saiu de lá e encontrou Eliseu, filho de Safate. Ele estava arando com doze parelhas de bois, e estava conduzindo a décima-segunda parelha. Elias o alcançou e lançou a sua capa sobre ele." (1 Reis 19:19)

O que Eliseu estava fazendo quando Elias o chamou para o serviço do Senhor? Por acaso ele andava por aí dizendo: "eu me pergunto se Deus nunca vai fazer nada em minha vida"?

O Preço do Comprometimento

"E Eliseu voltou, apanhou a sua parelha de bois e os matou. Queimou o equipamento de arar para cozinhar a carne e a deu ao povo, e eles comeram. Depois partiu com Elias, e se tornou o seu auxiliar." (1 Reis 19:21)

Quando Elias jogou seu manto, ou sua capa sobre Eliseu, foi um gesto simbólico querendo dizer: "Estou passando o meu chamado para você."

sábado, 26 de abril de 2014

Aprendendo a Envelhecer

Em parceria com o Corpo de Psicólogos e Psiquiatras Cristãos (CPPC) e em comemoração aos 100 anos do nascimento de Paul Tournier, Ultimato publica o sexto e último artigo da série em torno da vida e obra deste médico cristão e escritor suíço de reconhecimento mundial. A matéria é produzida pelo CPPC . Qualquer correspondência alusiva à Série Paul Tournier deverá ser dirigida ao CPPC. 

DEBAIXO DO PÉ DE ZIMBRO, QUEM NUNCA ESTEVE LÁ. - Texto: 1 Reis 19. 1-8

INTRODUÇÃO: O profeta Elias depois de ter desafiado e vencido os profetas de Baal, sofre uma frustração imensa por vê que a rainha Jezabel e o Rei Acabe não havia se rendido ao Deus de Israel e nem reconheceria o seu ministério, pelo contrário sofreu uma ameaça de morte. Com isso o profeta Elias sai para o deserto e lá se interioriza em uma terrível depressão debaixo de um pé de zimbro. 

Como reagir quando um amigo se torna inimigo

Temos dois tipos de inimigos: os invisíveis e os visíveis. Os primeiros são as hostes do mal, às quais devemos nos opor (Ef 6.10-18). Os outros são pessoas que nos odeiam ou nos traem por algum motivo. E estas, por mais contraditório que isso possa parecer, devemos amar (Mt 5.44). 

Os dons espirituais à luz das Escrituras (3)

Dons espirituais como manifestações — ao contrário dos dons ministeriais — não são residentes, e sim esporádicos, momentâneos. Eles, que estão à disposição de todos os crentes batizados com o Espírito Santo, podem ser agrupados, para estudo, em três categorias.

Os dons espirituais à luz das Escrituras (2)

Como afirmei no artigo anterior, há diferença entre os dons do Espírito como manifestações esporádicas e os dons ministeriais. Estes não dependem, necessariamente, do batismo com o Espírito. As ministrações momentâneas e sobrenaturais do Espírito para a edificação da igreja só vêm sobre quem já recebeu o revestimento de poder, o batismo com o Espírito (At 2.1-4; 10.44-47; 19.1-6, etc.). 

Os dons espirituais à luz das Escrituras (1)

As próximas quatro lições da revista Lições Bíblicas, da CPAD — adotadas principalmente pelas Assembleias de Deus em suas Escolas Dominicais —, abordarão os dons do Espírito Santo, começando com a lição: O Propósito dos Dons Espirituais. Apresento aqui a primeira parte da minha modesta contribuição sobre o assunto. A segunda parte desta abordagem será publicada ainda no início desta semana.

segunda-feira, 21 de abril de 2014

Lição 6 – O Ministério de Apóstolo

Apóstolo - “E ele mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores” (Ef 4.11).

A partir deste capítulo, estudaremos acerca dos dons ministeriais, que identificam uma diversidade enorme de funções, ofícios e atividades, de homens, chamados por Deus, e designados pela igreja local, para exercerem a operacionalidade de serviços ou ministérios.

domingo, 20 de abril de 2014

Compreendendo o Jejum – por Luciano Subirá

O jejum é a abstinência total ou parcial de alimentos por um período definido e propósito específico. Tem sido praticado pela humanidade em praticamente todas as épocas, nações, culturas e religiões. Pode ser com finalidade espiritual ou até mesmo medicinal, visto que o jejum traz tremendos benefícios físicos com a desintoxicação que produz no corpo. Mas nosso enfoque é o jejum bíblico. Muitos cristãos hoje desconhecem o que a Bíblia diz acerca do jejum. Ou receberam um ensino distorcido ou não receberam ensinamento algum sobre este assunto.

Lição 5 – Dons de Elocução

Dons de Elocução - “Se alguém falar, fale segundo as palavras de Deus; se alguém administrar, administre segundo o poder que Deus dá, para que em tudo Deus seja glorificado por Jesus Cristo, a quem pertence a glória e o poder para todo o sempre” (1 Pe 4.11).

Deus sempre quis comunicar-se com o homem. O relato bíblico sobre a criação do ser humano demonstra, de modo bem evidente, que Deus comunicava-se diretamente com o ser criado. Sem dúvida, ao por o homem no jardim, para deste ser o responsável e guardador, Deus lhe deu as instruções necessárias, fazendo-lhe ouvir sua voz. E o fez, falando diretamente com o ser criado.

sexta-feira, 18 de abril de 2014

Lição 4 – Dons de Poder

Dons de Poder - “A minha palavra e a minha pregação não consistiram em palavras persuasivas de sabedoria humana, mas em demonstração do Espírito e de poder, para que a vossa fé não se apoiasse em sabedoria dos homens, mas no poder de Deus” (1 Co 2.4,5).

Paulo, maior intérprete do evangelho de Jesus Cristo, doutrinando através de sua Carta aos Romanos, declarou: “Porque não me envergonho do evangelho de Cristo, pois é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê, primeiro do judeu e também do grego” (Rm 1.16 — grifo nosso). Na época em que se tornou discípulo de Jesus, após sua dramática conversão, no caminho de Damasco, já havia muitos “evangelhos” estranhos, apócrifos, que pregavam “outro Jesus” (2 Co 11.4).

quinta-feira, 17 de abril de 2014

Atravessando Tempestades

"Assim, tenham ânimo, senhores! Creio em Deus que acontecerá do modo como me foi dito." (Atos 27:25)

Às vezes podemos pensar que, se estamos sob a vontade de Deus, navegaremos sempre por águas tranquilas. Mas muitas vezes é exatamente o oposto. Portas batem na nossa cara, obstáculos aparecem em nossos caminhos e tempestades surgem para nos colocar fora de rumo.

sexta-feira, 11 de abril de 2014

Quando Deus Parece Distante

"João, ao ouvir na prisão o que Cristo estava fazendo, enviou seus discípulos para lhe perguntarem: 'És tu aquele que haveria de vir ou devemos esperar algum outro?'" (Mateus 11:2-3)

- Já aconteceu alguma coisa na sua vida que o tenha levado a perguntar: "Onde está Deus?"
Nada menos do que o maior profeta de todos os tempos, João Batista, enfrentou esta luta.

quinta-feira, 10 de abril de 2014

Proclamando a Cristo

"[...] nós, porém, pregamos a Cristo crucificado [...]" (1 Coríntios 1:23) 

Me espanto hoje em dia com as coisas perversas e horríveis que as pessoas falam e pelas quais algumas estão até dispostas a morrer. Em contrapartida, nós que compartilhamos da mensagem de mudança de vida contida no evangelho, muitas vezes nos escondemos com vergonha ou nos intimidamos diante do que temos a dizer.

terça-feira, 8 de abril de 2014

Lição 3 – Dons de revelação

Dons de Revelação - “Que fareis, pois, irmãos? Quando vos ajuntais, cada um de vós tem salmo, tem doutrina, tem revelação, tem língua, tem interpretação. Faça- se tudo para edificação” (1 Co. 14.26).

Os dons de revelação constituem parte da revelação de Deus, concedida ao homem salvo, para que, por eles, a “multiforme sabedoria” divina seja manifestada no meio da Igreja, e os crentes em Jesus sejam protegidos das sutilezas do Adversário e das maquinações humanas contra a fé cristã.

sexta-feira, 4 de abril de 2014

Verdadeira Conversão

"Eu o livrarei do seu próprio povo e dos gentios, aos quais eu o envio para abrir-lhes os olhos e convertê-los das trevas para a luz, e do poder de Satanás para Deus, a fim de que recebam o perdão dos pecados e herança entre os que são santificados pela fé em mim." (Atos 26:17-18)

Quando o apóstolo Paulo esteve perante o rei Agripa e explicou o que Deus lhe tinha chamado para fazer na proclamação do evangelho, vê-se uma das apresentações mais claras encontradas em toda a Bíblia.

quinta-feira, 3 de abril de 2014

Lidando com o Desânimo

"Por que você está assim tão triste, ó minha alma? Por que está assim tão perturbada dentro de mim? Ponha a sua esperança em Deus! Pois ainda o louvarei; ele é o meu Salvador e o meu Deus." (Salmos 42:11)

Mesmo para aquelas pessoas mais espiritualizadas, não são raros os dias de dúvida.

Moisés, em uma ocasião pelo menos, foi dominado por essas circunstâncias. Depois de ter escutado a queixa constante dos filhos de Israel, ele simplesmente disse ao Senhor: "Estou farto. Apenas me mate. Eu não quero lidar com essa situação nem mais um dia." 

segunda-feira, 31 de março de 2014

Eu não mereço ser estuprado. Ponto!

Muita polêmica em torno do óbvio e de perguntas muito mal feitas e, consequentemente, mal interpretadas e mal usadas em diversas agendas. Digo o seguinte, e não espere uma sequência lógica de argumentos, se não um desabafo desordenado no final do dia:

1. Ninguém merece ser estuprado! Nem mulher, nem homem, nem religioso ou ateu, nem velho, nem criança, nem homossexual, nem prostituta, nem jornalista, nem tímidos ou extrovertidos... será que é preciso estabelecer categorias de quem não merece ser estuprado? Ninguém merece isso, nem o insano que pensa que outro merece ser estuprado (eles existem!). 

Uma Religião Sem Respostas...

Texto Bíblico: Marcos 2.1-28 - Estudos apontam que a maior parte das pessoas, procura uma religião no afã de encontrar respostas aos porquês da sua vida. Porque as coisas são do jeito que são ? Porque estou aqui ? Porque fui criado ? Porque nasci ? Porque tais situações me acometem na caminhada ? Porque não sou bem sucedido no que faço ? Porque meu casamento não vai bem ? Porque... Porque... 

Todavia, queridos, é bem sabido que há uma infinidade de pessoas que estão desacreditadas com a religião devido à incapacidade de a mesma prover respostas concretas e verdadeiras às suas inquietações. Não são poucas as pessoas que frustradas, iludidas e enganadas em nome da fé caem no ceticismo, no criticismo e na indiferença. Há um exército de pessoas assim por todo canto. 

Lição 2 – O Propósito dos Dons Espirituais

Os Propósitos dos dons - “Assim, também vós, como desejais dons espirituais, procurai sobejar neles, para a edificação da igreja” (1 Co 14.12). A experiência da vida cristã indica que grande parte das pessoas, nas igrejas pentecostais, não sabe lidar muito bem com os recursos espirituais que Deus coloca à disposição dos crentes. A começar pelo batismo com o Espírito Santo, há uma confusão de ideias sobre sua natureza, a forma de receber, e, mais ainda, quanto à sua finalidade ou propósito. Há quem pense que o cristão é batizado para falar línguas. Quando, na verdade, o falar em línguas, em princípio, é um sinal da experiência do recebimento do batismo com o Espírito Santo, e este, uma bênção distinta da salvação, concedida para que o cristão tenha poder para testemunhar com eficácia a mensagem do evangelho (At 1.8).

segunda-feira, 24 de março de 2014

Lição 1 – E Deu Dons aos Homens

E Deu Dons aos homens “Pelo que diz: Subindo ao alto, levou cativo o cativeiro e deu dons aos homens" (Ef 4.8). Deus, o Criador de todas as coisas, do universo, dos seres vivos e do homem, compraz-se em ser um doador de bênçãos. Faz parte de sua natureza divina, do seu caráter e de sua essência, conceder dádivas ou dons ao ser criado à sua imagem, conforme a sua semelhança. Ao criar o ser humano, homem e mulher, deu-lhes o sopro divino, o primeiro dom, o dom da vida. Não apenas a vida biológica, mas a vida espiritual, a vida eterna, com a qual o homem poderia desfrutar para sempre da gloriosa presença do Criador, sem sofrer os males decorrentes do pecado.

Lição 13° – O Legado de Moisés

O Legado de Moisés - Silas Daniel. Moisés foi, sem dúvida alguma, uma das maiores personalidades e um dos maiores heróis da fé de todos os tempos. O seu legado para o povo de Israel, para a humanidade como um todo e para a Igreja até os dias de hoje é enorme. Neste capítulo, dentro do que nossa proposta sintética permite, queremos apresentar alguns pontos importantíssimos desse legado, relembrando aspectos especiais e inspiradores da vida e da obra desse homem de Deus, destacando os efeitos de seu ministério até os nossos dias e a importância do exemplo de Moisés para os crentes em Cristo de todos os tempos.

terça-feira, 11 de março de 2014

Homossexualismo - Uma análise Bíblico - Teológico - Prática. parte 2

FATORES PREDISPONENTES DA HOMOSSEXUALIDADE. Antes de mais nada, precisamos considerar alguns fatores que antecedem a homossexualidade, que chamamos de fatores predisponentes. Estes fatores sempre encontram-se presentes em ambientes e situações nas quais floresce o homossexualismo. Um problema tão instigante não tem respostas simples.

Homossexualismo - Uma análise Bíblico - Teológico - Prática. parte 1

Introdução: Homossexualismo tem sido um tema palpitante, não somente pela abrangência do assunto em si mesmo, mas pelo fato da realidade homossexual ter saído da clandestinidade para os holofotes. Poucos assuntos atualmente são tão midiáticos quanto este. Pouco tempo atrás, quando se descobria que alguém era um homossexual em pequenas cidades do interior, ela se tornava excluída da sociedade, estigmatizada.

segunda-feira, 10 de março de 2014

Lição 12° – A Consagração dos Sacerdotes

A Consagração para o Sacerdócio Levítico - Silas Daniel. A cerimônia de consagração para o sacerdócio levítico evidenciava a grande responsabilidade e a importância desse ministério tanto para quem haveria de exercê-lo quanto para o seu beneficiado direto — o povo, que assistia a essa solenidade. Essa cerimônia tinha tanta relevância, que Deus deu a Moisés todos os detalhes de como ela deveria ocorrer. Eles estão registrados em Êxodo 29.1-46 e incluíam uma cerimônia de santificação do altar para o sacrifício.

Lição 11° – DEUS Escolheu Arão e Seus Filhos para o Sacerdócio

A Escolha de Arão e seus Filhos para o Sacerdócio - Silas Daniel. No capítulo 9, vimos como Deus estabeleceu as normas relativas à adoração, quando das suas instruções para a construção do Tabernáculo. Mas o Senhor foi mais além. Ele também levantou homens que se dedicariam diária e exclusivamente à obra do Tabernáculo e teriam a responsabilidade de ensinar ao povo o caminho da verdadeira adoração. Até antes de Deus fazer isso, quem tinha essa função exclusiva era Moisés, que, inclusive, é contado, ao lado de Arão, como sacerdote do Senhor perante Israel (SI 99.6).

domingo, 2 de março de 2014

Lição 10° – As Leis Civis Entregues por Moisés aos Israelitas

As Revolucionárias Leis Entregues por Moisés aos Israelitas - Silas Daniel. Um dos maiores legados do ministério de Moisés para a humanidade é o conjunto de leis civis, penais, trabalhistas e de mudança da relação senhor-servo que Deus transmitiu a ele para entregar ao povo de Israel e que serviriam, séculos depois, de inspiração para muitos dos conceitos, normas e avanços legais que temos hoje registrados em nossas legislações. Neste capítulo, apresentaremos resumidamente alguns aspectos mais marcantes dessas leis.

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Lições Bíblicas: 2º Trimestre de 2014 "Dons Espirituais e Ministeriais - Servindo a Deus e aos Homens Com Poder Extraordinário".

Lições Bíblicas CPAD – 2.º Trimestre de 2014 Dons Espirituais e Ministeriais, Servindo a Deus e aos homens com poder extraordinário

Comentarista: Pastor Elinaldo Renovato

LIÇÕES:

sábado, 22 de fevereiro de 2014

Lição 9° – Um Lugar de Adoração a DEUS no Deserto

Um Lugar de Adoração no Deserto - Silas Daniel Do capítulo 25 ao capítulo 40 do livro de Êxodo, encontramos a instituição dos métodos de adoração a Deus entre o povo de Israel. As instruções divinas para o culto são dadas a Moisés, que as repassa ao povo; e elas consistem não só de orientação quanto à confecção de objetos a serem usados na organização dessa adoração, mas também de orientações voltadas para a liturgia do culto a Deus.

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Lição 8° – Moisés - Sua Liderança e Seus Auxiliares

A Liderança de Moisés e seus Auxiliares - Alexandre Coelho. Neste capítulo abordaremos de forma breve o estilo de liderança de Moisés. Ele não foi apenas um homem usado por Deus para fazer com que o povo de Israel saísse do Egito. Foi também um grande líder, que demonstrou ouvir sábios conselhos e colocá-los em prática para o bem da obra do Senhor e pelo bem do povo.

domingo, 9 de fevereiro de 2014

Críticas

Não é fácil receber críticas, no entanto, alguém disse certa vez que só duas coisas são certas na vida: a morte e os impostos. Gostaria de acrescentar um terceiro ingrediente: a crítica. Ninguém escapa dela, e não raramente nossa carreira, estabilidade emocional e felicidade dependem da forma como as pessoas nos avaliam.

sábado, 8 de fevereiro de 2014

Aos Evangélicos que Odeiam e Amam a Rede Globo

Já denunciei, aqui, muitas vezes, a parcialidade da Rede Globo e a sua tendência de manipular informações relacionadas com os evangélicos. Raramente, critico a sua programação de modo específico. E muitos internautas, talvez estranhando isso, estão me cobrando uma palavra contundente sobre o último capítulo da novela “Amor à Vida”.

quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

Lição 7° – Os Dez Mandamentos do SENHOR

Os Dez Mandamentos - Alexandre Coelho. Um dos temas mais conhecidos do mundo é sem dúvida a lei de Moisés, e, mais especificamente, os Dez Mandamentos. Neste capítulo analisaremos a importância do Decálogo para o povo de Israel e os princípios que Deus espera que sigamos em sua lei.

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Os Libertinos

Os libertinos existem há muito tempo dentro da Igreja Cristã. Não vamos confundi-los com aqueles que procuram a liberdade da escravidão do pecado, da carne, do mundo e da lei, que é a liberdade cristã propriamente dita, encontrada em Cristo. Nesse sentido, todo crente verdadeiro é livre, ao mesmo tempo em que é escravo de Deus e servo dos seus semelhantes. Paulo fala disso em Romanos 6.

Lição 6° – A Peregrinação de Israel no Deserto até o Sinai

A Peregrinação de Israel no Deserto até o Sinai - Silas Daniel. A primeira jornada dos israelitas após a abertura do Mar Vermelho levou-os em direção ao sul, ao longo do chamado Golfo de Suez. Nesse percurso, passaram primeiro pelo Deserto de Sur, onde, após três dias de caminhada, não encontraram água para beber (Ex 15.22).

Lição 5° – A Travessia do Mar Vermelho

A Partida do Egito e a Travessia do Mar Vermelho - Silas Daniel. Um dos textos bíblicos que mais denotam o cuidado de Deus para com o seu povo é, sem dúvida alguma, o relato da saída dos hebreus do Egito e da travessia miraculosa do Mar Vermelho. Não por acaso, esses episódios extraordinários da vida do povo judeu são relembrados constantemente

Lição 4° – A Celebração da Primeira Pascoa

A Celebração da Primeira Páscoa - Alexandre Coelho. Neste capítulo veremos de que forma os acontecimentos de uma noite mudaram a história dos egípcios e do povo de Israel. A celebração da Páscoa teve significados distintos para hebreus e egípcios, pois na noite em que foi instituída, houve lamento no Egito, mas a seguir ocorreu a libertação prometida por Deus para os seus filhos.

segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Sobre as Caricaturas Teológicas

Dentro do cristianismo evangélico, existe um grande consenso acerca das doutrinas centrais (ou basilares) da fé. Outras doutrinas periféricas (ou secundárias) não apresentam o mesmo nível de acordo - uma das razões pelas quais existem tantas denominações evangélicas: suas interpretações diferenciadas das doutrinas secundárias do cristianismo.

Não Gosto de Caricaturas (Do Evangelho)

Sou desenhista e gosto de caricaturas. Admiro o traçado hábil e inteligente de um caricaturista. Porém não gosto de caricaturas do Evangelho. Não gosto de caricaturas do Evangelho porque caricaturas são, por natureza, divertidas, e não consigo achar a menor graça com o que estão fazendo com o Evangelho.

sábado, 18 de janeiro de 2014

Tipos de Obreiros na Seara - Conheça as Principais Características dos Obreiros da Igreja Contemporânea.

Jesus destacou a importância de se ter obreiros dedicados para a expansão do Reino de Deus na Terra. Isso porque o ministério é indispensável para a obra de Deus. Em Lucas 10.2, lemos as seguintes palavras de Jesus aos setenta, aos quais enviou de dois em dois a todas as cidades e lugares aonde havia de ir: “Grande é, em verdade,

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

Muitos crentes não falam contra novelas, já o Carlos Alberto da Praça é Nossa fala com autoridade!

Não porei coisa má diante dos meus olhos. Odeio a obra daqueles que se desviam; não se me pegará a mim. (Salmo 101:3)

No fim do artigo, um vídeo com as considerações sinceras de Carlos Alberto de Nóbrega (Praça é Nossa) sobre as novelas da Rede Globo. Parece que nesses dias de indiferenças e incongruências, as pedras estão clamando!

segunda-feira, 6 de janeiro de 2014

1ª Assembleia de Deus de São Mateus-ES. = Pr. Renato Bromochenkel = 26-0...

Muitos Cristãos que tem como característica de vida a fidelidade a Deus, vez por outra, se encontram em meio a um amontoado de questionamentos. Muitos vivem si perguntando: Por que Deus disse “não” como resposta ao pedido que lhe fiz? Pode ser que você que esta lendo esta mensagem esteja com este mesmo questionamento. Se de fato, for esta à realidade que você esteja vivenciando, veja este vídeo abaixo com atenção, esta mensagem, pois, você descobrirá, que em certas ocasiões, Deus nós diz não, pelo fato d'Ele nós amar de forma inexplicável.

A máscara da justiça própria - Caim, um homem que fingiu ser um adorador

Caim foi o primeiro filho de Adão e Eva. Ele aprendeu com os seus pais sobre a necessidade de adorar a Deus. Ele e Abel, seu irmão, receberam as mesmas instruções. Foram criados debaixo dos mesmos princípios e valores. Sugaram o mesmo leite materno e cresceram sob iguais instruções.

Meus Bons Propósitos de Ano Novo.

Bons propósitos para o novo ano... é possível cumpri-los? José toma um lápis, uma folha de papel e sempre anota os seus maus costumes e erros – e com firme decisão escreve: "Dessa vez quero cumprir meus bons propósitos".

domingo, 5 de janeiro de 2014

Saiba Mais de Nelson Ned

Nelson Ned, vendeu milhões de discos no Brasil e no exterior.  Minas está na base da formação musical de Nelson Ned. Além da cidade natal, Ubá, na Zona da Mata, cantor morou em Belo Horizonte, onde começou sua carreira artística

Veja repercussão da morte do cantor Nelson Ned

Cantor morreu aos 66 anos na manhã deste domingo (5), em Cotia (SP). 'Vai ficar na história da música', diz Odair José; veja mais homenagens. O cantor Nelson Ned, de 66 anos, morreu na manhã deste domingo (5) no Hospital Regional de Cotia, em São Paulo. Ele estava internado desde o dia anterior com pneumonia.

Morre em São Paulo o "Pequeno gigante da canção", Nelson Ned morre aos 66 anos

O cantor Nelson Ned d'Ávila Pinto, mais conhecido como Nelson Ned, morreu na manhã deste domingo (5) em Cotia, na Grande São Paulo. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do Hospital Regional de Cotia, em que estava internado desde a tarde de sábado. Ele morreu em decorrência de "complicações clínicas". O horário do óbito não foi confirmado.

Morre em São Paulo, aos 66 anos, o cantor Nelson Ned

O artista estava internado com pneumonia no Hopital Regional de Cotia. Nos anos 60 e 70, fez sucesso com a música 'Tudo passará'. O cantor e compositor Nelson Ned morreu na manhã deste domingo, 5, no Hospital Regional de Cotia, em São Paulo. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do local por volta das 12h.

quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

Lição 1° – O Livro de Êxodo e o Cativeiro de Israel no Egito

COMENTÁRIO INTRODUÇÃO: VENHO TRAZER A TONA A HISTORIA CONTADA PELO HISTORIADOR DO SEC I FLAVIO JOSEFO, ONDE OBTEMOS MAIS PROVAS E EVIDENCIAS DO QUE A BÍBLIA JÁ RELATA, NÃO ESTOU DE MANEIRA ALGUMA PASSANDO POR CIMA DA AUTORIDADE DA MESMA.

Chegou a hora de cruzar o seu Jordão

INTRODUÇÃO: Referência: Josué 1.1-9 - 1. O raiar de um novo ano abre diante de nós novos desafios. Atravessamos o deserto, enfrentamos lutas, tentações, batalhas, perigos. Nesse ano que se passou tivemos dias de festa e dias de luto; dias de celebração e dias de choro; dias em que a nossa cabeça estava untada pelo óleo da alegria e dias em que estávamos cobertos pelas cinzas da tristeza.

quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

Lição 1° – O livro de Êxodo e o Cativeiro de Israel no Egito

São estes, pois, os nomes dos filhos de Israel que entraram com Jacó no Egito, cada um com a sua respectiva família: Rúben, Simeão, Levi e Judá; Issacar, Zebulom e Benjamim; Dã, Naftali, Gade e Aser. Ao todo, os descendentes de Jacó eram setenta; José, porém, já se encontrava no Egito. Ora, morreram José, todos os seus irmãos e toda aquela geração. 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

VOCÊ ESPECIAL

GOOGLE +